Lista de voos espaciais tripulados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Marcas
Missão Ano
1 Vostok 1 1961
100 STS-51-C 1985
200 STS-87 1997
300 Soyuz TMA-18M 2015
A cápsula da Vostok 1.

Este artigo contém sublistas para todos os voos espaciais tripulados (incluindo os suborbitais, abortos e fatalidades) organizados por data de lançamento, que tem ocorrido nos últimos 61 anos, 1 mês e 9 dias desde o lançamento de Yuri Gagarin na Vostok 1. Esse artigo usa como base a listagem do Spacefacts (ver ligações externas); a lista inicial só foca nos voos acima dos 100 km, linha de Kármán, reconhecida pela Federação Aeronáutica Internacional,[1] seguindo por voos futuros, suborbitais, com a área de programas usando como base as datas das listas iniciais.

Listas por época[editar | editar código-fonte]

Século 20
329 voos orbitais
País Número Último pouso
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas/Rússia 152 MS-19
Estados Unidos 169 Crew-3
China 8 Shenzhou 13
586 pessoas realizaram voos orbitais.[2]
Século 21
Outras listas




Circle frame.svg

329 missões completas

  Rússia (46.20%)
  Estados Unidos (51.36%)
  China (2.43%)
ISS
Tiangong
Outros

Atualmente no espaço[editar | editar código-fonte]

Lançamento Aterrissagem Duração Missão Nave
Destino
Local de lançamento Local de aterrissagem Tripulação Ref.
329 18.03.2022
15:55:19 UTC
63 dia(s) e 22 hora(s)
Soyuz MS-21
Korolev
11F732 #750
Baikonur 31/6
Soyuz MS-21 Crew Portrait (ISS).jpg
[3]
[4]
[5]
Rússia CEAER
EEI
331 27.04.2022
07:52:47 UTC
?? 24 dia(s) e 6 hora(s)
SpaceX Crew 4 logo.png
Freedom
(C212.1)
Kennedy
LC-39A
??
SpaceX Crew-4 Official Portrait.jpg
[6][7]
Estados Unidos SpX/NASA
EEI

Missões futuras[editar | editar código-fonte]

Lançamento Aterrissagem Duração Missão Nave
Destino
Local de lançamento Local de aterrissagem Tripulação Ref
332 05.06.2022 ?? ??
Shenzhou 14
Shenzhou-14 Jiuquan LA-4/SLS-1
China J. Haipeng (?)
China C. Dong (?)
China Z. Lu (?)
[8]
China CMSA
EET
333 ??.08.2022 ??
SpaceX Crew-5 logo no names.png
Endurance
(C210.2)
[9][7]
Estados Unidos SpX/NASA
EEI
334 21.09.2022 ?? ??
Soyuz MS-22
Soyuz MS
Baikonur [10]
Rússia CEAER
EEI
335 ??.11.2022 ?? ??
Shenzhou 15
Shenzhou-15
Jiuquan LA-4/SLS-1
China Zhang Xiaoguang ?
China Liu Wang ?
China Cai Xuzhe ?
[11]
China CMSA
EET
??? ??.1?.2022 ?? ??
Logo of Polaris Dawn.svg
Crew Dragon
Polaris Dawn Crew Portrait (Montage).jpg
[12]
Estados Unidos SpX
OTA

     Missões com turistas espaciais.

Programas[editar | editar código-fonte]

Naves[editar | editar código-fonte]

Lista de programas de naves espaciais, contando a partir do primeiro voo com tripulantes:

País Anos Programa Tempo Notas
 União Soviética 1961 - 1963 Vostok 2 anos, 2 meses e 7 dias Lançamento da Vostok 1 até o pouso da Vostok 6.
1964 - 1965 Voskhod 5 meses e 7 dias Lançamento da Voskhod 1 até o pouso da Voskhod 2.
1967 - 1992 Soyuz 24 anos, 10 meses e 21 dias Lançamento da Soyuz 1 até o pouso da Soyuz TM-13.
 Rússia 1992 - 2022 30 anos, 2 meses e 4 dias Lançamento da Soyuz TM-14 até 21 de maio de 2022.
55 anos e 28 dias Tempo continuado desde o lançamento da Soyuz 1.
 Estados Unidos 1961 - 1963 Mercury-patch-info.png Mercury 2 anos e 10 dias Lançamento da Mercury 3 até o pouso da Mercury 9.
1965 - 1966 GeminiPatch.png Gemini 1 ano, 8 meses e 2 dias Lançamento da Gemini 3 até o pouso da Gemini 12.
1968 - 1975 Apollo program.svg Apollo 6 anos, 9 meses e 3 dias Lançamento da Apollo 7 o pouso da Apollo 18.
1981 - 2011 Shuttle Patch.svg Ônibus espacial 30 anos, 3 meses e 9 dias Lançamento da STS-1 até o pouso da STS-135.
2020 - 2022 Commercial Crew Program logo - white background.png CDD 1 ano, 11 meses e 21 dias Entre o lançamento da Demo-2 até 21 de maio de 2022.
 China 2003 - 2016 Shenzhou 13 anos, 1 mês e 3 dias Lançamento da Shenzhou 5 até o pouso da Shenzhou 11.
2021 - 2022 11 meses e 4 dias Do lançamento da Shenzhou 12 até 21 de maio de 2022.
 Índia Breve Gaganyaan Breve Programa da ISRO com primeiro voo programado para 2023.[13]

