Love, Simon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Love, Simon
Com Amor, Simon (PT/BR)
Estados Unidos
2018 •  cor •  110[1] min 
Direção Greg Berlanti
Produção Marty Bowen
Wyck Godfrey
Isaac Klausner
Pouya Shahbazian
Roteiro Isaac Aptaker
Elizabeth Berger
Baseado em Simon vs. the Homo Sapiens Agenda, por Becky Albertalli
Elenco Nick Robinson
Josh Duhamel
Jennifer Garner
Katherine Langford
Gênero Romance Drama
Música Rob Simonsen
Cinematografia John Guleserian
Edição Harry Jierjian
Companhia(s) produtora(s) Fox 2000 Pictures
Temple Hill Productions
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 16 de março de 2018 (2018-03-16)
Brasil 5 de abril de 2018 (2018-04-05)
Portugal 21 de junho de 2018 (2018-06-21)
Idioma Inglês
Orçamento US$ 17 milhões[2]
Receita US$ 58.034.998[3]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Love, Simon (no Brasil e em Portugal, Com Amor, Simon)[4] é um romance e comédia dramática norte-americano dirigido por Greg Berlanti, baseado no romance Simon vs. the Homo Sapiens Agenda, de Becky Albertalli, estrelado por Nick Robinson, Josh Duhamel e Jennifer Garner. Robinson interpreta o personagem principal, Simon Spier, um reservado adolescente gay no ensino médio que é forçado a equilibrar seus amigos, sua família, seu colega de mensagens anônimas Blue e um chantagista que ameaça revelar seu segredo para toda a escola.

O filme estreou no Mardi Gras Film Festival em 27 de fevereiro de 2018 e foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 16 de março de 2018 pela 20th Century Fox. No Brasil o filme teve pré-estreias começando em 22 de março e foi lançado oficialmente em 5 de abril, em Portugal estreará em 21 de junho.[5][6] Os críticos elogiaram o filme por seu "grande coração, elenco diversificado e talentoso", descrevendo-o como um "clássico instantâneo" que é "terno, doce e tocante" e "prazerosamente encantador", com muitos comparando-o com os filmes românticos de comédia e drama de John Hughes.[7][8][9][10] É o primeiro grande filme de um estúdio de cinema a focar em um romance adolescente gay.[11][12]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Simon Spier é um adolescente gay que frequenta a escola secundária em um subúrbio de Atlanta, na Geórgia. Simon ainda não informou sua família ou amigos sobre sua orientação sexual e começou a se comunicar com um colega anônimo também não assumido que utiliza o pseudônimo 'Blue' on-line. Essa troca de e-mail é descoberta por um chantagista que ameaça expor Simon para toda a escola. Simon é então forçado a equilibrar seus amigos, sua família e o chantagista, ao mesmo tempo que tenta descobrir a identidade do colega anônimo em que ele se apaixonou online.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Nick Robinson como Simon Spier
  • Bryson Pitts como Simon Spier aos 10 anos
  • Nye Reynolds como Simon Spier aos 5 anos
  • Josh Duhamel como Jack Spier, pai de Simon
  • Jennifer Garner como Emily Spier, mãe de Simon
  • Katherine Langford como Leah Burke, uma das melhores amigas de Simon
  • Alexandra Shipp como Abby Suso, uma das melhores amigas de Simon
  • Jorge Lendeborg Jr. como Nick Eisner, um dos melhores amigos de Simon
  • Keiynan Lonsdale como Abraham "Bram" Greenfeld, um dos colegas de classe de Simon
  • Miles Heizer como Cal Price, um dos amigos de Simon e colega de classe
  • Logan Miller como Martin Addison, um colega de classe de Simon
  • Talitha Bateman como Nora Spier, irmã de Simon
  • Skye Mowbray como Nora Spier aos 6 anos
  • Tony Hale como Mr. Worth, o vice-diretor e professor de Simon
  • Natasha Rothwell como Ms. Albright, professora de teatro de Simon
  • Drew Starkey como Garrett Laughlin, um dos colegas de classe de Simon
  • Joey Pollari como Lyle, um atendente no restaurante local e paquera de Simon
  • Mackenzie Lintz como Taylor, uma dos colegas de classe de Simon

Produção[editar | editar código-fonte]

A fotografia principal começou em 6 de março de 2017 em Atlanta.[13] A filmagem terminou oficialmente em 23 de abril de 2017.[14]

Sabendo que o custo de colocar as músicas que queria no filme seriam caras, Berlanti fez a escolha de terminar as filmagens dois dias antes. Da decisão, ele disse: "Eu sabia que muito do filme era feito em homenagem a filmes que tinham ótimas trilhas sonoras que, na minha idade, você tocava a fita repetidamente até se desgastar. A trilha sonora foi o que te fez sentir as emoções do filme, então sempre esteve na minha lista de desejos ter uma trilha sonora que refletisse isso, era muito caro, então todo mundo queria ter certeza de que eu estava fazendo a coisa certa. Eu queria mais dinheiro para ser colocado na música."[15]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Com amor, Simon estreou no Mardi Gras Film Festival em 27 de fevereiro de 2018 e também foi exibido no Festival de Cinema de Glasgow e no Melbourne Queer Film Festival.[16][17]

O filme foi lançado nos Estados Unidos e no Canadá em 16 de março de 2018, pela 20th Century Fox.[18] No Brasil o filme teve pré-estreias a partir de 22 de março e foi lançado em todo o país em 5 de abril, em Portugal estreará em 21 de junho.[5]

Após o lançamento do filme, várias celebridades, incluindo Jennifer Garner, Kristen Bell, Neil Patrick Harris, Joey Graceffa, Matt Bomer, Robbie Rogers, Benj Pasek, Tyler Oakley, Martin Gero, Andrew Rannells e Jesse Tyler Ferguson compraram cinemas inteiros para que as pessoas pudessem ver o filme de graça, porque acreditam que o filme transmite uma mensagem importante.[19]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme realizou prévias nos Estados Unidos em 9 de março, uma semana antes do lançamento oficial, e arrecadou US$ 800 mil em 927 cinemas, ao qual o site Deadline Hollywood considerou "forte".[20] Nos Estados Unidos e no Canadá, o filme foi lançado junto com Tomb Raider e I Can Only Imagine, e foi projetado para arrecadar entre US$ 10-12 milhões de 2.401 cinemas em seu fim de semana de abertura.[21] O filme faturou US$ 4,6 milhões em seu primeiro dia (incluindo os US$ 850 mil das prévias de quinta-feira, em 2.125 cinemas).[22] O filme estreou com US$ 11,8 milhões, em quinto lugar nas bilheterias; 58% de seu público no fim de semana de estreia era do sexo feminino e 59% tinha menos de 25 anos.[23] Em seu segundo final de semana, o filme caiu 33%, para US$ 7,8 milhões, terminando em 7º lugar,[24] e em seu terceiro final de semana faturou US$ 4,8 milhões, terminando em nono lugar.[25] No Reino Unido, o filme estreou no quarto lugar, arrecadando $ 1,6 milhão.[26]

Bilheteria no Brasil[editar | editar código-fonte]

Sendo exibido em 336 salas de cinemas em seu final de semana de estreia, o filme arrecadou R$ 1,5 milhão ocupando o quinto lugar de bilheteria e tendo R$ 2,5 milhões como bilheteria total no país somando com a pré-estreia.[27] Em seu segundo final de semana, o filme caiu para o 7º lugar e arrecadou R$ 847 mil.[28] Em seu terceiro final de semana, o filme ficou na décima posição arrecadando R$ 422 mil, tendo R$ 4,6 milhões como bilheteria total no país e público total de 308 mil espectadores, até então.[29]

Crítica[editar | editar código-fonte]

No site Rotten Tomatoes, o filme possui uma classificação de aprovação de 92% com base em 161 avaliações, com uma classificação média de 7,4/10. O consenso crítico do site diz o seguinte: "Love, Simon atinge seu ritmo mais habilmente do que muitos filmes neste gênero bem-viajado - representa um marco tardio, se não totalmente bem sucedido, da inclusão."[30] No Metacritic, o filme tem uma pontuação média ponderada de 73 de 100, com base em 37 críticas, indicando "críticas geralmente favoráveis".[31] As audiências pesquisadas pelo CinemaScore deram ao filme uma nota "A+" em uma escala de A+ a F, um dos poucos filmes na história do site a ganharam essa máxima pontuação.[32]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Nomeados Resultado Ref.
2018 MTV Movie & TV Awards Melhor Beijo Nick Robinson e Keiynan Lonsdale Pendente [33]

Referências

  1. «Love, Simon». British Board of Film Classification. Consultado em 9 de fevereiro de 2018. 
  2. «'Black Panther' Poised to Shatter a Hollywood Myth». The New York Times. 15 de fevereiro de 2018. Consultado em 8 de março de 2018. 
  3. «Love, Simon (2018)». Box Office Mojo. Consultado em 22 de maio de 2018. 
  4. filmSPOT (21 de junho de 2018), Com Amor, Simon / Love, Simon (2018), consultado em 26 de março de 2018. 
  5. a b Marafon, Renato. «'Com Amor, Simon' tem estreia adiada no Brasil; Confira nova data! | CinePOP». cinepop.com.br. Consultado em 24 de março de 2018. 
  6. «Com Amor, Simon | Estreia dia 21 de junho | Magazine.HD». Magazine.HD. 6 de janeiro de 2018 
  7. «'Love, Simon': What the Critics Are Saying». The Hollywood Reporter (em inglês) 
  8. Lee, Benjamin (27 de fevereiro de 2018). «Love, Simon review – coming-out comedy is a landmark teen classic». the Guardian (em inglês). Consultado em 24 de março de 2018. 
  9. Franklin, MJ. «'Love, Simon' is a gotdamn delightful romcom, and it's gay as hell». Mashable (em inglês) 
  10. «Review: 'Love, Simon' charms by giving gay teen romance the John Hughes treatment». USA TODAY (em inglês) 
  11. «'Love, Simon': Your first look at 2018's major studio gay teen romance». EW.com (em inglês) 
  12. Lang, Brent (9 de março de 2018). «'Love, Simon' Stars Say Gay Teen Romance Will Save Lives». Variety (em inglês) 
  13. «'Simon vs. The Homo Sapiens Agenda' Open Casting Call». Project Casting (em inglês). 26 de janeiro de 2017 
  14. «"That's a beautiful wrap on #simonvthehomosapiensagenda such a pleasure working with people I looooooove and respect" (Tweet).». 24 de março de 2017. Consultado em 23 de abril de 2017. 
  15. «'Love, Simon' Music, From Deep Cuts to Surprise Global Hits». Billboard 
  16. «Scotland's original independent cinema is the». glasgowfilm.org (em inglês). Glasgow Film Theatre. 7 de maio de 2018. Consultado em 7 de maio de 2018. 
  17. «Love, Simon: Melbourne Queer Film Festival (MQFF) Centrepiece Presentation». "Meetup". 22 de março de 2018. Consultado em 7 de maio de 2018. 
  18. «Love, Simon - ComingSoon.net». ComingSoon.net (em inglês). Consultado em 24 de março de 2018. 
  19. «Jennifer Garner, Jesse Tyler Ferguson & More Stars Buyout Theaters for Love, Simon». PEOPLE.com (em inglês) 
  20. D'Alessandro, Anthony (11 de março de 2018). «Greg Berlanti Gay Teen Romance Pic 'Love, Simon' Posts Strong Sneak Previews». Deadline (em inglês) 
  21. «Will 'Tomb Raider' Be the Movie to Finally Knock 'Black Panther' From Box Office Perch?». TheWrap (em inglês). 13 de março de 2018 
  22. D'Alessandro, Anthony (17 de março de 2018). «'Black Panther' Poised For $460M+ Profit; Faith-Based 'I Can Only Imagine' Surprises With $15M+». Deadline (em inglês) 
  23. D'Alessandro, Anthony (18 de março de 2018). «'Black Panther' Keeps B.O. Treasure From 'Tomb Raider'; How 'I Can Only Imagine' Hit A $17M High Note». Deadline (em inglês) 
  24. D'Alessandro, Anthony (25 de março de 2018). «Does 'Pacific Rim: Uprising' Break Even At The Global B.O.?; 'Black Panther' Sets Marvel Record – Sunday Postmortem». Deadline (em inglês) 
  25. D'Alessandro, Anthony (1 de abril de 2018). «How Warner Bros. Sold 'Ready Player One' On The Spielberg Spirit & Beat Tracking With $53M+ 4-Day – Sunday Postmortem». Deadline (em inglês) 
  26. «United Kingdom Box Office, April 6–8, 2018». www.boxofficemojo.com (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2018. 
  27. «Bilheteria Brasil | Nada a Perder segue na liderança e se torna a quarta maior arrecadação do ano». Omelete 
  28. «Bilheteria Brasil: Com salas vazias, Nada a Perder domina pela terceira semana - Cineclick». www.cineclick.com.br. Consultado em 19 de abril de 2018. 
  29. «Bilheteria Brasil | Nada a Perder mantém o topo e é a segunda maior renda do ano». Omelete 
  30. Love, Simon (em inglês), consultado em 14 de março de 2018. 
  31. Love, Simon, consultado em 14 de março de 2018. 
  32. D'Alessandro, Anthony (17 de março de 2018). «'Black Panther' Poised For $460M+ Profit; Faith-Based 'I Can Only Imagine' Surprises With $15M+». Deadline (em inglês) 
  33. «2018 MTV MOVIE & TV AWARDS NOMINATIONS: SEE THE FULL LIST». MTV News (em inglês) 
Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.