Luís Filipe De Nadal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Luís Filipe de Nadal)
Ir para: navegação, pesquisa
Luís Filipe De Nadal
Bispo da Igreja Católica
3º Bispo de Uruguaiana
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 22 de outubro de 1939
Ordenação episcopal 29 de junho de 1955 por Cardeal Alfredo Vicente Scherer
Lema episcopal OBOEDIENS IN LAETITIA
obedientes na alegria
Dados pessoais
Nascimento BrasilGuaporé, 1 de maio de 1916
Morte BrasilPasso Fundo, 1 de julho de 1963 (47 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Luís Filipe De Nadal (Guaporé, 1 de maio de 1916Passo Fundo, 1 de julho de 1963) foi um bispo católico brasileiro.

Vida[editar | editar código-fonte]

Luís Felipe De Nadal nasceu em Guaporé, no Rio Grande do Sul, à época distrito de Muçum, hoje Linha Dom Luís Filipe. Seus pais eram Francisco De Nadal e Teresa Dendena; era o primogênito de treze irmãos.

Entrou no Seminário Central de São Leopoldo, em 1927, com 11 anos de idade, onde fez seus estudos de humanidade, filosofia e teologia. Foi ordenado sacerdote no dia 22 de outubro de 1939, pelo então Arcebispo de Porto Alegre, Dom João Becker e nomeado bispo dezesseis anos depois.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de maio de 1955 foi nomeado bispo para Diocese de Uruguaiana, pelo Papa Pio XII. Sua ordenação episcopal aconteceu no dia 29 de junho de 1955, escolhendo o lema: Oboediens In Laetitia. Foi sagrante Dom Vicente Scherer, arcebispo metropolitano de Porto Alegre e como bispos co-sagrantes, Dom Cláudio Colling, Bispo de Passo Fundo e Dom Antônio Zattera, Bispo de Pelotas.

Tomou posse na Diocese de Uruguaiana, no dia 15 de agosto do mesmo ano, da qual foi o terceiro bispo. A solenidade da posse canônica de Dom Luís Filipe De Nadal foi realizada pelo arcebispo metropolitano de Porto Alegre Dom Vicente Scherer, na Catedral de Uruguaiana.

Rádio[editar | editar código-fonte]

O rádio era sua grande paixão. Foi radioamador ativo e, em Porto Alegre, ainda sacerdote, criou e dirigiu vários programas na Rádio Difusora, como "Tio Valeriano", programa infantil, "Noturno da Fé", "Hora do Angelus" e "A Hora Católica" que informava tudo sobre a Igreja. Em Uruguaiana fundou a Rádio São Miguel, emissora da Diocese. Transmitiu diretamente do Vaticano as cerimônias de coroação do Papa João XXIII, fato inédito para a época.

Grande incentivador dos meios de comunicação social, também fundou a Sociedade Magistério no Ar-Somar, programa pioneiro de alfabetização de adultos.

Obras diocesanas[editar | editar código-fonte]

Dom Luís Filipe De Nadal concluiu o Seminário Diocesano Sagrado Coração de Jesus e criou a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Uruguaiana. A seu pedido, o Papa Pio XII declarou Nossa Senhora Conquistadora padroeira da Diocese de Uruguaiana, ao lado de São Miguel Arcanjo.

Tinha ainda grande preocupação pelas famílias e pela integração da evangelização com a cultura do povo.

Bispo gauchesco[editar | editar código-fonte]

Era poeta tradicionalista, autor de várias poesias e orações com termos gauchescos, membro do Movimento Tradicionalista Gaúcho e da Estância da Poesia Crioula, que é a Academia de Letras dos vates e prosadores nativistas gaúchos. Também é de sua autoria a Prece do Gaúcho.

Na cidade de Passo Fundo, numa iniciativa do tradicionalista Catarino Azevedo e um grupo de tradicionalista , em 7 de fevereiro de 1971, foi fundado o CTG "Dom Luís Filipe De Nadal". A justificativa do nome do Patrono do CTG estava no fato de ter sido ele o primeiro prelado a viver ativamente junto aos tradicionalistas, foi autor da Oração do Gaúcho.

Desastre aéreo[editar | editar código-fonte]

Faleceu com 47 anos de idade, 23 de sacerdócio e 8 de episcopado, em 1º de julho de 1963, num acidente aéreo, quando o DC3 da VARIG, prefixo PP-VBV, fazendo o voo 280, caiu no 1º Distrito de São João da Bela Vista, a 7,5 km de Passo Fundo, por volta das 18 horas, vitimando 11 pessoas.[1] Seus restos mortais estão sepultados na cripta da catedral de Uruguaiana.

Referências

  1. «Tragédia em Passo Fundo». Consultado em 27 de junho de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Dom José Newton de Almeida Baptista
Bispo de Uruguaiana
1955 - 1963
Sucedido por
Dom Augusto Petró
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.