Lord Arthur Somerset

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lord Arthur Somerset
Caricatura de Lord Arthur Somerset de 1887.
Nascimento 17 de novembro de 1851
Morte 26 de maio de 1926 (74 anos)
  Hyères, França
Pai Henry Somerset, 8° Duque de Beaufort
Mãe Georgiana Charlotte Curzon

Lord Henry Arthur George Somerset (17 de novembro de 1851 – 26 de maio de 1926) era o terceiro filho de Henry Somerset, 8° duque de Beaufort e sua esposa, Lady Georgiana Curzon. Ele foi chefe dos estábulos do futuro Eduardo VII do Reino Unido (então Príncipe de Gales) e um major da Guarda Real Montada.

Ele esteva ligado com o escândalo da Cleveland Street, sendo identificado e nomeado por vários prostitutos do sexo masculino como cliente de seus serviços. Ele foi entrevistado pela polícia no dia 7 de agosto de 1889; embora o registro da entrevista não tenha sobrevivido, ele resultou num relatório do Advogado Geral, do Procurador-Geral e do Diretor de Acusações pedindo que fosse aberto um processo contra ele com base no artigo 11 da Lei de Emenda ao Código Penal (1885). Um pedaço de papel foi colado sobre o nome de Somerset no relatório. O Diretor de Acusações foi informado de que o secretário do Interior não queria que ele tomasse nenhuma ação contra Somerset.[1] A polícia obteve uma nova declaração, implicando Somerset nos eventos; ele, enquanto isso, fez com que seu advogado atuasse na defesa dos rapazes presos por envolvimento no escândalo. Depois que a polícia o entrevistou pela segunda vez em 22 de agosto, Somerset obteve a licença de seu regimento e permissão para ir para o estrangeiro.[2]

Lord Arthur foi para Homburg, embora retornasse à Inglaterra mais tarde. Quando avisado em setembro de que o processo contra ele era iminente, ele fugiu para a França. De lá, viajou para Constantinopla, Budapeste, Viena, e retornou para França, onde fixou residência e morreu em 1926, aos 74 anos de idade.[3]

Referências

  1. H. Montgomery Hyde. "The Cleveland Street Scandal" (W.H. Allen Ltd, 1976). p. 32-3.
  2. H. Montgomery Hyde. "The Cleveland Street Scandal" (W.H. Allen Ltd, 1976). p. 35.
  3. Kaplan, Morris B. (2005). Sodom on the Thames: Sex, Love, And Scandal in Wilde Times. Cornell University Press. ISBN 0801436788
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.