Lista de telenovelas das dez da Rede Globo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As Telenovelas das dez da Rede Globo estão relacionadas nesta lista, que apresenta: data de início, data do final e quantidade de capítulos[1] das telenovelas da Rede Globo[nota 1]. A telenovela mais curta não só da faixa como da história da Rede Globo foi Marina, exibida em 1965 com 15 capítulos, e a mais longa da faixa foi A Rainha Louca, exibida em 1967, com 215 capítulos.

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

A primeira telenovela diária da Rede Globo foi Ilusões Perdidas, que estreou no mesmo dia que a emissora, é considerada como sendo das dez horas, ainda que tenha começado noutra faixa de horário[2].

# Início Término Título Capítulos Autoria Direção Ref.
1 26 de abril de 1965 30 de julho de 1965 Ilusões Perdidas[nota 2] 56 Enia Petri Líbero Miguel
Sérgio Britto
[3]
Interrupção da faixa (30 de julho - 23 de agosto de 1965)
2 23 de agosto de 1965 10 de setembro de 1965 Marina[nota 3] 15 Leonardo de Castro Moreira Júnior [4]
3 14 de setembro de 1965 1 de dezembro de 1965 Paixão de Outono 50 Glória Magadan Líbero Miguel
Sérgio Britto
[5]
4 3 de dezembro de 1965 13 de março de 1966 Um Rosto de Mulher [nota 4] 85 Daniel Más Sérgio Britto [6]
5 14 de março de 1966 15 de julho de 1966 Eu Compro esta Mulher [nota 5] 88 Glória Magadan Régis Cardoso
Henrique Martins
[7]
6 18 de julho de 1966 17 de fevereiro de 1967 O Sheik de Agadir [nota 6] 155 Glória Magadan Régis Cardoso
Henrique Martins
[8]
7 20 de fevereiro de 1967 16 de dezembro de 1967 A Rainha Louca [nota 7] 215 Glória Magadan Ziembinski [9]
8 18 de dezembro de 1967 25 de junho de 1968 O Homem Proibido 135 Glória Magadan Daniel Filho [10]
9 26 de junho de 1968 6 de janeiro de 1969 A Gata de Vison 169 Glória Magadan Daniel Filho
Walter Campos
Fábio Sabag
[11]
10 7 de janeiro de 1969 5 de junho de 1969 A Última Valsa [nota 8] 103 Glória Magadan Fábio Sabag [12]
11 6 de junho de 1969 15 de novembro de 1969 A Ponte dos Suspiros [nota 9] 144 Dias Gomes Marlos Andreucci [13]
12 17 de novembro de 1969 17 de julho de 1970 Verão Vermelho 209 Dias Gomes Walter Campos
Marlos Andreucci
[14]

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

Nesta década, as telenovelas das dez horas passaram por momentos de grande sucesso, tais como em Bandeira 2[15], O Bem-Amado[16]. O horário permitia questões polêmicas para a época, tais como especulação imobiliária (O Espigão), a vida na cidade grande (O Grito), narrativas fora do tradicional (O Rebu), entre outros. Todavia, antes que os anos 70 terminassem, a exibição contínua de telenovelas nessa faixa, feita ininterruptamente desde A Ponte dos Suspiros em 1969 e somente interrompida no primeiro semestre de 1977, entre Saramandaia e Nina, foi encerrada com Sinal de Alerta, novela que não obteve sucesso e levou à interrupção da faixa[17].

