Los parientes pobres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Los parientes pobres
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Liliana Abud
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Miguel Córcega
Produtor(es) Carla Estrada
Elenco Lucero
Ernesto Laguardia
Chantal Andere
Alexis Ayala
Nuria Bages
Joaquín Cordero
Humberto Elizondo
Rogelio Guerra
Delia Casanova
Ana Patricia Rojo
Claudia Ramirez
ver mais
Tema de abertura "Los parientes pobres", por Lucero Hogaza.
Exibição
Emissora de
televisão original
Canal de las Estrellas
Transmissão original 3 de maio de 1993 - 13 de agosto de 1993
N.º de episódios 75
Cronologia
Último
Mágica juventud
Dos mujeres, un camino
Próximo
Programas relacionados Juro que te amo

Los parientes pobres (lit. Parentes pobres) é uma telenovela mexicana produzida por Carla Estrada para a Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas entre 3 de maio e 13 de agosto de 1993.

Foi protagonizada por Lucero e Ernesto Laguardia, com atuação antagônica de Chantal Andere, Delia Casanova, Ana Patricia Rojo, Alexis Ayala e Humberto Elizondo.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Margarita Santos vive em San Gabriel, um vilarejo distante da Cidade do México. Margarita é uma jovem nobre, boa e muito querida por muita gente. No entanto, a vida golpeia fortemente a ela e a sua família, pois deixam de ter dinheiro de sobra e passam a ficar na ruína.

Pouco depois, o pai de Margarita, Ramiro Santos, fica gravemente enfermo. Ao não ter dinheiro suficiente para um tratamento adequado, o homem falece cheio de ódio e rancor de seu primo distante, Evaristo Olmos, a quem culpa diretamente de sua ruína econômica. Tanto Margarita como seus irmãos se convencem da culpa de Evaristo; além disso,, Ramiro faz Margarita jurar em seu leito de morte que tirará a sua família da ruína utilizando qualquer recurso necessário, mas sem perder jamais o orgulho nem a dignidade.

Ao estar na quebra, a família cai facilmente nas artimanhas de Paulino Zavala, quem se aproveita de sua situação. Zavala também se encarga de encher o povo de fofocas que acusam a família Santos de tratar de sair da quebra com métodos imorais.Enquanto isso, chega ao povo Bernardo, um jovem burguês, em busca de diversão. Ele se faz noivo de Margarita e de Alba, a filha de Zavala, ao mesmo tempo.

Posteriormente, Evaristo Olmos, o primo do pai de Margarita descobre a situação de sua familia e os convida a viver em sua casa na Cidade de México. No entanto, Margarita o despreza pois seu pai lhe fez crer durante muitos anos que ele foi o culpado da quebra de seu negocio. Porém, a verdade é muito diferente, já que Evaristo é um homem bondoso que sempre esteve apaixonado por María Inés e procurando seu bem e o de sua família.

Os Santos passam a viver com a família Olmos, onde sofrem muitos conflitos e desprezos por parte de seus próprios primos e dos que os rodeiam. Cada membro dos Santos terá que sobrelevar grande número de dificuldades sem perder sua dignidade e aprendendo as lições da vida. Margarita conhece a Jesús, apelidado Chucho; um jovem sensível e preocupado pelo bem de sua comunidade e quem se apaixona por ela a primeira vista e lhe oferece seu amor sincero e desinteressado. No entanto, Margarita, cega pelo falso amor de Bernardo, seu implacável orgulho e seu terrível desespero por conseguir dinheiro, o rejeita para buscar una posição acomodada y comprovar que ninguém a pode fazer menos nem a sua família.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio TVyNovelas 1994[editar | editar código-fonte]

Categoria Nominado(a) Resultado
Melhor telenovela Carla Estrada Indicado
Melhor ator protagonista Ernesto Laguardia Indicado
Melhor atriz antagonista Chantal Andere Indicado
Melhor ator antagonista Humberto Elizondo Indicado
Melhor ator principal Joaquín Cordero Indicado
Melhor atriz juvenil Lucero Venceu
Melhor tema musical Lucero Indicado

Referências

  1. «Drama, amor y esperanza, la esencia de Los parientes pobres». PP El verdadero. 20 de novembro de 2012. Consultado em 24 de dezembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]