Long Island Medium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Long Island Medium
Long Island Medium
Long Island Medium (PT/BR)
Informação geral
Formato
Duração 22 minutos
País de origem Estados Unidos - Long Island em Hicksville, Nova York
Idioma original Inglês
Produção
Apresentador(es) Theresa Caputo
Tema de encerramento presente
Exibição
Emissora de televisão original TLC
Transmissão original 25 de setembro de 2011
N.º de temporadas 3
N.º de episódios 48

Long Island Medium é um Reality Show dos Estados Unidos que passa no TLC. Estreou em 25 de setembro de 2011.[1]

Localizado em Hicksville, New York, o programa tem como protagonista Theresa Caputo, medium que alega conseguir comunicar com os mortos. O programa acompanha a sua vida enquanto faz consultas com seus clientes e a sua vida em família.

A segunda temporada estreou a 25 de março de 2012.[2] A terceira temporada estreou a 9 de setembro de 2012.[3] O programa é produzido por Wendy Douglas e a produtora executiva é Diane Townsend.[4]

A 2 de novembro de 2012, o TLC anunciou a quarta temporada da série, 30 episódios de meia hora, que está previsto estrear em maio de 2013.

A 1 de abril de 2012, a James Randi Educational Foundation galardoou Theresa Caputo com o Prémio Pigasus por ser a "vidente" que terá enganado o maior número de pessoas com o mínimo de esforço no ano que antecedeu. O fundador da JREF, James Randi, um promotor de longa data do ceticismo, declarou "(o programa) é perigoso e um absurdo grotesco". Também foi atribuído um prémio Pigasus ao TLC por continuar a transmitir o programa.[5]

Em junho de 2012, Theresa Caputo apareceu numa publicidade para o Priceline.com, na qual ela se representava ao "comunicar" com o falecido Negociador do Priceline interpretado por William Shatner.[6] Contudo, esta publicidade gerou controvérsia nos Estados Unidos, devido ao facto de a publicidade parecer fazer referência à crença de smudging dos Nativos Americanos.[7] O presidente da JREF, DJ Grothe publicou uma declaração a condenar o Priceline.com: "É difícil ver o programa e não sentir desgosto por aqueles que estão desesperados por saber dos seus falecidos... e mais ainda sabendo que estão a ser manipulados por um charlatão." Grothe apelou ao Priceline.com para "convidar... o seu representante" a aceitar o desafio de Um Milhão de Dolares da James Randi Educational Foundation e provar as suas alegações paranormais.[8]

Referências