Literacia estatística

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Alfabetização estatística ou literacia estatística são termos utilizados a fim de descrever a habilidade individual para compreender as estatísticas. Essa aptidão é considerada essencial para que os cidadãos compreendam o conteúdo publicado nos jornais, na televisão e na Internet. Nesse sentido, a numeracia é um pré-requisito para ser estatisticamente literado.

Atualmente, as pessoas são inundadas com informações estatísticas em anúncios, notícias ou conversas em geral. Além disso, especialistas frequentemente utilizam números para construir seus argumentos, o que torna a literacia estatística uma faculdade necessária para ajudar a decidir em quem acreditar. Essa análise é importante porque as estatísticas podem ser utilizadas para produzir inverdades e/ou representações menos claras da realidade, mas utilizando dados que podem ser válidos. O objetivo da literacia estatística é, então, melhorar a compreensão pública dos dados estatísticos.

Ainda que os resultados das sondagens de opinião sejam constantemente citados por diversas organizações, a qualidade dessas sondagens varia consideravelmente. Por isso, alguma compreensão das técnicas de amostragem é necessária para que haja uma correta interpretação dos resultados, pois, por exemplo, o tamanho da amostra pode ser muito pequeno para reproduzir conclusões significativas ou a amostra pode ser tendenciosa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]