Love at First Sight

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Love at First Sight"
Single de Kylie Minogue
do álbum Fever
Lado B
  • "Baby"
  • "Can't Get Blue Monday Out of My Head"
Lançamento 10 de junho de 2002
Formato(s)
Gravação 2001;
Windmill Lane Studios (Dublin, Irlanda)
Gênero(s) Eurodance
Duração 3:57
Gravadora(s)
Composição
  • Kylie Minogue
  • Richard Stannard
  • Julian Gallagher
  • Ash Howes
  • Martin Harrington
Produção
  • Richard Stannard
  • Julian Gallagher
Cronologia de singles de Kylie Minogue
"In Your Eyes"
(2002)
"Come into My World"
(2002)

"Love at First Sight" é uma faixa gravada pela cantora australiana Kylie Minogue para seu álbum de estúdio, Fever (2001). Foi escrita por Minogue, Richard Stannard, Julian Gallagher, Ash Howes e Martin Harrington, e produzida por Stannard e Gallagher. A faixa não tem relação com a música de mesmo nome do álbum de estreia de Minogue, Kylie (1988). "Love at First Sight" é uma canção de Eurodance que apresenta elementos de música house e disco, que descreve a cantora se apaixonando e acreditando em amor à primeira vista. A música foi lançada como o terceiro single internacional de Fever, enquanto foi lançado como o segundo na América do Norte em 10 de junho de 2002 através da gravadora Parlophone.

"Love at First Sight" foi bem recebida por críticos musicais, que a viram como "divertida" e "sensual", além de um dos destaques de Fever. A faixa foi bem sucedida comercialmente. Na Austrália, país natal de Minogue, "Love at First Sight" alcançou o terceiro lugar na tabela de singles nacional, enquanto alcançou o número dois no Reino Unido. Também figurou entre os dez mais bem posicionados em países como Canadá, Dinamarca, Irlanda, Espanha e Nova Zelândia. Nos Estados Unidos, alcançou o número 23 na Billboard Hot 100, e alcançou o topo da parada Hot Dance Club Play e o top dez da Mainstream Top 40.

O videoclipe correspondente para a faixa foi dirigido por Johan Renck em maio de 2002 e gravado em apenas um take em Dublin, Irlanda. Ele apresenta Minogue em um cenário futurista com vários dançarinos a sua volta, com várias formas geométricas aparecendo na tela. Como forma de promover Fever e "Love at First Sight", a artista apresentou-a em diversos programas de televisão, como The Tonight Show with Jay Leno e Total Request Live. A canção também foi interpretada por Minogue em todas as suas turnês após seu lançamento, com exceção da Anti Tour de 2012. Em 2003, "Love at First Sight" recebeu indicações para o Grammy Awards e o Ivor Novello Awards.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Minogue durante a performance de "Love at First Sight" na Showgirl: The Greatest Hits Tour em 2005

Após o sucesso de seu sétimo álbum de estúdio, Light Years em 2000, Minogue procurou trabalhar com vários produtores para seu álbum sucessor, Fever, incluindo Richard Stannard e Julian Gallagher, da Biffco, ambos que trabalharam com Minogue anteriormente; a dupla escreveu "Love at First Sight", ao lado de Minogue, Ash Howes e Martin Harrington.[1] Após o sucesso mundial de Fever, e dos singles subsequentes do álbum, "Can't Get You Out of My Head" e "In Your Eyes", a gravadora de Minogue, Parlophone, decidiu lançar um terceiro single em todo o mundo.[2][3]

"Love at First Sight" foi selecionada como o terceiro single internacional e o segundo single norte-americano de Fever, e foi lançado globalmente em 10 de junho de 2002.[4] A arte da capa de "Love at First Sight" foi fotografada por Nick Knight.[5][6] Em 2002, Minogue lançou sua coleção de lingeries Love Kylie e recrutou Knight para fazer imagens para promovê-la; mais tarde foram reutilizadas para a obra de arte "Love at First Sight".[7] Knight trabalhou com Minogue mais uma vez em "Come into My World".[8] A primeira obra de arte mostra Minogue nua, na frente de um pano de fundo azul, enquanto o segundo disco é um close da cantora em um tom vermelho.[5][6]

