Louis-Nicolas Flobert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Louis Nicholas Auguste Flobert em 1850 (aproximadamente).

Louis Nicholas Auguste Flobert (1819 Paris, França1894 Gagny, França), foi um inventor, fabricante de munições e armas de fogo e empresário francês.

A maior invenção[editar | editar código-fonte]

Um "cartucho Flobert" com projétil de ponta cônica.

Ele inventou o primeiro cartucho de fogo circular metálico integrado em 1845. Essa foi a maior inovação em munição de armas de fogo, que na época, usavam balas separadas da pólvora. O "cartucho Flobert" consistia de um estojo de latão, contendo uma espoleta de percussão, e uma quantidade de ar que ficava comprimido quando a bala era pressionada contra o estojo, criando um conjunto a prova d`água. Antes disso, um "cartucho", era apenas uma quantidade de pólvora espremida junto com uma bala, enrolados num pedaço de tecido ou papel encerados com algum impermeabilizante natural.[1]

Utilização[editar | editar código-fonte]

O motivo do cartucho original de Flobert não usar pólvora e ser de calibres tão pequenos, foi primordialmente, o fato do mercado para o qual ele foi destinado, ser o de competições de salão, onde não havia necessidade de muita potência e o baixo nível de ruído era uma necessidade.[1]

Os calibres[editar | editar código-fonte]

6mm Flobert[editar | editar código-fonte]

Um Flobert de 6mm ou .22 BB Cap, com embalagem.
Pistola Flobert de 6mm, com sua descrição no catálogo do fabricante Manufacture Française d'Armes et de Cycles de Saint Étienne de 1912.
Dois fifles Flobert de 6mm.

O cartucho 6mm Flobert, consistia basicamente de uma espoleta de percussão de mosquete, com um projétil redondo inserido na ponta do seu estojo.[2][3] Esses cartuchos não continham nenhuma pólvora. A única substância propelente contida no cartucho era o da espoleta de percussão.[4] Na Europa, o .22 BB Cap (introduzido em 1845), e o pouco mais potente .22 CB Cap (introduzido em 1888) foram ambos chamados de "6mm Flobert", e são considerados o mesmo cartucho. Esses cartuchos, têm uma relativamente baixa velocidade de saída do cano, de cerca de 213 m/s a 244 m/s.

Além dos cartuchos, Flobert também criou o que ele chamou de: "parlor gun" (arma de salão) para esse calibre, sendo estas projetadas especificamente para "tiro ao alvo" dentro de salões e/ou galerias de tiro.[5][6][7] As pistolas Flobert de 6mm, ficaram na moda em meados do século 19; elas eram tipicamente pistolas de tiro único, com canos compridos e pesados.[8][9]

9mm Flobert[editar | editar código-fonte]

O cartucho 9mm Flobert, em armas com canos de alma lisa, eram muito usados na Europa, por jardineiros e fazendeiros para controle de pestes,[10] sem maiores restrições, mesmo em países com leis de controle de armas muito restritas.[11] Essas armas de jardim são armas de curtíssimo alcance que fazem pouco estrago a mais de 13 a 18 metros, e são relativamente silenciosos quando disparados com cartuchos com esferas, comparados com as munições padrão.[12] Elas eram especialmente efetivas em celeiros e galpões, pois não faziam buracos no teto ou nas paredes, ou mais importante: não causavam ferimentos graves no gado com um ricochete. Eles também são usados em controle de pestes em aeroportos, armazéns, abatedouros, etc.

O cartucho "9mm Flobert", pode disparar uma única bala, mas o uso mais frequente é feito com carga de algumas esferas ("bagos"), semelhante ao cartucho de escopeta.[13] Sua potência e alcance, são muito limitados, fazendo-o muito conveniente para o "controle de pestes".[14] O cartucho "9 mm Flobert" fabricado pela Fiocchi Munizioni, usa uma espoleta com estojo de latão de 1,75 polegadas, com uma carga de 7,2 gramas de "bagos" #8,[15] a velocidade de 183 m/s.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Flobert (pai) (1889). «L'invention des Carabunes & Pistolets Flobert» (em inglês). Imprimerie Captaine. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  2. "History of firearms" Arquivado em 2015-12-22 no Wayback Machine. (fireadvantages.com)
  3. "How guns work" Arquivado em 2015-12-22 no Wayback Machine. (fireadvantages.com)
  4. Shooting section (la section de tir) Arquivado em 2013-11-10 no Wayback Machine. of the official website (in French) of a modern indoor shooting association in Belgium, Les Arquebusier de Visé.
  5. Eckhardt, Charley F. (2001). Texas smoke: muzzle-loaders on the frontier. [S.l.]: Texas Tech University Press. pp. 86–88. ISBN 978-0-89672-439-6. Consultado em 25 de janeiro de 2012 
  6. Flayderman, Norm (2007). Flayderman's Guide to Antique American Firearms and Their Values 9 ed. Iola, Wisconsin: F+W Media, Inc. p. 775. ISBN 978-0-89689-455-6 
  7. Barnes, Frank C.; Bodinson, Holt (2009). «Amrerican Rimfire Cartridges». Cartridges of the World: A Complete and Illustrated Reference for Over 1500 Cartridges. Iola, Wisconsin: Gun Digest Books. p. 441. ISBN 978-0-89689-936-0. Consultado em 25 de janeiro de 2012 
  8. S. Wardlaw, M.D. «The Parlor Pistol - Indoor Shooting Fun» (em inglês). Connecticut Muzzleloaders. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  9. Numrich Gun Parts Corporation (8 de março de 2019). «Parlor And Gallery Guns» (em inglês). Numrich Gun Parts Corporation. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  10. http://www.smallboreshotguns.com/9mm-bore/ 9mm (No. 3) Bore
  11. poots, Bruce. «Falco 9mm rimfire rifle review». Shooting UK. Consultado em 5 de agosto de 2018 
  12. http://www.smallboreshotguns.com/9mm-bore/performance/ Garden Gun Performance
  13. http://www.smallboreshotguns.com/9mm-bore/ 9mm (No. 3) Bore
  14. Frank C. Barnes (2003) [1965]. Cartridges of the World 10th ed. [S.l.]: Krause Publications. ISBN 0-87349-605-1 
  15. «Flobert» (em inglês). Fiocchi Munizioni S.p.A. Consultado em 7 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 6mm Flobert
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 9mm Flobert