Período de atividade[editar | editar código-fonte]

Período onde a União Soviética, Estados Unidos, Rússia e China realizaram atividades espaciais tripuladas a partir de seus territórios:

País Anos Tempo Notas
 União Soviética 1961 - 1965 3 anos, 11 meses e 7 dias Entre o lançamento da Vostok 1 e o pouso da Voskhod 2.
1967 - 1971 4 anos, 2 meses e 6 dias Entre o lançamento da Soyuz 1 e o pouso da Soyuz 11.
1973 - 1992 18 anos, 5 meses e 27 dias Entre o lançamento da Soyuz 12 e o pouso da Soyuz TM-13.
 Rússia 1992 - 2022 30 anos, 2 meses e 4 dias Entre o lançamento da Soyuz TM-14 até 21 de maio de 2022.
 Estados Unidos 1961 - 1966 5 anos, 6 meses e 10 dias Entre o lançamento da Mercury 3 e o pouso da Gemini 12.
1968 - 1975 6 anos, 9 meses e 13 dias Entre o lançamento da Apollo 7 e o pouso da Apollo 18
1981 - 1986 4 anos, 9 meses e 16 dias Entre o lançamento da STS-1 e o desastre da Challenger.
1988 - 2003 14 anos e 2 meses Entre o lançamento da STS-27 e o desastre do Columbia.
2005 - 2011 5 anos, 11 meses e 25 dias Entre o lançamento da STS-114 e o pouso da STS-135.
2020 - 2022 1 ano, 11 meses e 21 dias Entre o lançamento da Demo-2 até 21 de maio de 2022.
 China 2003 - 2016 13 anos, 1 mês e 3 dias Entre o lançamento da Shenzhou 5 até o pouso da Shenzhou 11.
2021 - 2022 11 meses e 4 dias Entre o lançamento da Shenzhou 12 até 21 de maio de 2022.

Tempo fora da ativa[editar | editar código-fonte]

Períodos onde os Estados Unidos, União Soviética e China ficaram sem realizar atividades espaciais tripuladas a partir de seus territórios:

País Anos Diferença Notas
 União Soviética 1965 - 1967 2 anos, 1 mês e 4 dias Entre o pouso da Voskhod 2 e o lançamento da Soyuz 1.
1971 - 1973 2 anos, 2 meses e 29 dias Entre o pouso da Soyuz 11 e o lançamento da Soyuz 12.
 Estados Unidos 1966 - 1968 1 ano, 10 meses e 26 dias Entre o pouso da Gemini 12 e o lançamento da Apollo 7.
Entre essas missões ocorreu o desastre da Apollo 1.[14]
1975 - 1981 5 anos, 8 meses e 19 dias Entre o pouso da Apollo 18 e o lançamento da STS-1.
1986 - 1988 2 anos, 10 meses e 4 dias Entre o desastre da Challenger e o lançamento da STS-27.
2003 - 2005 2 anos, 5 meses e 19 dias Entre o desastre do Columbia e o lançamento da STS-114.
2011 - 2020 8 anos, 10 meses e 9 dias Entre o pouso da STS-135 até o lançamento da Demo-2.
 China 2003 - 2005 1 ano, 11 meses e 27 dias Entre o pouso da Shenzhou 5 e o lançamento da Shenzhou 6.
2005 - 2008 2 anos, 11 meses e 9 dias Entre o pouso da Shenzhou 6 e o lançamento da Shenzhou 7.
2008 - 2012 3 anos, 8 meses e 19 dias Entre o pouso da Shenzhou 7 e o lançamento da Shenzhou 9.
2013 - 2016 3 anos, 3 meses e 20 dias Entre o pouso da Shenzhou 10 e o lançamento da Shenzhou 11.
2016 - 2021 4 anos, 6 meses e 30 dias Entre o pouso da Shenzhou 11 e o lançamento da Shenzhou 12.