Composição[editar | editar código-fonte]

Produzida por Stannard e Gallagher, "Love at First Sight" é uma música Eurodance, que surgiu no final de um período em que a música dance pop popular assimilou a música house francesa.[9] A canção também incorpora elementos de música house e disco.[10][11][12] De acordo com a partitura publicada no website Musicnotes.com pela EMI Music Publishing, a faixa é definida em tempo comum e está escrita na chave de sol maior. Os vocais de Minogue variam desde a nota até a nota si. A música tem um andamento acelerado de 126 batidas por minuto.[13]

Liricamente, "Love at First Sight" é sobre se apaixonar por alguém "à primeira vista". Minogue canta: "Tudo correu do errado para o certo / E as estrelas apareceram para encher o céu / A música que você estava tocando realmente me impressionou / Foi amor / À primeira vista".[nota 1] Logo, a música prossegue para o refrão, com a artista cantando: "Porque baby, quando ouvi você / Pela primeira vez / eu sabia / Fomos feitos para ser um só...".[nota 2] Jason Thompson do PopMatters afirmou que as letras da canção são "fáceis de se conectar, não importa se você tem 16 ou 45 anos".[11] Segundo Jacqueline Hodges da BBC Music, juntamente com a faixa-título "Fever"; "usam letras tentadoras e ofícios sugestivos para sustentar uma agenda de tempo não muito sutil", também comparando a faixa ao trabalho do duo Modjo.[14] Existem duas versões de "Love at First Sight"; a versão original e o remix norte-americano, feito por Ruff e Jam, que foi lançado no disco bônus de 2002, edição especial do álbum Fever e nos singles de doze polegadas de "Love at First Sight".[15][16]

Análise da crítica[editar | editar código-fonte]

Minogue cantando "Love at First Sight" no concerto Money Can't Buy em 2003

"Love at First Sight" recebeu análises positivas dos críticos musicais. Chris True, da AllMusic, foi favorável à faixa, dizendo que com "músicas como 'Give It to Me' e 'Love at First Sight', sua maturidade ajuda a transcender essa marca limitadora, tornando este um disco de Eurodance muito estiloso que agradará a todas as idades".[10] Chuck Taylor da revista Billboard disse que "como sua antecessora, a música é toda sobre a batida, baby, com um gancho que, bem... você não consegue tirar da cabeça".[12] Chris Heath do website Dotmusic disse que "agora ela pode ficar de pé. Simplesmente não há necessidade de se distrair com distrações desnecessárias, pois 'Love At First Sight' é a jóia escondida em 'Fever', a faixa que facilmente passou por você no álbum, mas, como single, é uma das melhores até agora".[17] Alexis Petridis, do jornal The Guardian, comentou: "Como as músicas de Robbie Williams, as faixas de Fever são grandes em referências EDM facilmente digeríveis. 'Love at First Sight' apresenta as mesmas amostras disco do sucesso de Stardust, 'Music Sounds Better With You'".[18]

Alex Needham da revista NME afirmou que "Love at First Sight" tem um "efeito de filtro disco" que "parece que você mergulha na água e depois sai em busca de ar em êxtase".[19] Já Michael Hubbard, do MusicOMH, deu uma crítica positiva, chamando a música de "divertida", e disse: "Seria difícil apontar uma faixa ruim neste disco, mas os candidatos mais óbvios para singles estão no início do álbum — assim como seus dois primeiros álbuns, de fato — especialmente a divertida estridente que é 'Love at First Sight'".[20] Jason Thompson, do website PopMatters, disse que a música "se abre para o ouvinte com uma melodia sensual como o inferno e é uma das músicas disco clássicas mais sensuais e divertidas que nunca existiu... até agora".[11] Bob Waliszewski da revista Plugged In afirmou que a faixa "adere à noção romântica duvidosa".[21] Cristín Leach da Raidió Teilifís Éireann comentou que a canção "vai manter seus pés batendo, mas ela circunda a pista de dança sem nunca realmente ir ao seu centro".[22]

