Lokasenna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lokasenna
Loki reunido com os deuses. Ilustração de Lorenz Frølich, 1895
A discussão de Loki
O sarcasmo de Loki
Parte de:
Edda poética
Portal da Mitologia nórdica

Lokasenna (A discussão de Loki, O sarcasmo de Loki) é um poema do Edda poética. Neste poema os deuses trocam insultos com Loki.[1][2]

Loki, entre outras coisas, acusa os deuses de impropriedade sexual moralista pela prática do seid e seus preconceitos. Não são aparentemente as mais graves das acusações, no entanto deve notar-se que é precisamente por estas fraquezas que em última instância conduzem ao início do Ragnarök, como é dito no poema Völuspá.[3][4][5]

Referências

  1. Ursula Dronke (ed. and trans.), The Poetic Edda Volume II: Mythological Poems, Oxford: Oxford University/Clarendon, 1997, repr. 2001, ISBN 9780198111818, p. 371.
  2. «LOKASENNA, Loki's Wrangling». Sacred texts. Consultado em 12 de Abril de 2016 
  3. Dronke, pp. 371–72.
  4. "Nari and/or Narfi", John Lindow, Norse Mythology: A Guide to the Gods, Heroes, Rituals, and Beliefs, Oxford/New York: Oxford University, 2001, ISBN 9780195153828, pp. 236–37, p. 237.
  5. Thorpe, Benjamin. (Trans.). (1866). Edda Sæmundar Hinns Froða: The Edda Of Sæmund The Learned. (2 vols.) London: Trübner & Co. 1866.