Lotus 93T

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lotus 93T
Lotus 93T - Elio de Angelis.jpg
Visão Geral
Produção 1983
Fabricante Lotus
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Colin Chapman
Martin Ogilvie
Ficha técnica
Motor Renault-Gordini EF1 V6 Turbo
Transmissão Lotus/Hewland 5 velocidades
Dimensões
Peso 560 kg
Cronologia
Último
Lotus 92
Lotus 94T
Próximo

O 93T é um dos monopostos construídos pela equipe Lotus, utilizados na temporada de 1983 da Fórmula 1. Foi pilotado pelo italiano Elio de Angelis e pelo britânico Nigel Mansell.

De Angelis utilizou o chassi 93T do GP do Oeste dos Estados Unidos até o GP do Canadá e Mansell apenas no GP da Alemanha.

Resultados[1][editar | editar código-fonte]

(legenda)

Ano Chassi Motor Pneus Pilotos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Pontos Posição
BRA USW FRA SMR MON BEL USE CAN GBR GER AUT HOL ITA EUR RSA
1983 93T Renault-Gordini EF1
V6 Turbo
P 11 Itália Elio de Angelis Ret Ret Ret Ret 9 Ret Ret 01
12 Reino Unido Nigel Mansell Ret

↑1 Do GP Brasil até o Canadá, utilizou o chassi 92 marcando 1 ponto e da Grã-Bretanha até a África do Sul, utilizou o 94T marcando 11 pontos (11 pontos totais).

Referências

  1. «Lotus 93T» (em inglês). STATS F1. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.