Estações espaciais[editar | editar código-fonte]

Lista com as diversas estações espaciais criadas até a data contando a partir da data da primeira ocupação, ou primeira ocupação de longo prazo:

País Anos Programa Tempo Notas
 União Soviética 1971-1986 Salyut program insignia.svg Salyut 15 anos e 8 dias Conjunto de 6 estações espaciais inconstantemente habitadas.
1986-1992 Mir insignia.svg Mir 6 anos e 8 dias Teve quatro períodos de habitação curta (19d, 50d e 2 anos) e um de habitação constante (9 anos).
Rússia/ Rússia 1992-2000 8 anos, 2 meses e 27 dias
 Estados Unidos 1973-1974 Skylab Program Patch.png Skylab 8 meses e 14 dias Inconstantemente habitada entre o lançamento da Skylab 2 e o pouso da Skylab 4.
2000-2022 ISS insignia.svg ISS 21 anos, 6 meses e 19 dias Constantemente habitada desde o começo da Expedição 1.
 China 2012-2016 Tiangong ~58 dias Conjunto de duas estações espaciais inconstantemente habitadas. Visitadas pelos taikonautas das Shenzhou 9 e 10 (Tiangong 1) e Shenzhou 11 (Tiangong 2).
2021-2022 Estação Espacial Tiangong ~271 dias Inconstantemente habitada pela Shenzhou 12 e Shenzhou 13.
2022-2022 Terá sua habitação de longo prazo iniciada pela Shenzhou 14.[15]

Insígnias[editar | editar código-fonte]

Primeiro no
espaço
País Missão Ano
1 União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Vostok 1 1961
2 Estados Unidos Freedom 7 1961
3 China Shenzhou 5 2003

Os astronautas da Mercury não carregaram insígnias em suas missões, sendo as demonstradas acima apenas reproduções dos nomes pintados em suas cápsulas.[16] Valentina Tereshkova, na Vostok 6, foi a primeira pessoa a carregar uma insígnia, mas que esteve escondida em seu traje.[17]

As missões Voskhod 2, Soyuz 4/5 e Soyuz 11 utilizaram a mesma insígnia.[18] Soyuz 3 recebeu uma insígnia oficial, mas que por algum motivo não foi usada na missão.[19] Soyuz 9, Soyuz 13, Soyuz 14, Soyuz 17, Soyuz 18 e Soyuz 29 também utilizaram a mesma insígnia.[20] O logo Zvezda foi usada em várias missões entre Soyuz 12 e Soyuz 27 (com a notável exceção da Soyuz 19).[21]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Foguetes e naves tripuladas na ativa:

{{{caption}}}
{{{caption}}}
{{{caption}}}
{{{caption}}}
{{{caption}}}
{{{caption}}}

Estações espaciais[editar | editar código-fonte]

Estações espaciais na ativa:

{{{caption}}}
{{{caption}}}
Space Population.png

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Statement about the Karman Line». 30 de novembro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2018 
  2. «Astronauts and Cosmonautas (sorted by "First mission")». 27 de abril de 2022. Consultado em 27 de abril de 2022 
  3. «Spaceflight mission report: Soyuz MS-21». 18 de março de 2022. Consultado em 18 de março de 2022 
  4. @roscosmos (25 de janeiro de 2022). «Roscosmos no Twitter» (Tweet). Consultado em 26 de janeiro de 2022 – via Twitter 
  5. «Soyuz MS-21 lifts off amid Russian invasion of Ukraine». 18 de março de 2022. Consultado em 18 de março de 2022 
  6. «Spaceflight mission report: SpaceX Crew-4». 27 de abril de 2022. Consultado em 27 de abril de 2022 
  7. a b «Crew Dragon - Gunter's Space Page». Consultado em 1 de maio de 2022 
  8. «Spaceflight mission report: Shenzhou 14». 8 de abril de 2022. Consultado em 15 de abril de 2022 
  9. «Spaceflight mission report: SpaceX Crew-5». 18 de março de 2022. Consultado em 18 de março de 2022 
  10. «Spaceflight mission report: Soyuz MS-22». 30 de janeiro de 2022. Consultado em 14 de fevereiro de 2022 
  11. «Spaceflight mission report: Shenzhou 15». 15 de abril de 2022. Consultado em 17 de abril de 2022 
  12. «Manned Spaceflight Schedule». 13 de abril de 2022. Consultado em 14 de abril de 2022 
  13. «Gaganyaan manned mission not before 2023: Minister». 17 de fevereiro de 2021. Consultado em 2 de junho de 2021 
  14. Siddiqi, Asif A. (2000). Challenge to Apollo: The Soviet Union and the Space Race, 1945–1974. [S.l.]: NASA. p. 658 
  15. «China reveals missions of Shenzhou-14, Shenzhou-15 space crews». 19 de abril de 2022 
  16. «Spacepatches». Consultado em 11 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 14 de março de 2019 
  17. «Fifty years ago, first woman to fly in space wore world's first mission patch». Consultado em 11 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 22 de março de 2019 
  18. «Zvezda 'Rocket'». Consultado em 19 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 1 de junho de 2017 
  19. «Soyuz 3». Spacepatches. Consultado em 27 de maio de 2020. Cópia arquivada em 25 de janeiro de 2020 
  20. «Vimpel 'Diamond'». Consultado em 19 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 10 de junho de 2019 
  21. «Early Zvezda». Consultado em 19 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 1 de junho de 2017 

Notas[editar | editar código-fonte]

Siglas
  • PES = Programa Espacial Soviético
  • ARAE = Agência Russa de Aeronáutica e Espaço
  • CEAER = Corporação Estatal de Atividades Espaciais Roscosmos

Ligações externas[editar | editar código-fonte]