Live Sessions II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Live Sessions II
Álbum de estúdio de Tony Babalu
Lançamento 18 de agosto de 2017
Gravação 28, 29 e 30 de dezembro de 2016[1]
Estúdio(s) Mosh Studios (São Paulo/SP)[2]
Gênero(s) rock, bluesworld musicmúsica instrumentalmúsica latina[3] [4]
Duração 41:28
Formato(s) CD, streaming, download digital
Gravadora(s) Amellis Records[5]
Produção Tony Babalu
Cronologia de Tony Babalu
Live Sessions at Mosh
(2014)

Live Sessions II é o terceiro álbum solo de Tony Babalu, lançado em 2017 pelo selo Amellis Records com distribuição da Tratore.[6] Com seis temas instrumentais que passeiam por diversas vertentes do rock e da black music[7], o disco rendeu ao guitarrista o Troféu Cata-Vento 2017, prêmio idealizado pelo consagrado produtor musical Solano Ribeiro e pela Rádio Cultura (SP).[8]

Concepção e gravação[editar | editar código-fonte]

Seguindo o conceito de seu antecessor Live Sessions at Mosh (2014), o disco foi concebido a partir de uma atmosfera vintage e orgânica que norteou todas as fases de sua produção.[9] A captação, analógica e integralmente ao vivo[10] [11], foi realizada em três dias de dezembro de 2016 no Mosh Studios (SP), um dos mais tradicionais e icônicos da América Latina[12] [13], e a banda convocada para o projeto contou com Adriano Augusto (teclados), Leandro Gusman (contrabaixo), e Percio Sapia (bateria).[14] [15]

Instrumental Sesc Brasil[editar | editar código-fonte]

O álbum teve seu show de pré-lançamento no projeto Instrumental Sesc Brasil, realizado no Teatro Anchieta (Sesc Consolação) em 13 de fevereiro de 2017 e produzido e veiculado pela SescTV. O programa pode ser conferido na íntegra nas plataformas do Sesc São Paulo,[16] assim como o documentário Passagem de Som, que retrata parte da trajetória profissional e pessoal de Tony Babalu.[17]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Título Duração
1. "Locomotiva"   4:16
2. "Meio-fio"   7:45
3. "Valentina"   6:33
4. "Veia Latina"   10:07
5. "Encrenca"   5:11
6. "In Black"   7:36
Duração total:
41:28

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Músicos
Estúdio

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. R. R. Júnior, Fernando (16 de abril de 2018). «Tony Babalu - Live Sessions II». Rock on Stage. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  2. «Mosh Studios - site oficial». 7 de outubro de 2020. Consultado em 7 de outubro de 2020 
  3. Moreira, Marcelo (2 de maio de 2018). «Instrumental: o talento e a versatilidade de Tony Babalu e Ricardo Vignini». Combate Rock (Uol). Consultado em 29 de setembro de 2020 
  4. Inglez de Souza, Henrique (22 de dezembro de 2017). «Tony Babalu: 'Quando tudo está à mão, é difícil evoluir'». Blog do Inglez de Souza. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  5. Pimentel, Luís (21 de agosto de 2017). «Revista MB recomenda: 'Live Sessions II'». Revista Música Brasileira. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  6. Ferreira, Mauro (20 de agosto de 2017). «Herói Brasileiro da Guitarra, Babalu lança álbum de atmosfera vintage». G1 Pop & Arte. Consultado em 18 de agosto de 2020 
  7. Chacur, Fabian (28 de agosto de 2017). «Tony Babalu reafirma amor à música em seu novo trabalho». Mondo Pop. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  8. «Tony Babalu vence o Troféu Cata-Vento 2017». Rádio Cultura. 8 de dezembro de 2017. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  9. de Souza, Tárik (1 de setembro de 2017). «A guitarra voluntariosa de Babalu em 'Live Sessions II'». IMMuB. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  10. «Tony Babalu e a versatilidade instrumental de 'Live Sessions II'». The Music Journal (MTV). 29 de agosto de 2017. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  11. Fonseca, Juarez (24 de agosto de 2017). «'Live Sessions II' de Tony Babalu». Zero Hora. Porto Alegre/RS. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  12. «'Live Sessions II' é o novo álbum de Tony Babalu». Portal SUCESSO!. 24 de agosto de 2017. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  13. Gavin, Cesar (23 de agosto de 2017). «Tony Babalu - Live Sessions II (CD)». RockBrasileiro.Net. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  14. Costa, Marcelo (6 de setembro de 2017). «Entrevista: Tony Babalu». Scream & Yell. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  15. Barbieri, Antonio Celso (16 de abril de 2018). «Tony Babalu - Live Sessions II: O mestre da guitarra está de volta com novo álbum!». Barbieri - Memórias do Rock Brasileiro. Consultado em 29 de setembro de 2020 
  16. «Tony Babalu - Programa Instrumental Sesc Brasil». 9 de julho de 2017. Consultado em 20 de setembro de 2020 
  17. «Programa Passagem de Som - documentário sobre Tony Babalu». 9 de julho de 2017. Consultado em 20 de setembro de 2020 

 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]