Luís Filipe, Príncipe Herdeiro da Bélgica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luís Filipe
Príncipe Herdeiro da Bélgica
Casa Saxe-Coburgo-Gota
Nome completo
Luís Filipe Leopoldo Vítor Ernesto
Nascimento 24 de julho de 1833
  Castelo Real de Laeken, Laeken, Bruxelas, Bélgica
Morte 16 de maio de 1834 (0 ano)
  Castelo Real de Laeken, Laeken, Bruxelas, Bélgica
Enterro Igreja de Notre Dame de Laeken, Bruxelas, Bélgica
Pai Leopoldo I da Bélgica
Mãe Luísa Maria de Orleães

Luís Filipe, Príncipe Herdeiro da Bélgica (Luís Filipe Leopoldo Vítor Ernesto; Laeken, 24 de julho de 1833 – Laeken, 16 de maio de 1834),[1] era o filho mais velho e herdeiro do rei Leopoldo I da Bélgica e de sua segunda esposa, a princesa Luísa Maria de Orleães.

Vida[editar | editar código-fonte]

Luís Filipe tornou-se príncipe herdeiro ao nascer em Laeken. O bebê foi batizado na Catedral de São Miguel e Santa Gudula, em Bruxelas, por Engelbert Sterckx, o Arcebispo de Malinas-Bruxelas. Ele foi nomeado em homenagem a seu avô materno, Luís Filipe I, Rei dos Franceses, seu pai e sua prima, a rainha Vitória. Ele foi apelidado de "Babochon".

Morte[editar | editar código-fonte]

Luís Filipe morreu em Laeken antes de seu primeiro aniversário após uma inflamação nas membranas mucosas. Ele foi enterrado na cripta real da Igreja de Notre Dame de Laeken.

Ao contrário dos herdeiros subsequentes aparentes ao trono belga, Luís Filipe não era Duque de Brabante; este título não foi criado para o herdeiro do trono até 1840. Ele foi sucedido como príncipe herdeiro após o nascimento de seu irmão mais novo, Leopoldo, que mais tarde sucederia seu pai como Leopoldo II da Bélgica.


Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Belgium, Paul Theroff
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.