# Início Término Título Capítulos Autoria Direção Ref.
13 20 de julho de 1970 23 de março de 1971 Assim na Terra como no Céu 212 Dias Gomes Walter Campos [18]
14 24 de março de 1971 26 de outubro de 1971 O Cafona 188 Bráulio Pedroso Walter Campos [19]
15 28 de outubro de 1971 15 de julho de 1972 Bandeira 2 179 Dias Gomes Walter Campos [20]
16 17 de julho de 1972 23 de janeiro de 1973 O Bofe[nota 10] 143 Bráulio Pedroso Lima Duarte [21]
17 24 de janeiro de 1973 5 de outubro de 1973 O Bem-Amado [nota 11] 178 Dias Gomes Régis Cardoso [22]
18 8 de outubro de 1973 31 de março de 1974 Os Ossos do Barão 120 Jorge Andrade Régis Cardoso
Gonzaga Blota
[23]
19 1 de abril de 1974 1 de novembro de 1974 O Espigão 112 Dias Gomes Régis Cardoso [24]
20 4 de novembro de 1974 11 de abril de 1975 O Rebu 112 Bráulio Pedroso Walter Avancini
Jardel Mello
[25]
21 14 de abril de 1975 24 de outubro de 1975 Gabriela[nota 12] 132 Walter George Durst Walter Avancini [26]
22 27 de outubro de 1975 30 de abril de 1976 O Grito 125 Jorge Andrade Walter Avancini
Roberto Talma
Gonzaga Blota
[27]
23 3 de maio de 1976 31 de dezembro de 1976 Saramandaia 160 Dias Gomes Walter Avancini
Roberto Talma
Gonzaga Blota
[28]
Interrupção da faixa (31 de dezembro de 1976 - 27 de junho de 1977)[nota 13][29]
24 27 de junho de 1977 13 de janeiro de 1978 Nina 142 Walter George Durst Fábio Sabag [30]
25 16 de janeiro de 1978 28 de julho de 1978 O Pulo do Gato 140 Bráulio Pedroso Jardel Mello [31]
26 31 de julho de 1978 26 de janeiro de 1979 Sinal de Alerta[nota 14] 112 Dias Gomes Walter Avancini
Jardel Mello
Paulo Ubiratan
[32]
Interrupção da faixa (26 de janeiro de 1979 - 19 de setembro de 1983)

Décadas de 1980 e 1990[editar | editar código-fonte]

Após o encerramento de Sinal de Alerta em 1979, novela que não obteve repercussão nem audiência[17], não houve mais exibição sucessiva de telenovelas na faixa das 10 horas da noite: o horário foi preenchido com reprises ou substituído com seriados (tais como Malu Mulher, Carga Pesada e Plantão de Polícia). Em 1983 e em 1990 foram feitas duas tentativas pontuais de reavivar a quarta faixa de telenovelas, Eu Prometo e Araponga (esta última exibida às nove e meia da noite), sendo ambas mal sucedidas[33][34], o que fez com que a faixa de horário fosse extinta durante quase toda a década de 1990 e por toda a década seguinte.

# Início Término Título Capítulos Autoria Direção Ref.
27 19 de setembro de 1983 17 de fevereiro de 1984 Eu Prometo 110 Janete Clair[nota 15] Dennis Carvalho
Luís Antônio Piá
[35]
Interrupção da faixa (17 de fevereiro de 1984 - 15 de outubro de 1990)
28 15 de outubro de 1990 30 de março de 1991 Araponga[nota 16] 143 Dias Gomes
Lauro César Muniz
Ferreira Gullar
Cecil Thiré [36]
Sucedida pela faixa de telenovelas das onze a partir de 2011

