Liza Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Liza Vieira
Nome completo Maria Elizabeth Vieira Moraes
Nascimento 18 de setembro de 1949 (73 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1971presente
Cônjuge Adriano Stuart (19771981)

Liza Vieira, nome artístico de Maria Elizabeth Vieira Moraes (São Paulo, 18 de setembro de 1949)[1] é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira nos palcos, ainda no tempo de estudante, fazendo teatro amador e estreou na TV em 1972 na TV Tupi São Paulo na novela "Camomila e Bem-Me-Quer", de Ivani Ribeiro. e participou do Telecurso de 1989 e 1999.

No cinema seu primeiro trabalho foi em "Pensionato de Mulheres", em 1974, dirigida por Clery Cunha, mas seu maior sucesso foi em "Contos Eróticos", ao lado de Lima Duarte no episódio "O Arremate", em que vivia uma jovem ingênua que é estuprada pelo patrão do seu pai, com o consentimento do mesmo.

Na TV, ela sempre interpretou personagens doces e ingênuos, enquanto no cinema participou de várias comédias e dramas eróticos. Obteve bastante sucesso popular interpretando a rebelde Érika, na novela "Sétimo Sentido", de Janete Clair. Era uma jovem complexada com a própria aparência que vivia em conflito com a família, mas que no fim acaba sensibilizada pelo amor de Rubens (Edwin Luisi), um rapaz cego. Destacam-se também seus papéis em O Machão, de Sérgio Jockymann, A Sucessora, de Manoel Carlos, Selva de Pedra (remake), também de Janete Clair, e em Cortina de Vidro, de Walcyr Carrasco.

Foi casada com o diretor e ator Adriano Stuart,[2] que a dirigiu no filme A Noite dos Duros. Em 1987, fez parte do elenco de Senti Firmeza, programa musical humorístico da Rede Bandeirantes dirigido por Oswaldo Loureiro, no qual dançava e interpretava.

Em agosto de 2010, estreou uma peça teatral chamada “Advogado de Deus”, que discorre sobre ética profissional e é ambientado do livro de Zíbia Gasparetto, em cartaz no Teatro Santo Agostinho.[3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1971 Hospital Jovem Figurante
1972 Camomila e Bem-me-quer Vera (Verinha)
1973 Mulheres de Areia Carola Sampaio
1974 O Machão Bianca Batista
1975 O Velho, o Menino e o Burro Regina
Um Dia, o Amor Maria Cecília
1977 Um Sol Maior Eliane
1978 A Sucessora Adélia Figueira
1979 Superbronco Toty
1980 Coração Alado Ieda
1981 O Amor É Nosso Suzana
1982 Sétimo Sentido Érica Rezende
1985 Caso Verdade Denilda Episódio:"Luz do Mundo"
1986 Janete Episódio:"Amanhã É Vida Nova"
Selva de Pedra Clarice Ribeiro[4]
1989 Cortina de Vidro Cláudia
1997 A Filha do Demônio Diná
Direito de Vencer Talma
1998 Alma de Pedra Berenice
2000 Marcas da Paixão Isa
2004 Vila Maluca Dona Natureba
2005 Meu Cunhado Mrs. Carol Episódio: "Intercâmbio"
2007 Maria Esperança Taís
2013 Chiquititas Sofia Monteiro[5]
2014 Pé na Cova Doralice Episódio: "A Honra Perdida de Gedivan Pereira"

Cinema[6][editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1974 Pensionato de Mulheres Lurdinha [7]
O Super Manso Marisa
1975 A Carne Flora
Amantes, Amanhã Se Houver Sol Mônica
1976 A Noite das Fêmeas
O Mulherengo Margarida[8]
1977 Contos Eróticos Filha
Paixão e Sombras Candidata à Atriz
1978 A Noite dos Duros Maria
As Amantes de um Homem Proibido Marina[9]
1980 O Inseto do Amor Recém Casada
Ato de Violência Janina[10]
2016 SP Zero 15
2020 Corona Circus Atriz Circense

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • Em Família (1972)
  • Holocausto Cinco Histórias (1972)
  • O Jogo do Sexo (1974)
  • Amadeus (1982-1983)
  • Falando de Amor com Humor (1987)
  • Laços Eternos (1992-1994)
  • Trair e Coçar... É Só Começar (2005)
  • O Advogado de Deus (2010)
  • Malefícios do Amor (2017)
  • Antes Só... Que Mal Assombrado (2019)[11]
  • O Filho (2019)
  • Radicais Livres (2019)
  • Ninguém Merece (2020)
  • Angústia (2021)
  • Sexo dos Anjos (2022)[12]

Referências

  1. Revista Zingu! Grandes Musas da Boca
  2. Azevedo, Gérson (14 de dezembro de 2010). «Uma atriz completa». Daqui Sumaré. Consultado em 16 de abril de 2012 
  3. Alpha FM[ligação inativa]
  4. «Dramaturgia > Novelas > Selva de Pedra (2a versão)». Memória Globo. Consultado em 3 de setembro de 2012 
  5. «SBT divulga nomes do elenco de 'Chiquititas'». CARAS. 7 de fevereiro de 2013. Consultado em 11 de fevereiro de 2013 
  6. «Mulheres do Cinema Brasileiro: Liza Vieira». Mulheres do Cinema Brasileiro. Consultado em 21 de março de 2018 
  7. Cinemateca Brasileira Pensionato de Mulheres [em linha]
  8. «O Mulherengo». Cinemateca Brasileira. Consultado em 15 de março de 2017 
  9. «As Amantes de um Homem Proibido». Cinemateca Brasileira. Consultado em 15 de março de 2017 
  10. «Ato de Violência». Cinemateca Brasileira. Consultado em 15 de março de 2017. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  11. «Antes Só do que Mal Assombrado». amigosdaboanova.com.br. Consultado em 21 de julho de 2022 
  12. «Sesc Pinheiros recebe o espetáculo "Sexo dos Anjos"». dicadeteatro.com.br. Consultado em 15 de agosto de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.