Look Who's Talking

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Look Who's Talking
Olha Quem Fala (PT)
Olha Quem Está Falando (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1989 •  cor •  96[1] min 
Direção Amy Heckerling
Produção Jonathan D. Krane
Roteiro Amy Heckerling
Elenco John Travolta
Kirstie Alley
Gênero Comédia romântica
Música David Kitay
Cinematografia Thomas Del Ruth
Edição Debra Chiate
Companhia(s) produtora(s) Management Company Entertainment Group (M.C.E.G.)
Distribuição Tri-Star Pictures
Lançamento Estados Unidos 13 de outubro de 1989
Brasil 3 de agosto de 1990
Idioma Inglês
Orçamento US$7.5 milhões[2]
Receita US$296,999,813[3]
Cronologia
Look Who's Talking Too
Página no IMDb (em inglês)

Look Who's Talking (br: Olha Quem Está Falandopt: Olha Quem Fala) é um filme de comédia romântica escrito e dirigido por Amy Heckerling e estrelado por Kirstie Alley e John Travolta.[4] Bruce Willis interpreta a voz do filho de Mollie, Mikey.[5] O filme apresenta George Segal como Albert, o ilegítimo pai de Mikey.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Mollie (Kirstie Alley) é uma contadora que tem um caso com Albert (George Segal), um cliente que está comprometido. Quando fica grávida, sente que Albert estará sempre com ela e o bebê, mas quando dá a luz Albert rompe a relação e Mollie tem de criar o bebê sozinha. Mollie também está procurando o pai ideal para seu filho, Mikey, e James Ubriacco (John Travolta), um taxista, que parece ser perfeito (pois estava em cena quando entrou em trabalho de parto) para ela e Mikey, que apesar de ser um bebê é um observador cínico e sarcástico do mundo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Rotten Tomatoes dá para Look Who's Talking uma pontuação de 58%, com base nas avaliações dos 33 críticos.[6]

O filme arrecadou $140,088,813 no mercado interno e um total mundial de $296,999,813,[3] tornando-se o filme mais bem sucedido de Travolta em 11 anos, desde Grease.

Sequências e reboot[editar | editar código-fonte]

O filme foi sucesso suficiente para ter duas sequências: Look Who's Talking Too (1990) e Look Who's Talking Now (1993). O sucesso dos dois primeiros filmes, também inspirou uma sitcom da ABC chamada Baby Talk, que foi ao ar 1991-92 e contou com Tony Danza como a voz de "Baby Mickey". John Travolta, Kirstie Alley, e Olympia Dukakis são os únicos atores a aparecer em todos os três filmes da série.

Em 6 de abril de 2010, foi relatado que o produtor de Fast & Furious Neal H. Moritz está planejando reiniciar a série.[7]

Referências

  1. «Look Who's Talking (12)». British Board of Film Classification. 4 de janeiro de 1990. Consultado em 21 de março de 2012 
  2. «Look Who's Talking (1989) - Box office / business». Internet Movie Database. Amazon.com. Consultado em 21 de março de 2012 
  3. a b Look Who's Talking (em inglês) no Box Office Mojo
  4. Cerone, Daniel (26 de outubro de 1989). «Look Who's Smiling . . . : Movies: The hit "Look Who's Talking" has made writer-director Amy Heckerling hot again--thanks to her daughter.». The Los Angeles Times. Consultado em 6 de novembro de 2010 
  5. Willman, Chris (13 de outubro de 1989). «Witty Fun for Grown-Ups in 'Look Who's Talking'». The Los Angeles Times. Consultado em 24 de agosto de 2010 
  6. Look Who's Talking (em inglês) no Rotten Tomatoes
  7. Reynolds, Simon (6 de abril de 2010). «'Looks Who's Talking' reboot in the works». Digital Spy. Hachette Filipacchi Médias. Consultado em 7 de abril de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]