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Estão incluídas na lista apenas as exibições originais no horário das dez horas da noite ou equivalente, não as reexibições, como as acontecidas entre 1978 e 1983, no qual várias telenovelas das dez e das oito foram reprisadas no horário
  2. Foi a primeira telenovela da TV Globo, produzida pela TV Globo São Paulo, antiga TV Paulista, recém-comprada por Roberto Marinho.[3]
  3. Esta novela nada tem a ver com a obra homônima de Carlos Heitor Cony que serviu de base para a produção de mesmo título exibida ás 18h em 1980 e adaptada por Wilson Aguiar Filho.
  4. Baseada no original da autora mexicana Estela Calderón Sánchez.
  5. Inspirada no romance O Conde de Monte Cristo de Alexandre Dumas.
  6. Baseada no romance Taras Bulba de Nicolai Gogol.
  7. Inspirada no romance Memórias de um Médico de Alexandre Dumas.
  8. Inspirada no filme Moulin Rouge (1952) de John Huston.
  9. Adaptação do romance homônimo de Michel Zevaco, com Dias Gomes usando o pseudônimo de Stela Calderón.
  10. Os dois últimos capítulos foram escritos por Lauro César Muniz.
  11. Primeira telenovela em cores do horário das dez e da Rede Globo.
  12. Adaptação livre do romance Gabriela, cravo e canela, de Jorge Amado.
  13. Em dezembro de 1976, dez dias antes da estreia (prevista para 3 de janeiro de 1977), Despedida de Casado, a novela que sucederia Saramandaia, foi vetada integralmente pela Censura Federal, com 30 capítulos já gravados. Quase todo o elenco de Despedida de Casado foi reaproveitado em Nina, a novela seguinte, que estrearia quase sete meses depois.
  14. Nos últimos 30 capítulos, Dias Gomes contou com a colaboração de Walter George Durst.
  15. Foi a primeira novela que Janete Clair escreveu com colaboração: estava doente e faleceu durante a exibição da novela, em 16 de novembro de 1983, tendo o desfecho sido concluído por Glória Perez, com a colaboração de Dias Gomes, viúvo de Janete Clair.
  16. A novela estava originalmente prevista para estrear na sequência de Rainha da Sucata às 20h30. Mas com o estrondoso sucesso de Pantanal na Rede Manchete, a Rede Globo resolveu colocar a trama para bater de frente com a história de Benedito Ruy Barbosa, numa situação rara para os padrões da Vênus Platinada.

Referências

  1. Teledramaturgia
  2. Nelson Xavier. «Ilusões Perdidas - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 1 de julho de 2012 
  3. a b Memória Globo. «Ilusões Perdidas». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  4. Memória Globo. «Marina (1965)». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  5. Memória Globo. «Paixão de Outono». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  6. Memória Globo. «Um Rosto de Mulher». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  7. Memória Globo. «Eu Compro Esta Mulher». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  8. Memória Globo. «O Sheik de Agadir». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  9. Memória Globo. «A Rainha Louca». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  10. Memória Globo. «O Homem Proibido (1967)». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  11. Memória Globo. «A Gata de Vison». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  12. Memória Globo. «A Última Valsa». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  13. Memória Globo. «A Ponte dos Suspiros». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  14. Memória Globo. «Verão Vermelho». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  15. Nilson Xavier. «Bandeira 2 - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 1 de julho de 2012 
  16. Nilson Xavier. «O Bem-Amado - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 1 de julho de 2012 
  17. a b Nilson Xavier. «Sinal de Alerta». Consultado em 1 de julho de 2012 
  18. Memória Globo. «Assim na Terra como no Céu». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  19. Memória Globo. «O Cafona». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  20. Memória Globo. «Bandeira 2». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  21. Memória Globo. «O Bofe». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  22. Memória Globo. «O Bem-Amado». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  23. Memória Globo. «Os Ossos do Barão». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  24. Memória Globo. «O Espigão». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  25. Memória Globo. «O Rebu». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  26. Memória Globo. «Gabriela - 1ª versão». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  27. Memória Globo. «O Grito». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  28. Memória Globo. «Saramandaia». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  29. Nilson Xavier. «Despedida de Casado - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  30. Memória Globo. «Nina». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  31. Memória Globo. «O Pulo do Gato». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  32. Memória Globo. «Sinal de Alerta». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  33. Nilson Xavier. «Eu Prometo - bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 1 de julho de 2012 
  34. Nilson Xavier. «Araponga - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 1 de julho de 2012 
  35. Memória Globo. «Eu Prometo». Consultado em 23 de dezembro de 2013 
  36. Memória Globo. «Araponga». Consultado em 23 de dezembro de 2013