Listando as 50 melhores canções da cantora para o jornal Herald Sun, o jornalista Cameron Adams posicionou a faixa no número três em sua lista, dizendo que "Love at First Sight" era "a clássica Kylie. É tudo o que você ama em Kylie, destilado em um hit direto de quatro minutos de pura adrenalina com o refrão mais eufórico de uma carreira, literalmente construído sobre o amor de um coro eufórico".[23] Em outra lista retrospectiva feita por Olive Pometsey da GQ, foi dito que "esta faixa de 2002 mostra Kylie a aprimorar a vibe do disco futurístico que ela curou em Light Years e dar um passo adiante".[24] A publicação Pitchfork incluiu a faixa no número 208 de sua lista das 500 maiores faixas dos anos 2000.[25] Em 2003, "Love at First Sight" recebeu uma nomeação na 45.ª cerimônia anual do Grammy Awards na categoria Melhor Gravação de Dance, sendo a primeira nomeação de Minogue na premiação; perdeu para "Days Go By" de Dirty Vegas.[26] No mesmo ano, a canção juntamente com "In Your Eyes" foram nomeadas ao Ivor Novello Awards por Trabalho Mais Apresenado, perdendo para "Just a Little" de Liberty X.[27]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Imagem de Minogue no videoclipe de "Love at First Sight"

O videoclipe acompanhante para "Love at First Sight" foi dirigido por Johan Renck e foi filmado em um cenário virtual em Dublin, Irlanda, em maio de 2002.[28] Ele levou dois dias para ser filmado e exigiu vários assistentes e estilistas para ajudar Minogue e seus dançarinos.[28] Um vídeo mostrando os bastidores da produção do videoclipe foi lançado no DVD single de "Love at First Sight", apresentando quatro trechos de vídeo separados e mostra imagens de Minogue dançando no set do vídeo.[28] Uma galeria de fotos do set foi publicada no DVD.[28]

O videoclipe abre com a visão de um céu com formas geométricas em movimento. A câmera desce e mostra uma escada que está sendo adicionada digitalmente e apresenta Minogue descendo-a. Enquanto a cantora dubla e dança a música, a câmera gira em várias direções para mostrar o layout do set; durante o refrão, dançarinos de apoio são apresentados em uma posição superior.[29] O segundo verso apresenta Minogue dançando, com diferentes padrões emergindo nas paredes. Dos recortes das paredes, edifícios geométricos estão presentes ao fundo, mostrando a cidade futurista que é semelhante a "Can't Get You Out of My Head".[29] No último refrão, ele mostra um céu noturno e tem todos os dançarinos de fundo enquanto Minogue dubla a música.[29] O vídeo termina com dançarinos de apoio em torno da artista, enquanto a câmera se desloca para o céu noturno com diferentes formas geométricas.[29]

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

Minogue apresentando "Love at First Sight" durante a Golden Tour em 2018.

"Love at First Sight" foi interpretada pela primeira vez na turnê KylieFever2002 entre abril e agosto de 2002.[30] Em meio a uma pausa da turnê, Minogue apresentou a canção no programa norte-americano The Tonight Show with Jay Leno em 12 de julho de 2002.[31] Ela seguiu apresentando-a no programa Live! with Regis and Kelly em 16 de julho,[32] no Total Request Live no dia seguinte,[33] e no Last Call with Carson Daly em 23 de julho.[34] Em 15 de dezembro de 2002, foi transmitida uma apresentação de Minogue no Royal Variety Performance, em que a faixa foi cantada em um medley.[35] Como meio de promover seu nono álbum de estúdio Body Language, Minogue fez um concerto único no Hammersmith Apollo em Londres, Reino Unido, em 15 de novembro de 2003, e "Love at First Sight" foi incluída no bis.[36] Em 28 de fevereiro de 2004, a cantora fez uma aparição no programa Parkinson e cantou a faixa, além de "Red Blooded Woman".[37]

