Luca Guadagnino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luca Guadagnino
Em 2017, no Festival de Berlim
Nascimento agosto de 1971 (46 anos)
Palermo(a)
 Itália
Ocupação Diretor
Roteirista
Produtor
Atividade 1996-presente
IMDb: (inglês)

Luca Guadagnino (Palermo, Sicília, 1971) é um diretor, produtor e roteirista de cinema italiano.[1][2] Mais conhecido pelos filmes Io sono l'amore (2009), A Bigger Splash (2015) e Call Me By Your Name (2017).

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Diretor[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Documentário[editar | editar código-fonte]

  • Algerie (1996)
  • Tilda Swinton: The Love Factory (2002)
  • Lotus (2003)
  • Mundo civilizado (2003)
  • Arto Lindsay Perdoa a Beleza (The Love Factory Series) (2004)
  • Cuoco contadino (2004)
  • The Love Factory #3 Pippo Delbono - Bisogna morire (2008)
  • Inconscio italiano (2011)
  • Bertolucci on Bertolucci (2013)

Curta-metragem[editar | editar código-fonte]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

  • Asile's World (2000)
  • Vamos a bailar (esta vida nueva) (2000)
  • Luce (Tramonti a nord est) (2001)
  • Sconvolto così (2001)
  • Broken (2003)
  • Swan (2005)

Produtor[editar | editar código-fonte]

  • Delfinasia, de Asia Argento (2007)
  • Diarchy, de Ferdinando Cito Filomarino (2010)
  • The Landlords, de Edoardo Gabbriellini (2012)
  • Adele's Dream, de Marco Molinelli e Gianni Troilo (2013)
  • Belluscone. Una storia siciliana, de Franco Maresco (2013)
  • A Rose Reborn, de Ermenegildo Zegna (2014)
  • Antonia., de Ferdinando Cito Filomarino (2015)

Referências

Ligacões externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.