Lista de universidades federais do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estátua de Filofrósine na entrada do Palácio Universitário da UFRJ, a primeira universidade do Brasil.

Abaixo está a lista de universidades federais no Brasil, divididas por estados e por regiões:

Região Unidade federativa Nome Sigla Discentes Fund.
1 Centro-oeste  Distrito Federal Universidade de Brasília UnB 40.662[1] 1962
2 Centro-oeste  Mato Grosso do Sul Universidade Federal da Grande Dourados UFGD 8.000 2005
3 Centro-oeste  Goiás Universidade Federal de Goiás UFG 25.846 (2011)[2] 1960
4 Centro-oeste  Mato Grosso Universidade Federal de Mato Grosso UFMT 22.160 (2008) 1970
5 Centro-Oeste  Mato Grosso do Sul Universidade Federal de Mato Grosso do Sul UFMS 13.420 1979
6 Nordeste Bahia Bahia Universidade Federal da Bahia UFBA 27.549 1946
7 Nordeste Bahia Bahia Universidade Federal do Sul da Bahia UFSB 1.000[3] 2011
8 Nordeste Bahia Bahia Universidade Federal do Recôncavo da Bahia UFRB 8.514 (2012) 2006
9 Nordeste  Ceará
Bahia Bahia
Universidade Federal da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB 4.166 2010
10 Nordeste  Paraíba Universidade Federal da Paraíba UFPB 22.238 1955
11 Nordeste  Ceará Universidade Federal do Cariri UFCA 2.700 2013
12 Nordeste  Alagoas Universidade Federal de Alagoas UFAL 28.471 (2010) 1961
13 Nordeste  Paraíba Universidade Federal de Campina Grande UFCG 17.800[4] 2002
14 Nordeste  Pernambuco Universidade Federal de Pernambuco UFPE 31.424 1946
15 Nordeste  Sergipe Universidade Federal de Sergipe UFS 13.301 1963
16 Nordeste  Ceará Universidade Federal do Ceará UFC 42.443 (2012) 1954
17 Nordeste  Maranhão Universidade Federal do Maranhão UFMA 26.500 1956
18 Nordeste Bahia Bahia Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB 2014
19 Nordeste  Piauí Universidade Federal do Piauí UFPI 15.930 1971
20 Nordeste  Rio Grande do Norte Universidade Federal do Rio Grande do Norte UFRN 36.000 1958
21 Nordeste  Pernambuco
Bahia Bahia
 Piauí
Universidade Federal do Vale do São Francisco UNIVASF 4.720 2002
22 Nordeste  Pernambuco Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE 12.476 (2016)[5]. 1947
23 Nordeste  Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido UFERSA 8.267 (2016) 1968
24 Norte  Rondônia Universidade Federal de Rondônia UNIR 7.614 (2010)[6] 1982
25 Norte  Roraima Universidade Federal de Roraima UFRR 4.800 1989
26 Norte  Acre Universidade Federal do Acre UFAC 1970
27 Norte  Amapá Universidade Federal do Amapá UNIFAP 1990
28 Norte  Amazonas Universidade Federal do Amazonas UFAM 30.000 1909
29 Norte Pará Pará Universidade Federal do Oeste do Pará UFOPA 5.000 2009
30 Norte Pará Pará Universidade Federal do Pará UFPA 40.000 1957
31 Norte  Tocantins Universidade Federal do Tocantins UFT 10.000 1984
32 Norte Pará Pará Universidade Federal Rural da Amazônia UFRA 5.000 2002
33 Norte Pará Pará Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará UNIFESSPA 10.070 2013
34 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Alfenas UNIFAL-MG 6.890 2005
35 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Itajubá UNIFEI 6.272 2002
36 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Juiz de Fora UFJF 18.868 1960
37 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Lavras UFLA 16.581 1908
38 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Minas Gerais UFMG 49.959 1927
39 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Ouro Preto UFOP 18.174 1969
40 Sudeste  São Paulo Universidade Federal de São Carlos UFSCar 16.000 (2012) 1968
41 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de São João del-Rei UFSJ 13.979 1953
42 Sudeste  São Paulo Universidade Federal de São Paulo UNIFESP 18.143 1994
43 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Uberlândia UFU 22.453 1957
44 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal de Viçosa UFV 20.970 1926
45 Sudeste  São Paulo Universidade Federal do ABC UFABC 8.113 (2012)[7] 2005
46 Sudeste  Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo UFES 18.590 1954
47 Sudeste  Rio de Janeiro Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO 1979
48 Sudeste  Rio de Janeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ 39.000 (2015) 1920
49 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal do Triângulo Mineiro UFTM 5.752 1953
50 Sudeste  Minas Gerais Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri UFVJM 8.000 2005
51 Sudeste  Rio de Janeiro Universidade Federal Fluminense UFF 59 267(2016)[8] 1960
52 Sudeste  Rio de Janeiro Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro UFRRJ 13.152 1943
53 Sul  Santa Catarina
 Paraná
 Rio Grande do Sul
Universidade Federal da Fronteira Sul UFFS 2009
54 Sul  Paraná Universidade Federal da Integração Latino-Americana UNILA 3.887[9] 2010
55 Sul  Rio Grande do Sul Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre UFCSPA 1953
56 Sul  Rio Grande do Sul Universidade Federal de Pelotas UFPel 22.500 1969
57 Sul  Santa Catarina Universidade Federal de Santa Catarina UFSC 34.280 1956
58 Sul  Rio Grande do Sul Universidade Federal de Santa Maria UFSM 28.170 1960
59 Sul  Rio Grande do Sul Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA 8.680 (2013)[10] 2008
60 Sul  Paraná Universidade Federal do Paraná UFPR 1912
61 Sul  Rio Grande do Sul Federal Universidade de Rio Grande FURG 11.416 (2012)[11] 1969
62 Sul  Rio Grande do Sul Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS 27.595 (2012) [12] 1934
63 Sul  Paraná Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR 21.000 2005

Número por unidade federativa[editar | editar código-fonte]

O estado de Minas Gerais possui o maior número de Universidades Federais do Brasil contando com 11 instituições, seguido pelo Rio Grande do Sul com 07, depois pela Bahia com 05 e os estados do Pará, Rio de Janeiro e Paraná com 04 instituições cada.

Universidades pluriestaduais[editar | editar código-fonte]

Região Unidade federativa Nome Sigla
Nordeste  Ceará
Bahia Bahia
Universidade Federal da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB
Nordeste  Pernambuco
Bahia Bahia
 Piauí
Universidade Federal do Vale do São Francisco UNIVASF
Sul  Santa Catarina
 Paraná
 Rio Grande do Sul
Universidade Federal da Fronteira Sul UFFS

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências