Lito Atalaia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lito Atalaia
Informação geral
Nome completo Lito Atalaia
Nascimento 1981
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Hip hop cristão
Ocupação(ões) Rapper
Período em atividade 2001-presente
Gravadora(s) 7 Taças
Afiliação(ões) Apocalipse 16

Lito Atalaia (São Paulo, 1981) é um cantor brasileiro de hip hop cristão. Iniciou sua carreira aos 19 anos e desde então lançou três álbuns.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Lito Atalaia assinou contrato em 2001 com a gravadora 7 Taças aos 19 anos, e começou a acompanhar o grupo Apocalipse 16, detentor do selo, nos shows.[1] Ao mesmo tempo, preparava o seu disco de estreia, que foi lançado no ano seguinte, chamado Levanta e Anda. O álbum foi bem recebido em todo o território brasileiro e colocou Lito como uma das revelações do rap gospel.[2][3]

Como parte disto, Lito concorreu em 2002 no Prêmio Hutúz, nas categorias de "Revelação" (derrotado por Sabotage) e "Melhor Artista Gospel" (que foi vencida por Apocalipse 16).[4] Esta foi a primeira vez que um artista gospel foi indicado como "Revelação". Desde então, Lito começou a fazer trabalho solo e ser visto com maior frequência no meio do hip hop. No ano de 2003, ele se desliga da 7 Taças e lança o seu selo independente, chamado "Atalaia".[1]

No final de 2006, Lito volta ao estúdio para gravar o seu segundo álbum, que acabou sendo lançado em dezembro de 2007 e se chamou Javé Nissi.[5] Neste CD, ele utiliza de uma nova roupagem para o rap, com influências do reggae na música "Jogador" e participações especiais da banda Planta e Raiz e de Sérgio Saas.[6] Dois meses depois, seu álbum foi indicado ao Troféu Talento, e Lito escolhido pela revista Rap Brasil o melhor artista gospel do ano.[7]

Em junho de 2008, Lito volta a gravar agora para o seu terceiro álbum, intitulado Lito Atalaia Apresenta DJ Max nos Beatz, em uma homenagem à DJ Max, que o acompanha nos shows como DJ.[1][8][9] Muito esperado, ele foi concluído em 2009, com dezessete músicas e participações especiais de DJ Alpiste, X Barão, Provérbio X, Tio Fresh, DJ Jamaika, Rato Reverso e GPR.[10]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «LITO ATALAIA em Música do MySpace – Transmissão gratuita de MP3s, Fotos & Vídeos». myspace.com. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  2. «CD Gospel Store - O melhor da música gospel nacional e internacional». www.cdgospelstore.com.br. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  3. «Lito Atalaia | Portal Rap Nacional 2010». www.rapnacional.com.br. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  4. «Cliquemusic : Matéria : Prêmio Hutus anuncia seus indicados». cliquemusic.uol.com.br. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  5. «Gospel Goods: CD Lito Atalaia - Javé Nissi (Ouça as músicas)». www.gospelgoods.com.br. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  6. «CD Javé Nissi (Lito Atalaia) - Análise». Super Gospel. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  7. «Lito Atalaia». Super Gospel. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  8. «Coletivo». mtv.uol.com.br. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  9. «DjMarceloD12 | Vem aí Lito Atalaia Apresenta Dj max nos beatz | Lito, Atalaia, Apresenta, álbum, Novo». www.djmarcelod12.com. Consultado em 19 de Julho de 2010 
  10. «Campogospel.com.br | Lito Atalaia - Apresenta: Dj Max Nos Beatz (2009)». www.campogospel.com.br. Consultado em 19 de Julho de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.