Lucas Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lucas Dias
Informações pessoais
Nome completo Lucas Dias Silva
Data de nasc. 6 de julho de 1995 (23 anos)
Local de nasc. Bauru, São Paulo, Brasil
Altura 2,07 m
Informações no clube
Clube atual Paulistano
Número 9
Posição Ala-pivô
Clubes de juventude


2010–2012
GREB
Luso
Pinheiros
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2012–2016
2016–presente
Pinheiros
Paulistano

Lucas Dias Silva (Bauru, 6 de julho de 1995) é um jogador brasileiro de basquetebol. Atualmente defende o Sesi Franca no Novo Basquete Brasil.[1]

Início[editar | editar código-fonte]

Lucas começou no basquete aos oito anos, quando seu irmão o levou a um treino na escolinha GREB, em Bauru. Depois foi para a Associação Luso Brasileira de Bauru (SP) e, em 2010, foi jogar no Pinheiros, onde começaria como profissional.[2][3]

Aos 16 anos, foi eleito MVP do Jordan Brand Classic International.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Pinheiros (2012–2016)[editar | editar código-fonte]

Liga de Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Lucas disputou pela primeira vez a LDB em 2012. Lucas participou de 3 das 6 partidas disputadas pelo Pinheiros, que caiu na segunda fase do torneio. Na LDB 2013, teve pouca participação na fase de classificação, em função da sua participação no time adulto.[5] Participou integralmente, porém, da fase final, e ficou com o terceiro lugar.[6]

Na edição seguinte, Lucas disputou toda a LDB pelo sub-22 do Pinheiros, sendo o grande destaque da equipe e quebrando os recordes do torneio de pontos (44), de eficiência (55) e de arremessos de três pontos convertidos (9).[5] O time novamente cairia nas semi-finais para o invicto Basquete Cearense[7], dessa vez terminando o torneio na 4ª colocação.[8]

O título da Liga de Desenvolvimento seria finalmente conquistado na edição 2015. Na campanha, Lucas conseguiu seu primeiro triplo-duplo e quebrou de novo o recorde de pontos da liga, 51, batendo sua própria marca da temporada anterior. O Pinheiros chegou ao terceiro Final Four consecutivo, dessa vez vencendo o torneio. Lucas foi eleito o MVP de Final ao anotar 24 pontos e 10 rebotes. Também levou o prêmio de Jogador Mais Eficiente da competição.[9][10]

Time principal[editar | editar código-fonte]

Lucas foi incorporado ao time adulto durante o segunto turno do NBB 2011–12[3] e estreou em fevereiro de 2012, contra o Araraquara.[11] Entraria em quadra em somente mais 3 partidas da daquela edição do NBB.[1] Nas três temporadas seguintes, foi banco no Pinheiros, tendo médias inferiores a 15 minutos por jogo.[12]

A situação de Lucas no elenco do Pinheiros mudou na temporada 2014–15. O Pinheiros anunciou César Guidetti, que havia treinado Lucas na base do clube, como novo treinador da equipe adulta. Guidetti assumiu com a expectativa de dar mais espaço aos jogadores jovens[13], e tornou o ala-pivô titular.[4] Anotou na temporada seu primeiro duplo-duplo no NBB, em jogo contra o Paulistano.[14] Em março, disputou seu primeiro Jogo das Estrelas, como substituto de jogador lesionado.[15] Terminou o NBB com a oitava maior média de pontos do campeonato, sendo eleito o Destaque Jovem da temporada 2015–16.[16]

Paulistano (2016–presente)[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2016, Lucas assinou contrato com o Paulistano.[17]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temporada regular do NBB[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ MPJ 2P% 3P% LL% RT AS BR TO PPJ
2011–12 Pinheiros 4 4.1 .600 1.000 .500 1.0 .0 .8 .0 3.3
2012–13 Pinheiros 25 12.5 .545 .352 .667 1.9 .7 .3 .4 4.0
2013–14 Pinheiros 27 12.9 .614 .298 .686 2.1 .8 .6 .2 4.4
2014–15 Pinheiros 21 12.2 .538 .271 1.000 2.7 .5 .4 .2 4.5
2015–16 Pinheiros 27 31.0 .505 .431 .816 5.3 2.0 1.3 .4 15.5
Carreira 104 17.0 .530 .363 .774 3.0 1.0 .7 .3 7.2
Jogo das Estrelas 1 16.3 .800 .333 1.000 2.0 .0 .0 .0 12.0

Playoffs do NBB[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ MPJ FG% 3P% LL% RT AS BR TO PPJ
2013 Pinheiros 7 9.1 .667 .444 .500 1.4 .4 .1 .3 4.7
2014 Pinheiros 4 25.4 .583 .444 .667 4.5 1.5 .8 .5 10.0
2015 Pinheiros 2 1.5 .000 .000 .000 .0 .0 .0 .0 .0
2016 Pinheiros 9 34.3 .446 .426 .810 5.8 1.9 .6 .3 17.0
Carreira 22 21.7 .486 .433 .787 3.6 1.2 .4 .3 10.3

FIBA Liga das Américas[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ MPJ FG% 3P% LL% RT AS BR TO PPJ
2013 Pinheiros 4 14.3 .462 .429 .500 2.5 .5 .0 .5 4.0
2014 Pinheiros 6 6.8 .667 .750 .000 2.2 .7 .3 .0 2.5
Carreira 10 9.8 .545 .545 .250 2.3 .6 .2 .2 3.1

Referências

  1. a b Lucas Dias Silva LNB.com.br. Acessado em 1 de janeiro de 2016.
  2. Entrevista - Lucas Dias CBB.com.br. Acessado em 1 de janeiro de 2016.
  3. a b Revelação do Pinheiros, jovem Lucas Dias sonha, mas evita expectativas pra sua carreira Bala na Cesta - UOL. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  4. a b Com a 'cabeça boa', Lucas Dias está preparado para brilhar pelo Pinheiros O Dia. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  5. a b Destruidor LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  6. Bão demais, uai! LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  7. Anfitrião na decisão LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  8. Bronze inédito LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  9. Enfim, o título! LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  10. A LDB foi dele! LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  11. Isolado LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  12. A consolidação de Lucas Dias, cada vez mais pronto para o jogo adulto Bala na Cesta - UOL. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  13. Após trabalhar até de graça, César Guidetti enfrenta maior desafio Marcius Azevedo - Estadão. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  14. Sétima na conta! LNB.com.br. Acessado em 2 de janeiro de 2016.
  15. Substituições LNB.com.br. Acessado em 16 de julho de 2016.
  16. Dias de Lucas, dias de glórias LNB.com.br. Acessado em 16 de julho de 2016.
  17. Do outro lado LNB.com.br. Acessado em 16 de julho de 2016.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]