Locomotiva manobreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo está a ser traduzido (desde julho de 2015). Ajude e colabore com a tradução.
Exemplo típico de
locomotiva manobreira.

O termo locomotiva manobreira (português brasileiro) ou locotrator (português europeu) (em inglês: switcher; em francês: locotracteur), em operações ferroviárias, designa um tipo específico de locomotiva, em geral mais curta que as normais, utilizada para conduzir material rodante no processo de acoplamento, que visa interligá-los ou separá-los de forma ordenada para compor ou desfazer um trem (português brasileiro) (comboio [português europeu]).[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Locomotivas a Vapor e Elétricas». Associação Brasileira de Preservação Ferroviária - ABPF. Julho de 2014. Consultado em 22 de julho de 2015 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • José E. C. H. Buzelin, Eduardo J. J. Coelho e João Bosco Setti: A ferrovia de Minas, Rio e São Paulo, 2002, Sociedade de Pesquisa para Memória do Trem, ISBN 85-86094-04-8 (em português)
  • Eduardo J. J. Coelho, João Bosco Setti: A E.F. Vitória a Minas e suas locomotivas desde 1904: As locomotivas diesel 1947 a 2003, 2003, Sociedade de Pesquisa para Memória do Trem, ISBN 85-86094-06-4 (em português)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Locomotiva manobreira
Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.