Lote 42

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lote 42
Editora
Fundação Dezembro de 2012
Fundador(es) João Varella
Thiago Blumenthal
Cecilia Arbolave
Sede São Paulo
Pessoas-chave João Varella
Thiago Blumenthal
Cecilia Arbolave
Produtos Livros e zines
Website oficial [1]

A Lote 42 é uma editora de São Paulo (SP) fundada em dezembro de 2012 por três jornalistas [1]. Em março de 2013 publicou seu primeiro livro. A Lote 42 é notável pela Banca Tatuí, uma banca de revistas dedicada a editoras independentes[2][3], e pela Feira Miolo(s), evento de publicações independentes realizada anualmente na Biblioteca Mário de Andrade e que em sua edição de 2015 teve 112 editoras[4].

[editar | editar código-fonte]

Até dezembro de 2017, o selo havia lançado 14 livros de diversos gêneros, como romance, poesia e não-ficção.

  • Já Matei por Menos, de Juliana Cunha[5]
  • O Pintinho: Mais um filho de mãe brasileira, de Alexandra Moraes
  • Manual de Sobrevivência dos Tímidos, de Bruno Maron
  • Seu Azul, de Gustavo Piqueira[6]
  • O Pintinho 2: Para sempre classe média, de Alexandra Moraes[7]
  • Indiscotíveis, vários autores[8]
  • Desenhos Invisíveis, de Gervasio Troche
  • 42 Haicais e 7 Ilustrações, de João Varella e FP Rodrigues
  • Queria ter Ficado Mais, várias autoras[9]
  • Portas do Éden, de Kioskerman
  • Pinte o Pintinho, de Alexandra Moraes
  • A Coragem do Primeiro Pássaro, de André Dahmer [10]
  • Batoquim, de Thais Ueda e Yumi Takatsuka
  • Lululux, de Gustavo Piqueira
  • Inquérito Policial: Família Tobias, de Ricardo Lísias
  • Bernice Corta o Cabelo, de F. Scott Fitzgerald
  • Valfrido?, de Gustavo Piqueira
  • Magra de Ruim, de Sirlanney
  • Mais Leve que o Ar, de Felipe Sali
  • Fachadas, de Rafael Sica
  • Modo Avião, de Lucas Santtana, Rafael Coutinho e J.P. Cuenca
  • A Pedra, de Yuri Pires
  • Novos Mafuás, de vários
  • A Espetacular Clínica da Monga Apresenta Caso Original, de Tai Cossich
  • Já Era, de Felipe Parucci
  • Gogmagog! Morris Cox e sua Gogmagog Press, de Gustavo Piqueira
  • Mercúrio Cromo, de Aureliano

Algumas das publicações são originárias da internet, como Já Matei por Menos e O Pintinho. Alguns livros adotam projetos gráficos inusitados: Lululux vem impresso em guardanapos, jogo americano e porta-copos; Queria Ter Ficado é um conjunto de cartas; Indiscotíveis, adota o formato de uma caixinha de vinis.

Mineiraço[editar | editar código-fonte]

A marca ganhou notoriedade durante o Mineiraço, jogo da Copa do Mundo de 2014 em que a Alemanha venceu o Brasil por 7 a 1. Antes que a partida fosse iniciada, a Lote 42 prometeu dar 10% de desconto em seus livros para cada gol que o Brasil sofresse. Isso rendeu forte repercussão para a empresa em veículos nacionais[11][12][13][14] e internacionais.[15][16][17]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Site oficial http://www.lote42.com.br

Referências

  1. «Usando o digital para vender cultura em papel: a história da Lote 42». Draft. 6 de setembro de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  2. «Banca Tatuí promove show grátis em comemoração tripla neste sábado». São Paulo. Folha de S.Paulo. 4 de dezembro de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  3. Boldrini, Angela (5 de dezembro de 2014). «Lote 42 reinaugura banca focada em publicações independentes». São Paulo. Folha de S.Paulo. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  4. Sobota, Guilherme (6 de novembro de 2015). «Feira leva 112 editoras independentes para o centro de São Paulo». São Paulo: Grupo Estado. Estadão. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  5. «Quando um blog vira um livro: Já Matei por Menos, de Juliana Cunha». Trabalho Sujo. 30 de março de 2013. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  6. Eberspächer, Gisele (março de 2014). «O desconforto da família». Curitiba. Gazeta do Povo. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  7. «"Para Sempre Classe Média": Conversamos com a Alexandra Sobre "O Pintinho 2"». Vice Brasil. 28 de março de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  8. «Com ensaios sobre música brasileira, livro 'Indiscotíveis' ganha lançamento na Sensorial Discos». Catraca Livre. 30 de junho de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  9. Gomiero, Aline (10 de fevereiro de 2015). «"Queria Ter Ficado Mais": livro em formato de coletânea de cartas reúne histórias escritas por mulheres». Claudia. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  10. «André Dahmer lança "A Coragem do Primeiro Pássaro", seu livro de poemas». Zupi. 30 de abril de 2015. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  11. D'Alama, Luna (16 de abril de 2015). «Após promessa no 7x1, editora tem 7 vezes mais seguidores e lança 11º livro». Uol. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  12. «Com desconto de 70% em livros após derrota do Brasil, editora esgota estoque em três horas». Folha de S.Paulo. 9 de julho de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  13. Zuini, Priscila (8 de julho de 2014). «Loja dá 10% de desconto para cada gol da Alemanha». Exame. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  14. «Após goleada da Alemanha, editora vende livros com 70% de desconto». O Tempo. 8 de julho de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  15. Correia, Teresa (9 de julho de 2015). «Goleada alemã torna editora brasileira num sucesso». RTP. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  16. «Prometió descuentos y cumplió: una editorial rebajará 70%». Infobae (em espanhol). 9 de julho de 2014. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  17. Guyard, Bertrand (10 de julho de 2014). «Mondial 2014 : un éditeur ruiné par la déroute du Brésil». Le Figaro (em francês). Consultado em 21 de dezembro de 2015.