Luísa de Brandemburgo-Schwedt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luísa de Brandemburgo-Schwedt
Princesa de Brandemburgo-Schwedt
Luísa retratada como a deusa romana Diana, por Angelika Kauffmann.
Princesa consorte de Anhalt-Dessau
Reinado 25 de julho de 17671807
Antecessor(a) Gisela Inês de Anhalt-Köthen
Sucessor(a) Principado elevado à Ducado
Duquesa consorte de Anhalt-Dessau
Reinado 180721 de dezembro de 1811
Predecessor Novo título
Sucessor Frederica Guilhermina da Prússia
 
Cônjuge Leopoldo III de Anhalt-Dessau
Descendência Frederico de Anhalt-Dessau
Casa Hohenzollern (por nascimento)
Ascânia (por casamento)
Nascimento 24 de setembro de 1750
  Stolzenburg, Alemanha
Morte 21 de dezembro de 1811 (61 anos)
  Dessau, Saxônia-Anhalt, Alemanha
Pai Frederico Henrique de Brandemburgo-Schwedt
Mãe Leopoldina Maria de Anhalt-Dessau

Luísa Henriqueta Guilhermina de Brandemburgo-Schwedt (em alemão: Luise Henriette Wilhelmine; Stolzenburg, 24 de setembro de 1750Dessau, 21 de dezembro de 1811)[1] foi princesa de Brandemburgo-Schwedt por nascimento, e princesa e duquesa de Anhalt-Dessau pelo seu casamento com Leopoldo III de Anhalt-Dessau.

Família[editar | editar código-fonte]

Luísa era a segunda filha nascida do marquês Frederico Henrique de Brandemburgo-Schwedt e de Leopoldina Maria de Anhalt-Dessau. Seus avós paternos eram o marquês Filipe Guilherme de Brandemburgo-Schwedt e a princesa Joana Carlota de Anhalt-Dessau. Seus avós maternos eram o príncipe Leopoldo I de Anhalt-Dessau e Anna Louise Föhse.

Ela tinha uma única irmã mais velha, Frederica Carlota, a última abadessa-princesa da Abadia de Herford. A tia paterna delas, Isabel Albertina, tinha sido abadessa da mesma Abadia antes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 25 de julho de 1767, no Palácio de Charlottenburg, aos dezesseis anos de idade, Luísa casou-se com o seu primo, o príncipe Leopoldo III, de vinte e seis anos. Ele era filho de Leopoldo II de Anhalt-Dessau e de Gisela Inês de Anhalt-Köthen.

Pelo seu casamento foi princesa de Anhalt-Dessau até 1807, quando tornou-se duquesa a partir da ascensão do marido. Eles tiveram apenas um filho sobrevivente, o príncipe herdeiro Frederico.

Ela era considerada educada e bem letrada, com talento artístico, tendo sido a destinatária das Cartas de Auler de Leonhard Euler para uma Princesa Alemã. Era amiga de vários artistas, entre eles, Angelika Kauffmann. Luísa viajou para a Inglaterra em 1775, e mais tarde, visitou a Suíça e a Itália.

A duquesa faleceu em 21 de dezembro de 1811, aos 61 anos de idade. Leopoldo sobreviveu por mais alguns anos, até morrer em 9 de agosto de 1817, um dia antes de completar 77 anos de idade.

Apesar de não ter se casado novamente, Leopoldo teve vários filhos ilegítimos.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Luísa de Brandemburgo-Schwedt

Referências