Em 2005, Minogue incluiu "Love at First Sight" no bis do repertório da turnê Showgirl: The Greatest Hits Tour, com uma montagem de vídeo de sua carreira mostrada nas telas de vídeo atrás dela.[38] Ao final da parte europeia da turnê, a cantora foi diagnosticada com câncer de mama, tendo que cancelar o restante do itinerário desta.[39] Após se submeter a tratamento e recuperação, ela retomou a turnê sob a forma de Showgirl: The Homecoming Tour em 2006, e a faixa foi novamente adicionada ao repertório.[40] Na turnê KylieX2008, ocorrida em 2008, Minogue incluiu "Love at First Sight" novamente no bis do concerto.[41] No ano seguinte, em sua passagem pela América do Norte com a excursão For You, for Me, a canção também foi interpretada no final dos shows.[42] Enquanto promovia seu álbum Aphrodite, Minogue cantou a faixa no programa Friday Night with Jonathan Ross,[43] no evento musical Starfloor,[44] e no Jools' Annual Hootenanny.[45] Na Aphrodite: Les Folies Tour de 2011, a música foi apresentada como um mash-up com "Can't Beat the Feeling". Robbie Barnett do Washington Blade disse que esse foi um dos momentos do show que se destacaram.[46]

Em 2014, enquanto promovia o álbum Kiss Me Once, Minogue cantou "Love at First Sight" na iHeartRadio em 26 de abril,[47] na BBC Maida Vale Studios em 15 de maio,[48] e no The Voice na Austrália em um medley com "Sexy Love" em 30 de junho.[49] Ela também apresentou a música na cerimônia de encerramento dos Jogos da Commonwealth de 2014 em 3 de agosto.[50] "Love at First Sight" foi novamente incluída na Kiss Me Once Tour, que ocorreu entre 2014 e 2015. Simon Collins do The West Australian disse que a performance, juntamente com outras, fez o "local vibrar".[51] Ela também foi interpretada na turnê de verão Summer 2015; Lewis Corner do Digital Spy disse que a performance era "nada menos que gloriosa".[52] Durante sua série de concertos de Natal no Royal Albert Hall em 2015 e 2016, Minogue cantou "Love at First Sight" novamente.[53][54] Enquanto divulgava seu décimo quarto álbum de estúdio Golden em 2018, a artista cantou a faixa na turnê promocional Kylie Presents Golden em 25 de junho de 2018 em Nova Iorque.[55] Na Golden Tour, ocorrida entre 2018 e 2019, a canção foi cantada no bis do show.[56] "Love at First Sight" foi também interpretada como a música de abertura da turnê Summer 2019, com Minogue e seus dançarinos vestindo tons de branco.[57]

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Em 2012, Minogue lançou uma versão orquestral de "Love at First Sight" em sua compilação The Abbey Road Sessions.[58] Em 2020, durante a quarentena em prevenção à pandemia de COVID-19, a cantora australiana Gretta Ray postou uma versão cover da faixa em suas redes sociais. Ela escreveu: "Essa noite estou cantando Kylie Minogue porque o álbum de maiores sucessos Ultimate Kylie foi o primeiro CD que eu tive. Ganhei no meu sétimo aniversário e lembro que havia um disco verde e um disco roxo, e o disco roxo foi o que eu ouvi milhões de trilhões de vezes — essa música estava nele".[59]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

CD single[60]
Título Duração
1. "Love at First Sight"   3:58
2. "Love at First Sight (Ruff and Jam Mix)"   9:33
3. "Love at First Sight (The Scumfrog's Beauty and the Beast Vocal Edit)"   4:26

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do encarte de Fever.[1]

  • Kylie Minogue — vocais, composição
  • Richard Stannard — composição, produção, vocais de apoio
  • Ash Howes — composição, gravação, programação
  • Alvin Sweeney — gravação, programação, mixagem
  • Martin Harrington — gravação, programação, guitarra

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

No Reino Unido, "Love at First Sight" estreou na segunda posição da UK Singles Chart, vendendo 82.000 unidades, atrás do single de Elvis Presley e JXL, "A Little Less Conversation", que vendeu 243.000 cópias.[61] A faixa tornou-se o décimo single de Minogue a alcançar o segundo lugar na tabela.[62] A canção recebeu uma certificação de prata pela British Phonographic Industry (BPI) por vendas de 200.000 unidades.[63] Em maio de 2018, foi revelado que a música era o décimo sétimo single de Minogue mais vendido na região.[64] Em outros países da Europa, a canção foi bem sucedida, atingindo o top vinte em países como a Alemanha e Finlândia,[65][66] alcançando as dez mais bem posicionadas na Dinamarca, Irlanda e Espanha,[67][68][69] enquanto atingiu o segundo lugar na Escócia e o primeiro na Grécia.[70][71]

