Luísa Castel-Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Luísa Castelo Branco)
Ir para: navegação, pesquisa
Luísa Castel-Branco
Nome completo Maria Luísa Pires Pereira da Costa Caldeira Castel-Branco
Data de nascimento 12 de abril de 1954 (62 anos)
Local de nascimento Lisboa, Portugal
Nacionalidade Portugal portuguesa
Ocupação Jornalista, apresentadora e escritora
Magnum opus Luísa

Maria Luísa Pires Pereira da Costa Caldeira Castel-Branco (Lisboa, 12 de abril de 1954) é uma jornalista, apresentadora de televisão e escritora portuguesa.

Família[editar | editar código-fonte]

É filha de José Manuel Vieira Pereira da Costa (Leiria, Monte Real, 20 de Novembro de 1928[1] - c. 1979[2] ) e de sua mulher Olga Amélia Pires (Lisboa, Santa Isabel, c. 1930).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Co-fundadora da revista Máxima, onde se manteve mesmo depois de assumir a assessoria de imprensa do Ministério das Obras Públicas.[2] Em 1999, aceita o convite para fazer parte do projecto Canal Notícias de Lisboa (CNL) e começa a conduzir o programa Luísa. [2]

Na televisão apresentou o concurso Dinheiro à Vista (TVI) e, mais tarde, na RTP1 o programa diário Emoções Fortes e o concurso O Elo Mais Fraco. Depois de uma pausa, voltou aos programas em directo, com Noites Interactivas, no canal 21 da TVCabo.[2]

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Casou primeira vez em Lisboa, Santa Isabel, a 2 de Abril de 1979 com António Mendo Graça Caldeira de Castel-Branco (Oeiras, Oeiras e São Julião da Barra, 5 de Março de 1949), bisneto do 1.º Visconde de Alter do Chão e sobrinho-tetraneto do 1.º Barão de Brissos, de quem se divorciou, cerca de 1990[2] , e de quem tem dois filhos e uma filha:

  • António Mendo da Costa Caldeira Castel-Branco (Lisboa, São Sebastião da Pedreira, 15 de Janeiro de 1979), casado com Rita, pai de gémeos, que nasceram a 23 de Novembro de 2012.[3]
  • Gonçalo da Costa Caldeira de Castel-Branco (1980), empresário, tem uma filha de Maria Mafalda Gonçalves Guedes Cabral de Campos (Lisboa, São Jorge de Arroios, 2 de Junho de 1978), trineta do 2.º Conde da Foz e 1.º Marquês da Foz:
    • Maria Inês de Campos Caldeira de Castel-Branco (24 de Outubro de 2004)
  • Maria Inês da Costa Caldeira Castel-Branco (Lisboa, 25 de Fevereiro de 1982), que manteve uma relação com Filipe Luz de Albergaria Pinto Soares (2 de Abril de 1974), da qual nasceu um filho:
    • Simão Castel-Branco de Albergaria Pinto Soares (Lisboa, 11 de Outubro de 2010)[4]

Desde 1995, vive em união de facto com Francisco Colaço.[2]

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Estranho lugar para amar (2014);
  • Não desistas de mim (2013);
  • Diz-me só a verdade (2012);
  • Para ti (2010);
  • Nini e a sua amiga bolota (2010);
  • Não digas a ninguém (2009);
  • Alma e os mistérios da vida (2008)
  • Luísa (2001)

Referências

  1. [1]
  2. a b c d e f Castel-Branco, Luísa (16 de março de 2013). Alta Definição com Luísa Castel-Branco. Entrevista com Daniel Oliveira. Alta Definição. SIC. Carnaxide. 
  3. [2]
  4. [3]