Lothlöryen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lothlöryen
Informação geral
Origem Machado,  Minas Gerais
País  Brasil
Gênero(s) Folk Metal
Período em atividade 2002 - atualmente
Integrantes Wesley Soares
Tim Alan Wagner
Marcelo Benelli
Marcelo Godde
Leo Godde
Daniel Felipe
Página oficial http://www.lothloryen.com

Lothlöryen é uma banda brasileira de folk metal cujas letras foram no início de carreira bastante influenciadas pela "mitologia" de J.R.R. Tolkien.[1]A banda também trabalhou com temas intrigantes, como a loucura e sua relação com a geniosidade e a insanidade, além do conceito de criação do universo e de possíveis multiversos, abordando filósofos e cientistas como Giordano Bruno (personagem central do álbum), Stephen Hawkins, Tesla, Hubble, entre outros.

História[editar | editar código-fonte]

Seus integrantes são oriundos de Machado (Minas Gerais), Poços de Caldas (Minas Gerais) e da cidade de São Paulo, fundada em Machado, onde a banda surgiu em 2002, ainda com o antigo nome, Neverland. Ainda no final desse ano, o nome atual foi adotado, numa homenagem à obra de J.R.R. Tolkien (Lothlórien é o nome de uma floresta élfica de grande destaque no mundo fictício de Arda, em O Senhor dos Anéis).

Ainda antes de completar um ano, a o Lothlöryen lançou sua demo Thousand Ways to the Same Land, trabalho que contou com a participação do amigo Bruno Maia, da Tuatha de Danann, em duas músicas. Na época, o grupo era formado por Alessandro Nicolete (B), Elias P. Oliveira (D), Leonaldo Oliveira (G/V) e Wesley Soares (G).

Em 2003/2004 a Lothlöryen se apresenta em festivais como Metal Rebellion (Ribeirão Preto), Roça N' Roll (Varginha), Triumph of Metal

(Pouso Alegre), sendo nessa época convidada para tocar no Blackmore Rock Bar (São Paulo). A banda já dividiu palco com bandas como Tuatha de Danann, Torture Squad, Sagitta, Monster, Tiger Cult, Atomica, Holy Sagga, Fates Prophecy, Velhas Virgens, Andralls, entre outras.

Ainda em 2003, a banda se reformula, com as entradas de João Messias (B) e Geovani Corsini (D), além da incursão do tecladista Dênis Souza. Em 2005, a banda lança, em parceria com a Force Majeure Records o álbum ...of Bards and Madmen.

Desde então, foram 7 apresentações no festival de maior repercussão nacional, Roça N' Roll (Varginha). A banda conta com inúmeros shows pelo País.

Lançaram em 2008 o álbum ...Some Ways Back no More. O CD contou com backing vocals de Daniel Felipe, então mero amigo dos integrantes e vocalista da banda Rygel, de Santos. O álbum foi gravado no Casanegra Studio, do produtor Augusto Lopes, ex-guitarrista da Torture Squad. A banda realizou shows pelo país, incluso com a internacional Symphony X.

Em 2010, devido à mudanças na formação da banda com a saída do vocalista Léo Oliveira e a entrada de Daniel Felipe, o Lothlöryen faz uma pausa na sequência de shows e se concentra na pré-produção de seu novo álbum: “Raving Souls Society” foi concebido novamente no Casanegra Studios sob os cuidados de Augusto Lopes e foi lançado no Brasil em março de 2012, via Shinigami Records.. A banda ganhou destaque no jornal Estado de MG participou em grandes festivais de Folk nacional, como Spirit of the Forest (PR), Odin's Krieger Fest (SP), Jantar Medieval (Campinas, SP), entre outros. Ainda em 2011, com o lançamento do single “When Madness Calls”, a banda inicia a “The Raving Souls Tour”, que seguiu durante o ano de 2012, com quase 50 shows pelo Brasil, e tocando ao lado de bandas como Korpiklaani, Samael e Grave. A tour ainda passou pela Europa em maio de 2013, com quatorze shows em 6 países (Itália, Romênia, Bulgária, Hungria, Grécia e Macedônia).

Ainda em 2013, a banda resolve voltar um pouco no tempo e revisitar seu segundo álbum, Some Ways Back no More. Este álbum possui ótimas canções, que com o novo nome Some Ways Back Some More ganharam mais peso e agressividade com a nova mixagem, e com a interpretação de Daniel Felipe. O trabalho foi regravado novamente no Casanegra Studios, e foi lançado somente no mercado europeu pela gravadora Power Prog Records (Alemanha). Após seu lançamento, a banda resolve dar uma pausa nos shows para se concentrar durante o ano de 2014 em seu novo álbum de estúdio.

Principles of a Past Tomorrow, mais recente álbum da banda, vê a luz do dia em 30 de Junho de 2015, após um período de aproximadamente 2 anos entre a composição, produção e lançamento. Feito de forma totalmente independente, esse disco abre uma nova etapa na carreira da banda, pois sua verba veio completamente da contribuição de fãs, alavancando a independência da banda. A temática do álbum retrata de forma conceitual a história do filósofo italiano Giordano Bruno, morto pela inquisição no ano de 1600. Gravado no estúdio da banda (Bar dos Bardos) em Poços de Caldas, e no Jack Studios, em Machado, a produção ficou a cargo dos guitarristas Leko Soares e Tim Alan Wagner, e a mixagem e masterização por Thiago Okamura (Shaman, Dr. Sin) no To Mix Studios. O álbum foi lançado com apoio de uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding), e já no mês de Julho de 2015 a banda sai para a estrada para a "Principles on the Road Tour".

Integrantes[editar | editar código-fonte]

  • Daniel Felipe - Vocal
  • Wesley Soares - Guitarra, Backing vocals
  • Tim Alan Wagner - Guitarra, Backing vocals
  • Marcelo Benelli - Bateria
  • Marcelo Godde - Baixo Fretless
  • Leo Godde - Teclados e Sintetizadores

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Estúdio
  • ...of Bards and Madmen - 2005
  • Some Ways Back No More - 2008
  • Raving Souls Society - 2012
  • Some Ways Back Some More (regravação do segundo álbum) - 2013
  • Principles Of A Past Tomorrow - 2015
Demo
  • Thousand Ways to the Same Land - demo, 2003
Singles
  • Hobbit's Song - Single 2007
  • When Madness Calls - Single 2011
  • Unfinished Fairytale - Single 2013
  • Time Will Tell - Single 2014
  • God is Many - Single 2015

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]