Na Austrália, país natal de Minogue, a canção alcançou o número três na parada nacional,[72] recebendo um certificado de platina pela Australian Recording Industry Association (ARIA) por vendas de 70.000 unidades na região.[73] A música alcançou o nono lugar na tabela de singles da Nova Zelândia, permanecendo nela por dezoito semanas.[74] Foi certificada com ouro pela Recorded Music NZ (RMNZ) por vendas de 7.500 cópias.[75] "Love at First Sight" alcançou o número 23 na Billboard Hot 100, tornando-se o terceiro single de pico mais alto na tabela, atrás de seus singles "The Loco-Motion" (1987) e "Can't Get You Out Of My Head" (2001).[76] A música também alcançou o topo da tabela Dance Club Songs e o número dez na tabela Mainstream Top 40.[77][78] Até março de 2011, a canção havia vendido mais de 134.000 cópias, tornando-se o segundo single mais vendido de Minogue naquele país, de acordo com a Nielsen SoundScan.[79] "Love at First Sight" alcançou o quinto lugar na parada de singles digitais do Canadá.[80]

Tabelas semanais[editar | editar código-fonte]

Certificações e vendas[editar | editar código-fonte]

Região Certificação Vendas
Austrália (ARIA)[73] Ouro 35 000^
Estados Unidos (RIAA) Ouro 134 000^[79]
Nova Zelândia (RMNZ)[75] Ouro 5 000*
Reino Unido (BPI)[63] Prata 200 000^

*vendas baseadas apenas na certificação
^distribuições baseadas apenas na certificação

Notas

  1. Em língua inglesa: "Everything went from wrong to right / And the stars came out to fill up the sky / The music you were playin' really blew my mind / It was love / At first sight".
  2. Em língua inglesa: "'Cause baby when I heard you / For the first time / I knew / We were meant to be as one..."

