Luísa Cruz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luísa Cruz
Nome completo Maria Luísa Paiva Figueiredo da Cruz
Nascimento 6 de março de 1962 (55 anos)
 Portugal
Ocupação Atriz
Outros prêmios
Globo de Ouro (2011)

Prémio Autores de 2012

Luísa Cruz Página oficial
IMDb: (inglês)

Maria Luísa Paiva Figueiredo da Cruz mais conhecida por Luísa Cruz[1] (6 de março de 1962) é uma actriz portuguesa.

Licenciou-se em Teatro, vertente de Formação de Atores, pela Escola Superior de Teatro e Cinema, profissionalizando-se como atriz em 1985.

Durante dez anos colaborou com o Teatro da Cornucópia onde, para além de Luís Miguel Cintra, trabalhou com encenadores como Rui Mendes, Adriano Luz, Christine Laurent, Stephan Stroux, Miguel Guilherme e José Wallenstein. Colaborou pela primeira vez com o Teatro Nacional S. João no espectáculo Para Chopin – Piano Forte, dirigido por Ricardo Pais e orientação musical de Pedro Burmester (1999), a que se seguiram A Ilusão Cómica, de Pierre Corneille (1999), Linha Curva, Linha Turva (1999), Barcas, de Gil Vicente (2000), A Castro, de António Ferreira, encenação de Ricardo Pais. Foi também dirigida por Giorgio B. Corsetti e António Pires. Integrou ainda o elenco de A Vida é Sonho (encenação de Luís Miguel Cintra/Teatro da Cornucópia) e Uma Cama entre Lentilhas (encenação de Jorge Pinto/Ensemble – Sociedade de Actores). No Teatro Nacional D. Maria II são de salientar as suas interpretações em: Orgia, de Pasolini (encenação de João Grosso) e em Medeia, de Eurípides (encenação de Fernanda Lapa).

No cinema participou em filmes de Fernando Matos Silva, Leão Lopes e Teresa Villaverde (Os Mutantes). Na televisão, integrou o elenco de séries e telenovelas, para além de ter participado regularmente em dobragens para filmes infantis.

Participou em várias óperas no Teatro Nacional de São Carlos. Nos seus mais recentes trabalhos contam-se as prestações em Sondai-me! Sondheim, espectáculo a partir de canções de Stephen Sondheim, dirigido por Ricardo Pais e João Henriques; Tudo Isto é Fado!, no qual cantou fado acompanhada ao piano por Jeff Cohen; Figurantes, de Jacinto Lucas Pires, encenação de Ricardo Pais.

Em Março de 2005, juntamente com o pianista Jeff Cohen lança o CD de fados Quando Lisboa Anoitece. Em 2004, no âmbito do programa Portogofone, Luísa Cruz e Jeff Cohen arriscaram um formato singular de fado acompanhado ao piano. Um surpreendente concerto fora de horas, que a editora francesa Long Distance Productions recuperou em formato disco. A escolha criteriosa do reportório permite, com ousada liberdade interpretativa, revisitar algumas das estações mais tradicionais e transgressivas da canção de Lisboa.

Em 1989, recebeu o Prémio Melhor Jovem Actriz atribuído pela revista O Actor e o Prémio de Actriz Revelação atribuído pelo semanário Se7e.

Em 2006 recebeu o Globo de Ouro (Melhor Actriz de Teatro - 2005).

Na TVI, participou em várias telenovelas, como: Doce Fugitiva em 2006 no papel da Irmã Benedita, Sentimentos em 2009 no papel de Margarida Coutinho, Espírito Indomável em 2012 no papel de Mariana Meireles (Mimi), Doida por Ti em 2012 no papel de Maria do Carmo Varela, Belmonte em 2013 no papel de Susana Marques e, mais recentemente, Santa Bárbara em 2015 no papel de Constança Viegas.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1988 Duarte e Companhia
1994 Fé, Esperança e Caridade Elisabete
1996 Sai da Minha Vida
1999 O Fura-Vidas
1999-00 Clube dos Campeões Diana Pombo
2000 Cruzamentos Teresa
2001 Segredo de Justiça
Elsa, Uma Mulher Assim Elsa
2001-02 A Senhora das Águas Mercês Costa Almeida Vargas das Neves
2003 Coração Malandro Delfina
2005 Mundo Meu Alice Elenco Principal
2006-07 Doce Fugitiva Irmã Benedita Elenco Principal
2007-08 Resistirei Glória Tavares
2008-09 Olhos nos Olhos Rute Santos Oliveira Elenco Principal
2009 A Vida Privada de Salazar
2009-10 Sentimentos Margarida Coutinho Elenco Principal
2010 Regresso a Sizalinda Clara
2010-11 Espírito Indomável Mariana Meireles Elenco Principal
2011 Liberdade 21 Antónia
Anjo Meu Concha Elenco Principal
2011-12 Morangos com Açúcar Dulce Machado Elenco Principal
2012-13 Doida por Ti Maria do Carmo Elenco Principal
2013-14 Belmonte Susana Marques Elenco Principal
2015 Os Nossos Dias Emília Castilho Antagonista
2015-16 Santa Bárbara Constança Benedita Monte Claro Viegas Elenco Principal
2016 Donos Disto Tudo Ela mesma Vários Papéis
Dentro Diretora Elenco Principal
2017 Rainha das Flores Anita Bacelar Elenco Adicional
2017-18 Espelho d'Água Sara Vidigal Antagonista

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Certidão de lista de associadas da Audiogest» (pdf). IGAC/Ministério da Cultura. 25 de julho de 2007. Consultado em 6 de Janeiro de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 24 de Dezembro de 2013