Loving the Alien

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Loving the Alien"
Single de David Bowie
do álbum Tonight
Lado B "Don't Look Down"
Lançamento Maio de 1985
Formato(s)
  • Vinil de sete polegadas
  • Vinil de doze polegadas
Gravação Le Studio, Morin-Heights, Quebec, Canadá. Maio de 1984.
Gênero(s)
Duração 7:11 (versão do álbum)

4:43 (versão do single)

Gravadora(s) EMI AmericaEA195
Composição David Bowie
Produção
Cronologia de singles de David Bowie
"This Is Not America"
(1985)
"Dancing in the Street"
(1985)

"Loving the Alien" é uma canção escrita e gravada pelo músico britânico David Bowie. A a canção é a faixa de abertura do álbum Tonight, de 1984. Sendo uma das duas únicas canções do álbum inteiramente escritas por Bowie, uma versão editada da faixa foi lançada como single em maio de 1985, nove meses após o lançamento do principal single do álbum, "Blue Jean", e oito meses após o lançamento do álbum em si. "Loving the Alien" chegou ao n°19 no UK Singles Chart. A canção explora o "intenso desgosto" de Bowie por religiões organizadas.[1] "Loving the Alien" inspirou o título da biografia de Bowie escrita por Christopher Sandford, publicada originalmente em 1997.[2]

Contexto[editar | editar código-fonte]

Como faixa demo, a canção foi simplesmente chamada "1". "'Alien' surgiu por causa do meu sentimento de que muito da história está errado - e muito é redescoberto todo o tempo - e nos baseamos muito no conhecimento falso que adquirimos."[3] Ele gravou a demo em Montreux, Suíça.[4] Posteriormente, ele comentou que a produção da canção desmantelou o poder da letra, dizendo que preferia a versão demo.[5] O videoclipe da canção foi dirigido por Bowie e pelo frequente colaborador David Mallet.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

David Buckley, biógrafo de Bowie, chamou a canção de "a única faixa do álbum com a dignidade dos seus trabalhos anteriores".[6] O jornalista Dylan Jones descreveu-a como "definitivamente a melhor faixa do álbum Tonight".[1] Yo Zushi, da New Statesman, descreveu a canção como "uma obra-prima de sete minutos".[7] Apesar da crítica a muito do trabalho de Bowie na década de 1980, em sua resenha da compilação Best of Bowie, o crítico Chris Jones afirmou: "'Loving the Alien' realmente tem uma estranha e bela distância [do resto do trabalho]. É como assistir a um balé com um telescópio."[8]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Vinil de sete polegadas: EMI America / EA 195 / EAP 195 (Reino Unido)[editar | editar código-fonte]

  1. "Loving the Alien" (Re-mixed version) (David Bowie) – 4:43
  2. "Don't Look Down" (Re-mixed version) (Iggy Pop, James Williamson) – 4:04

Vinil de doze polegadas: EMI America SEAV-7860 / 12EA 195 / 12EAP 195 (Reino Unido)[editar | editar código-fonte]

  1. "Loving the Alien" (Extended Dance Mix) (Bowie) – 7:27
  2. "Don't Look Down" (Extended Dance Mix) (Pop, Williamson) – 4:50
  3. "Loving the Alien" (Extended Dub Mix) (Bowie) – 7:14

Download: EMI / iEA 195 (Reino Unido)[editar | editar código-fonte]

  1. "Loving the Alien" (Re-mixed version) (Bowie) – 4:43
  2. "Don't Look Down" (Re-mixed version) (Pop, Williamson) – 4:04
  3. "Loving the Alien" (Extended Dance Mix) (Bowie) – 7:27
  4. "Loving the Alien" (Extended Dub Mix) (Bowie) – 7:14
  5. "Don't Look Down" (Extended Dance Mix) (Pop, Williamson) – 4:50
  • Lançado em 2007.

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

Bowie tocou a canção na Glass Spider Tour, em 1987.[5] Na Reality Tour, de 2003 e 2004, a canção também foi tocada, mas numa versão simplificada, com somente Bowie cantando e Gerry Leonard na guitarra. No filme da turnê, Bowie observou que este arranjo foi talvez "a forma como deveria ter sido sempre feito."[9]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Produção

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Loving the Alien: Never before seen pictures of David Bowie». Mail Online 
  2. Sandford, Christopher (5 de agosto de 2009). Bowie: Loving The Alien (em inglês). [S.l.]: Da Capo Press. ISBN 0786750960 
  3. Murray, Charles Shaar (25 October 1984), «Let's Talk, A Conversation with David Bowie», Rolling Stone magazine (433): 14, 18, 74  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Fricke, David (December 1984), «David Bowie Interview», Musician magazine (74): 46–56  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. a b Bromberg, Craig (Junho de 1990), "David Bowie (Interview)", Smart: 50–57
  6. Buckley, David (30 de maio de 2015). David Bowie: The Music and The Changes (em inglês). [S.l.]: Omnibus Press. ISBN 9781783236176 
  7. «In defence of "bad" Bowie: why his least acclaimed album is my favourite». www.newstatesman.com. Consultado em 8 de janeiro de 2017 
  8. Jones, Chris. «BBC - Music - Review of David Bowie - Best Of». Consultado em 8 de janeiro de 2017 
  9. David Bowie - A Reality Tour (DVD).