Referências

  1. a b Créditos adaptados do encarte de Fever (2001), distribuído pela EMI
  2. «Can't Get You Out Of My Head». Kylie.com. Consultado em 12 de maio de 2020. Arquivado do original em 11 de março de 2011 
  3. «In Your Eyes». Kylie.com. Consultado em 12 de maio de 2020. Arquivado do original em 18 de fevereiro de 2011 
  4. «Love At First Sight». Kylie.com. Consultado em 12 de maio de 2020. Arquivado do original em 18 de fevereiro de 2011 
  5. a b Créditos adaptados do encarte de "Love at First Sight" [UK CD1] (2002), distribuído pela EMI
  6. a b Créditos adaptados do encarte de "Love at First Sight" [UK CD2] (2002), distribuído pela EMI
  7. «Love Kylie – Lingerie by Kylie Minogue». Consultado em 12 de maio de 2020. Arquivado do original em 27 de setembro de 2015 
  8. Créditos adaptados do encarte de "Come into My World" (2002), distribuído pela EMI
  9. Plagenhoef, Scott; Schreiber, Ryan (Novembro de 2008). The Pitchfork 500. [S.l.]: Simon & Schuster. p. 162. ISBN 978-1-4165-6202-3 
  10. a b True, Chris. «Fever – Kylie Minogue». AllMusic. Consultado em 12 de maio de 2020 
  11. a b c Thompson, Jason (25 de fevereiro de 2002). «Kylie Minogue: Fever». PopMatters. Consultado em 12 de maio de 2020 
  12. a b Taylor, Chuck (8 de junho de 2002). «Reviews & Previews». Billboard. 114 (23): 36. ISSN 0006-2510. Consultado em 14 de maio de 2020 
  13. https://www.musicnotes.com/sheetmusic/mtd.asp?ppn=MN0042875
  14. Hodges, Jacqueline. «Kylie Minogue Fever Review». BBC Music. Consultado em 12 de maio de 2020 
  15. Créditos adaptados do encarte de "Love at First Sight" [US] (2002), distribuído pela EMI
  16. Créditos adaptados do encarte de "Love at First Sight" [12"] (2002), distribuído pela EMI
  17. Heath, Chris. «Kylie Minogue - 'Love at First Sight». Dotmusic. Consultado em 12 de maio de 2020. Arquivado do original em 23 de março de 2003 
  18. Petridis, Alexis (28 de setembro de 2001). «You like it like this». The Guardian. Consultado em 12 de maio de 2020 
  19. Needham, Alex. «Kylie Minogue: Fever». NME. Consultado em 12 de maio de 2020 
  20. Hubbard, Michael (1 de outubro de 2001). «Kylie Minogue – Fever». MusicOMH. Consultado em 12 de maio de 2020 
  21. Waliszewski, Bob. «Fever». Plugged In. Consultado em 12 de maio de 2020 
  22. Leach, Cristín (11 de outubro de 2001). «Kylie Minogue - Fever». Raidió Teilifís Éireann. Consultado em 12 de maio de 2020 
  23. Adams, Cameron (18 de maio de 2018). «For her 50th birthday, we rank Kylie Minogue's 50 best songs». Herald Sun. Consultado em 10 de maio de 2020 
  24. Pometesey, Olive (30 de junho de 2019). «The best Kylie bangers to listen to before she headlines Glastonbury By Olive Pometsey». GQ. Consultado em 12 de maio de 2020 
  25. «The Top 500 Tracks of the 2000s: 500-201». Pitchfork. 17 de agosto de 2009. Consultado em 12 de maio de 2020. Arquivado do original em 27 de março de 2011 
  26. «Complete list of Grammy nominees; ceremony set for Feb. 23». San Francisco Chronicle. 8 de janeiro de 2003. p. 1. Consultado em 12 de maio de 2020 
  27. «Nominee list for the Ivor Novello Awards 2003». BBC. 22 de abril de 2003. Consultado em 12 de maio de 2020 
  28. a b c d Créditos adaptados do encarte de "Love at First Sight" [DVD] (2002), distribuído pela EMI
  29. a b c d «Kylie Minogue - Love at First Sight». Vevo. Consultado em 13 de maio de 2020 
  30. Conrad, Jeremy (11 de dezembro de 2002). «Kylie - Fever 2002 - Live in Manchester». IGN. Consultado em 10 de maio de 2020 
  31. «The Tonight Show with Jay Leno». The Tonight Show with Jay Leno (em inglês). 16 de julho de 2002. NBC 
  32. «Live! with Regis and Kelly». Live! with Regis and Kelly (em inglês). 16 de julho de 2002. WABC-TV 
  33. «Total Request Live». Total Request Live (em inglês). 17 de julho de 2002. MTV 
  34. «Last Call with Carson Daly». Last Call with Carson Daly (em inglês). 23 de julho de 2002. NBC 
  35. «Royal Variety Performance». Royal Variety Performance (em inglês). 15 de dezembro de 2002. BBC One 
  36. McLean, Craig (17 de novembro de 2003). «A real tour de force». The Daily Telegraph. Consultado em 10 de maio de 2020 
  37. «Kylie tells Parkinson about love, marriage and having children - at 35». BBC. 27 de fevereiro de 2004. Consultado em 11 de maio de 2020 
  38. Long, Chris (25 de abril de 2005). «Kylie at the MEN Arena - 10/10». BBC. Consultado em 11 de maio de 2020 
  39. Perry, Michael (17 de maio de 2005). «Cantora Kylie Minogue está com câncer de mama e adia turnê». UOL. Consultado em 11 de maio de 2020 
  40. «Kylie teams up with Bono in Australia». NME. 12 de novembro de 2006. Consultado em 11 de maio de 2020 
