Lodewijk Woltjer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lodewijk Woltjer
Astronomia
Nacionalidade Países Baixos Neerlandês
Nascimento 1930 (85 anos)
Local Noordwijk, Países Baixos
Atividade
Campo(s) Astronomia
Alma mater Universidade de Leiden
Orientador(es) Jan Oort
Prêmio(s) Medalha Karl Schwarzschild (1987)

Lodewijk Woltjer (Noordwijk, 1930) é um astrônomo neerlandês que estudou na Universidade de Leiden sob a orientação de Jan Oort, conquistando seu Ph.D. em Astronomia em 1957, com uma tese sobre a Nebulosa do Caranguejo. Continuou suas pesquisas em várias universidades americanas e foi efetivado como professor de Astrfísica Teórica e de Física do Plasma na Universidade de Leiden.

Entre 1964 e 1975, foi professor de Astronomia e chefe do Departamento de Astronomia da Universidade Columbia em Nova Iorque e, até 1987, foi diretor-geral do Observatório Europeu do Sul (ESO), onde liderou a construção do Very Large Telescope. Entre 1994 e 1997, foi presidente da União Astronômica Internacional (IAU). Foi homenageado em 1987 com a Medalha Karl Schwarzschild.[1]

Foi o primeiro editor-chefe do Astronomy and Astrophysics Review, periódico em Astronomia primeiramente publicado em 1989. Também foi editor do Astronomical Journal entre 1967 e 1974.

É membro de várias academias científicas espalhadas pela Europa, como as Academias de Ciências da Bélgica, Grã Bretanha, Países Baixos, França e Suécia.[2]

Referências

  1. Grewing, M. (1987), "Karl Schwartzschild Vorlesung 1987", Mitteilungen der Astronomischen Gesellschaft 70: 19–20, http://adsabs.harvard.edu/full/1987MitAG..70...19G, visitado em 2011-01-22 
  2. Léna, P. (December 1992), "Professor Lodewijk Woltjer elected to the French Academy of Sciences", The Messenger (ESO) 70: 27, Bibcode1992Msngr..70...27L, http://www.eso.org/sci/publications/messenger/archive/no.70-dec92/messenger-no70-27-27.pdf, visitado em 2011-01-22 
Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.