Lola Brah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Lola Brah
Nome completo Eleonora Beinarowicz
Елеонора Беинароwицз
Nascimento 1 de julho de 1920
Vyatka,  Rússia
Nacionalidade  Brasileira (naturalizada)
Morte 14 de julho de 1981 (61 anos)
São Paulo,  São Paulo
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês)

Lola Brah (Rússia, Kirov 01 de julho de 1920São Paulo, 14 de julho de 1981) foi uma atriz do cinema e da TV.

Nascida na Rússia com o nome de Eleonora Beinarowicz, veio para o Brasil com a família em 1933 e se naturalizou brasileira em 1948.

Estreou no cinema brasileiro em 1953 na comédia "Uma pulga na balança" e depois fez filmes importantes como "Floradas na Serra", "Ravina", "Estranho Encontro" e "Fronteiras do Inferno".

Pelo filme de Walter Hugo Khouri, "Estranho Encontro", ganhou os prêmios Governador do Estado e Saci de melhor atriz do ano.

Bonita e sofisticada, fazia o gênero "femme fatale". Outros filmes importantes na sua carreira foram "Bahia de Todos os Santos", "O Bandido da Luz Vermelha", "Paixão na praia", "A Marcha", "Mestiça, a escrava indomável",[carece de fontes?] "Ainda Agarro Esta Vizinha" (no papel de Olga, a cafetina)[1], "Noite em chamas" e "O Estripador de mulheres".

Em TV fez a telenovela "A Cabana do Pai Tomás" e vários teleteatros na TV Cultura.

Trabalhos no Cinema[2][editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1981 Mulher Objeto Monitora
As Taras de Todos Nós Luíza
1980 Palácio de Vênus
O Inseto do Amor Madre
1979 A Mulher que Inventou o Amor Mentora de Doralice
1978 Reformatório das Depravadas Frau Gelli
O Estripador de Mulheres Parteira
O Bem Dotado - O Homem de Itu Madame
Embalos Alucinantes: A Troca de Casais Cristina
1977 Noite em Chamas Virgínia[3]
1976 A Noite das Fêmeas Cristina[4]
1975 As Secretárias...Que Fazem Tudo
O Sexualista Zizica [5]
Cada Um Dá o Que Tem Yara
1974 Ainda Agarro Esta Vizinha... Olga
1973 Mestiça, a Escrava Indomável Maria
1972 Independência ou Morte Dama do Paço[6]
A Marcha Nelle Jovine
1971 Paixão na Praia Baronesa
1969 O Bandido da Luz Vermelha Mulher Rica
1960 Bahia de Todos os Santos Miss Collins
1959 Fronteiras do Inferno
1958 Estranho Encontro Wanda
Ravina
1957 Casei-me com Um Xavante Tânia
1956 A Pensão da D. Stela Zazá
1954 Floradas na Serra Olga
1953 Uma Pulga na Balança Bibi

Referências

  1. Cinemateca Brasileira, Ainda Agarro Esta Vizinha [em linha]
  2. «Lolah Brah - Filmografia». Mulheres do Cinema Brasileiro. Consultado em 10 de novembro de 2016 
  3. «Noite em Chamas». Cinemateca Brasileira. Consultado em 10 de novembro de 2016 
  4. «A Noite das Fêmeas». Cinemateca Brasileira. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  5. «O Sexualista». Cinemateca Brasileira. Consultado em 10 de novembro de 2016 
  6. «Dama do Paço». Cinemateca Brasileira. Consultado em 10 de novembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.