  41. Caprioli, Caio Henrique (9 de novembro de 2008). «Kylie Minogue realiza seu sonho e de muitos brasileiros em SP». Internet Group. Consultado em 11 de maio de 2020 
  42. Dugan, John (8 de outubro de 2009). «Kylie Minogue at UIC Pavilion: Live review and gallery». Time Out. Consultado em 26 de março de 2020. Arquivado do original em 14 de agosto de 2010 
  43. «Jonathan Ross welcomes Kylie Minogue to his Friday night show». BBC. 25 de junho de 2010. Consultado em 11 de maio de 2020 
  44. «Kylie Minogue In Frankie Morello – Starfloor Event». Red Carpet Fashion Awards. 25 de novembro de 2010. Consultado em 12 de maio de 2020 
  45. «Jools' Annual Hootenanny». Jools' Annual Hootenanny (em inglês). 31 de dezembro de 2010. BBC Two 
  46. Barnett, Robbie (2 de maio de 2011). «Kylie shines in two-hour extravaganza». Washington Blade. Consultado em 12 de maio de 2020 
  47. Cashmere, Pau (26 de abril de 2010). «Kylie Minogue Performs For iHeartRadio, Confirms Australian Tour». Noise11. Consultado em 12 de maio de 2020 
  48. «Kylie - Love at First Sight (live for Radio 2 In Concert)». BBC Radio 2. Consultado em 12 de maio de 2020 
  49. Daw, Robbie (30 de junho de 2014). «Kylie Minogue Mashes Up "Sexy Love" & "Love At First Sight" On 'The Voice' Australia: Watch». Idolator. Consultado em 12 de maio de 2020 
  50. Duncan, Amy (3 de agosto de 2014). «Kylie Minogue manages to save Commonwealth Games closing ceremony with spectacular seven-song set». Metro. Consultado em 11 de maio de 2020 
  51. Collins, Simon (15 de março de 2015). «Kylie's red-hot disco». The West Australian. Consultado em 30 de abril de 2020 
  52. Corner, Lewis (22 de junho de 2015). «Kylie live at Hyde Park review: Star proves her festival headline worth with ease». Digital Spy. Consultado em 2 de maio de 2020 
  53. Smith, Lydia (14 de dezembro de 2015). «In pictures: Kylie sparkles at her Royal Albert Hall debut show, A Kylie Christmas». Royal Albert Hall. Consultado em 12 de maio de 2020 
  54. Hubbard, Michael (14 de dezembro de 2016). «Kylie Minogue @ Royal Albert Hall, London». MusicOMH. Consultado em 5 de fevereiro de 2020 
  55. Lynch, Joe (26 de junho de 2018). «Kylie Minogue Performs Unreleased Dance Jam 'New York City,' Covers 'Islands In the Stream' at Stunning Gig». Billboard. Consultado em 5 de fevereiro de 2020 
  56. Toulson, Gemma (21 de setembro de 2018). «Golden performance by Kylie Minogue at the Motorpoint Arena in Nottingham». Nottingham Post. Consultado em 1 de fevereiro de 2020 
  57. Leszkiewicz, Anna (30 de junho de 2019). «Kylie Minogue at Glastonbury, review: Pop queen sometimes veers into self-parody during her Legends Slot». The Independent. Consultado em 30 de abril de 2020 
  58. Matusavage, Philip (29 de outubro de 2012). «Kylie Minogue: The Abbey Road Sessions review». MusicOMH. Consultado em 14 de maio de 2020 
  59. Langford, Jackson (13 de abril de 2020). «Watch Gretta Ray cover Kylie Minogue's 'Love At First Sight'». NME. Consultado em 14 de maio de 2020 
  60. «Love at First Sight - Single by Kylie Minogue» (em inglês). Apple Music. 28 de fevereiro de 2003. Consultado em 13 de maio de 2020 
  61. «Official Charts Flashback: Kylie Minogue vs. Elvis Presley for Number 1 in 2002». Official Charts Company. 18 de junho de 2020. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  62. «Kylie Minogue». Official Charts Company. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  63. a b «British single certifications – Kylie Minogue – Love At First Sight». British Phonographic Industry. Consultado em 18 de maio de 2020 
  64. «Kylie Minogue's Official Top 40 biggest selling songs». Official Charts Company. 25 de maio de 2018. Consultado em 14 de maio de 2020 
  65. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (GfK Entertainment Charts)» (em alemão). GfK Entertainment Charts. Consultado em 13 de maio de 2020 
  66. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (IFPI Finlândia)» (em inglês). IFPI Finlândia. Consultado em 13 de maio de 2020 
  67. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Hitlisten)» (em dinamarquês). Hitlisten. Consultado em 13 de maio de 2020 
  68. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Irish Recorded Music Association)» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 13 de maio de 2020 
  69. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Productores de Música de España)» (em inglês). Productores de Música de España. Consultado em 13 de maio de 2020 
  70. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Official Charts Company)» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 13 de maio de 2020 
  71. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (IFPI Grécia)» (em inglês). IFPI Grécia. Consultado em 13 de maio de 2020. Arquivado do original em 6 de outubro de 2002 
