Lockheed L-18 Lodestar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Lockheed Model 18 Lodestar
Avião
Um Lodestar da National Air Lines, "The Buccaneer Route".
Descrição
Tipo / Missão Avião de passageiros, bimotor a pistão, monoplano de asa-baixa
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Lockheed Corporation
Período de produção 1939-?
Quantidade produzida 625 unidade(s)
Desenvolvido de Lockheed Model 14 Super Electra
Primeiro voo em 21 de setembro de 1939 (77 anos)
Introduzido em 30 de março de 1940
Variantes Lockheed Ventura
Tripulação 3
Passageiros 18 passageiro(s)
Especificações (Modelo: C-60A-5)
Dimensões
Comprimento 15,19 m (49,8 ft)
Envergadura 19,96 m (65,5 ft)
Altura 3,6 m (11,8 ft)
Área das asas 51,2  (551 ft²)
Alongamento 7.8
Peso(s)
Peso vazio 5,670 kg (12,5 lb)
Peso carregado 7,938 kg (17,5 lb)
Peso máx. de decolagem 9,825 kg (21,7 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 × motores radiais Wright R-1820-87, de 9 cilindros refrigerado a ar
Potência (por motor) 1,200 hp (0,895 kW)
Performance
Velocidade máxima 428 km/h (231 kn)
Velocidade de cruzeiro 322 km/h (174 kn)
Alcance (MTOW) 4,025 km (2,50 mi)
Teto máximo 7,740 m (25,4 ft)
Razão de subida 8.13 m/s

O Lockheed L-18 Lodestar foi um avião de transporte que foi desenvolvido e construído pela empresa Lockheed Corporation dos EUA, na época da Segunda Guerra Mundial.[1][2][3]

Projecto e Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O protótipo do Lockheed L-18, cujo primeiro voo decorreu em 1939, foi construído a partir de um lote de aeronaves Lockeed L-14 Super Electra que tinham sido devolvidas ao fabricante pela Northwest Airlines depois de uma série de acidentes ocorridos com o modelo. A fuselagem foi alongada 1,5 metro, permitindo a colocação de duas ou mais filas de assentos com o objectivo de tornar a operação da aeronave mais económica. contudo, a maioria das Linhas Aéreas dos EUA preferiram adquirir o Douglas DC-3, tornando difícil a venda do Lodestar dentro do país. Foram construídos 625 Lodestars de todas as variantes.

História operacional[editar | editar código-fonte]

As vendas do Lodestar para o estrangeiro também não correram muito bem. Os maiores compradores foram o Governo das Índias Orientais Holandesas, a South African Airways, a Trans-Canada Airlines e a BOAC. Em Portugal o Lodestar esteve ao serviço da Aero Portuguesa, bem como ao serviço da DETA em Moçambique.

Com o início da Segunda Guerra Mundial algumas aeronaves foram colocadas ao serviço militar dos EUA e de outros países sob várias designações.[3][1][2] Depois da guerra, a maioria desses aviões passou para o serviço civil como transporte executivo.

No Brasil, o Lockheed L-18 Lodestar C-66 FAB VC 66 foi usado como avião presidencial. Também, em 1950, um Lodestar levando o ex-ministro Joaquim Pedro Salgado Filho para um encontro com Getúlio Vargas, na fazenda do ex-presidente em São Borja, se chocou com uma colina (Cerro dos Cortellini) em São Francisco de Assis, provocando a morte de todos os passageiros.

Variantes[editar | editar código-fonte]

Lodestars do Exército dos EUA[editar | editar código-fonte]

C-56: Propulsado por motores Wright R-1820 de 760 CV.
C-56A / C-56B / C-56C / C-56D / C-56E :Propulsado por motores Pratt & Whitney R-1690.
C-57A: Propulsado por motores Pratt & Whitney R-1830.
C-57B: Propulsado por motores Pratt & Whitney R-1830.
C-57C: C-60A remotorizado com motores Pratt & Whitney R-1830-51.
C-57D: C-57A remotorizado com motores Pratt & Whitney R-1830-92.
C-59: Propulsado por motores Pratt & Whitney R-1690 Hornet. Transferidos para RAF como Lodestar IA.
C-60: Propulsado por motores Wright R-1820-87. Transferidos para a RAF como Lodestar II.
C-60A: Transporte de tropas páraquedistas propulsado por motores Pratt & Whitney R-1830 Twin Wasp.
XC-60B: C-60A com equipamento de descongelação experimental.
C-60C: Versão de transporte de tropas de 21 lugares, nunca construída.
C-66: Propulsado por motores Wright R-1820-87.

Lodestars da Marinha dos EUA[editar | editar código-fonte]

XR5O-1: Propulsado por motores Wright R-1820-40 de 1200 CV.
R5O-1: Propulsado por motores Wright R-1820-97 de 1200 CV.
R5O-2: Propulsado por motores Pratt & Whitney R-1690-25 de 850 CV.
R5O-3: Propulsado por motores Pratt & Whitney R-1830-34A de 1200 CV.
R5O-4: Propulsado por motores Wright R-1820-40 de 1200 CV.
R5O-5: Propulsado por motores Wright R-1820-40 de 1200 CV. Semelhante ao R5O-4 mas com 14 lugares.
R5O-6: Antigos C-60A-5-LOs do Exército transferidos para o US Marine Corps, com capacidade para 18 páraquedistas.

Operadores[editar | editar código-fonte]

Operatores militares[editar | editar código-fonte]

África do Sul
 Austrália
 Brasil
 Canadá
 Países Baixos
 Noruega
 Nova Zelândia
 Reino Unido
 Estados Unidos

Operadores civis[editar | editar código-fonte]

África do Sul
 Canadá
 Brasil
 Nova Zelândia
 Portugal
 Reino Unido

Especificações (C-90A5):[editar | editar código-fonte]

Dados de Lockheed Aircraft since 1913.

Características gerais:

  • Tripulação: 3
  • Capacidade: 18 passageiros
  • Comprimento: 15,19 m
  • Envergadura: 19,96 m
  • Altura: 3,6 m
  • Área de asa: 51,2 m²
  • Peso vazio: 5,670 kg
  • Peso carregado: 7,938 kg
  • Máx. peso de decolagem: 9.825 kg
  • Motorização: 2 × motores radiais Wright R-1820s-87 refrigerado a ar, de nove cilindros, 1.200 cv (895 kW) cada

Atuação:

  • Velocidade máxima: 428 km/h
  • Velocidade de cruzeiro: 322 km/h
  • Alcance operacional: 4.025 km
  • Teto de serviço: 7,740 m
  • Taxa de subida: 8,13 m/s

Veja também[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento relacionado:[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Past, Airplanes of the. «C-60 Lodestar of the U.S. Air Force, history, design and photographs». www.airplanesofthepast.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 
  2. a b «Lockheed C-60A Lodestar > National Museum of the US Air Force™ > Display». www.nationalmuseum.af.mil (em inglês). Consultado em 1 de fevereiro de 2017 
  3. a b «Lockheed Lodestar Modelo 18. Foto. Recursos.». pt.avia.pro. Consultado em 1 de fevereiro de 2017