Lucas Alexandre Boiteux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lucas Alexandre Boiteux
Nascimento 23 de outubro de 1881
Nova Trento,
Santa Catarina,
Império do Brasil
Morte 16 de dezembro de 1966 (85 anos)
Rio de Janeiro,
Rio de Janeiro,
Brasil
Nacionalidade  Brasileira
Progenitores Mãe: Maria Carolina Jacques Boiteux
Pai: Henrique Carlos Boiteux
Parentesco (irmãos) Henrique Boiteux e José Artur Boiteux
Cônjuge Diamantina Demaria

Lucas Alexandre Boiteux (Nova Trento, 23 de outubro de 1881Rio de Janeiro, 16 de dezembro de 1966) foi um historiador brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do comerciante Henrique Carlos Boiteux e Maria Carolina Jacques Boiteux, irmão do almirante Henrique Boiteux e do patrono do ensino superior catarinense, José Artur Boiteux.

Foi membro da Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro, do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e da Academia Catarinense de Letras. Sócio-correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo.

Considerado o maior historiador naval brasileiro, produziu trabalhos sobre o tema a partir de 1908, até o ano de sua morte. Era também um apaixonado por seu estado natal, tendo desenhado o brasão de armas do estado e escrito diversas obras e inúmeros artigos a respeito de Santa Catarina. O destaque foi “Notas para a História Catarinense”, de 1912, que foi depois condensada didaticamente e adotada pelas escolas estaduais de Santa Catarina a partir de 1919, em sucessivas edições. 

Casou com Diamantina Demaria, deixando numerosa descendência[2]: Altair Demaria Boiteux, Bayard Demaria Boiteux, Colbert Demaria Boiteux, Nelson Demaria Boiteux, Norton Demaria Boiteux, Ruyter Demaria Boiteux, Solange Demaria Boiteux, Yan Demaria Boiteux[3], Yerusa Demaria Boiteux, Yolanda Demaria Boiteux e Yvone Demaria Boiteux.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Notas para a história Catharinense (1912)
  • A pequena história Catharinense (1920)
  • Historia de Santa Catharina (1930)
  • As façanhas de João das Botas (1935)
  • A toponomastica da costa Catharinense no século XVI (1937)
  • Poranduba Catarinense (1957)

Referências

  1. «Biografia». Consultado em 14 de setembro de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  2. «CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Lucas Alexandre Boiteux». www.cbg.org.br. Consultado em 23 de setembro de 2016. Arquivado do original em 7 de agosto de 2016 
  3. «Positivismo - Y M Boiteux». www.igrejapositivistabrasil.org.br. Consultado em 23 de setembro de 2016. Arquivado do original em 27 de agosto de 2016 


Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Manuel Joaquim de Almeida Coelho
(patrono)
Logo academia.gif ACL - fundador da cadeira 30
Sucedido por
Jaldyr Bhering Faustino da Silva


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.