  72. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (ARIA Charts)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 13 de maio de 2020 
  73. a b «ARIA Charts - Accreditations - 2002 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 18 de maio de 2020 
  74. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Recorded Music NZ)» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 13 de maio de 2020 
  75. a b «New Zealand single certifications – Kylie Minogue – Love At First Sight». Recorded Music NZ. Consultado em 18 de maio de 2020 
  76. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Hot 100)». Billboard. Consultado em 13 de maio de 2020 
  77. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Dance Club Songs)». Billboard. Consultado em 13 de maio de 2020 
  78. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Pop Songs)». Billboard. Consultado em 13 de maio de 2020 
  79. a b Trust, Gary (4 de março de 2011). «Ask Billboard: Katy Perry, Kylie Minogue, Cee Lo Green». Billboard. Consultado em 18 de maio de 2020 
  80. a b «Kylie Minogue – Love at First Sight (Canadian Digital Song Sales)». Billboard (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2020 
  81. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Ö3 Austria Top 40)» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Consultado em 13 de maio de 2020 
  82. «Kylie Minogue – Love at First Sight (GfK Entertainment Charts)» (em neerlandês). Ultratop 50. Consultado em 13 de maio de 2020 
  83. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Ultratop 40)» (em francês). Ultratop 40. Consultado em 13 de maio de 2020 
  84. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Hot Latin Songs)». Billboard. Consultado em 13 de maio de 2020 
  85. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Rhythmic)». Billboard. Consultado em 13 de maio de 2020 
  86. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Tropical Songs)». Billboard. Consultado em 13 de maio de 2020 
  87. «Eurocharts Hot 100 Singles» (PDF). Londres. Music & Media (em inglês). 20 (27): 7. 29 de junho de 2002. OCLC 29800226. Consultado em 13 de maio de 2020 
  88. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Syndicat National de l'Édition Phonographique)» (em inglês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 13 de maio de 2020 
  89. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Rádiós Top 40)» (em húngaro). Mahasz. Consultado em 13 de maio de 2020. Arquivado do original em 27 de dezembro de 2012 
  90. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Rádiós Top 40)» (em húngaro). Mahasz. Consultado em 13 de maio de 2020. Arquivado do original em 27 de dezembro de 2012 
  91. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Federazione Industria Musicale Italiana)» (em inglês). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 13 de maio de 2020 
  92. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Single Top 100)» (em inglês). Single Top 100. Consultado em 13 de maio de 2020 
  93. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Związek Producentów Audio Video)» (em polaco). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 13 de maio de 2020. Cópia arquivada em 25 de outubro de 2007 
  94. «Kylie Minogue – Love at First Sight (UK Singles Chart)» (em inglês). UK Singles Chart. Consultado em 13 de maio de 2020 
  95. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Romanian Top 100)» (em romeno). Romanian Top 100. Consultado em 13 de maio de 2020. Arquivado do original em 27 de dezembro de 2004 
  96. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Sverigetopplistan)» (em inglês). Sverigetopplistan. Consultado em 13 de maio de 2020 
  97. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Schweizer Hitparade)» (em inglês). Schweizer Hitparade. Consultado em 13 de maio de 2020 
  98. «Kylie Minogue – Love at First Sight (ARIA Charts) [Year-end Chart]» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 13 de maio de 2020 
  99. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Dance Club Songs) [Year-end Chart]». Billboard (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2020 
  100. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Recorded Music NZ) [Year-end Chart]». Recorded Music NZ. Consultado em 13 de maio de 2020 
  101. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Official Charts Company) [Year-end Chart]». Official Charts Company. Consultado em 13 de maio de 2020 
  102. «Kylie Minogue – Love at First Sight (Schweizer Hitparade) [Year-end Chart]» (em alemão). Schweizer Hitparade. Consultado em 13 de maio de 2020