Lucio Malfoy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Lucius Malfoy
Lúcio Malfoy
Lucio Malfoy.jpg
Dados pessoais
Sexo Masculino
Nascimento 1954
Cabelo Loiro Platinado
Olhos Cinza e frios
Sangue Puro
Família Malfoy
Dados biográficos
Casa Blason Serpentard.svg Slytherin
Organizações as
quais pertence
Comensais da Morte, Clube do Slugue
Na série
Primeira aparição
em livro
Harry Potter e a Camâra Secretal
Primeira aparição
em filme
Harry Potter e a Câmara Secreta
Intérprete Jason Isaacs
Personagem da série Harry Potter

Lucius Malfoy (em Portugal) ou Lúcio Malfoy (na tradução brasileira) é um personagem da série literária Harry Potter. É mencionado pela primeira vez em Harry Potter e a Pedra Filosofal, mas no filme só aparece em Harry Potter e a Câmara Secreta. Ele é pai de Draco Malfoy antagonista da série que estuda em Hogwarts) e casado com Narcisa Malfoy. No quarto livro da série (Harry Potter e o Cálice de Fogo) Lúcio Malfoy é confirmado como Comensal da Morte. Lúcio Malfoy é interpretado nos filmes da série por Jason Isaacs, sendo dublado no Brasil por Hélio Ribeiro.

Historia[editar | editar código-fonte]

Lúcio Malfoy é um bruxo de personalidade arrogante com alto complexo de superioridade (percebe-se que este transmitiu tais valores para seu filho Draco) é filho de Abraxas Malfoy e mãe desconhecida. Nascido em 9 de Setembro de 1954, foi criado como um lorde para assumir o controle da cordial Família Malfoy. Desde pequeno, foi ensinado a ter ódio á trouxas e sangues-ruins, e a buscar sempre o maior poder possível. Foi para Hogwarts em 1965, sendo enviado para a casa Sonserina, tradição dos Malfoy. 

Em Hogwarts, conheceu Narcisa Black (com quem se casaria no futuro), Bellatrix Lestrange (sua futura cunhada). Foi Monitor da Casa Sonserina, e era um aluno muito influente na escola (por sua fortuna), além de inteligente, principalmente em Poções, Defesa Contra as Artes das Trevas e Feitiços.

Formou-se, porém não precisou de trabalhar: a fortuna e os bens que a família Malfoy possuem garantem que não necessitem de emprego. Casou-se com Narcisa Black (que após o casamento passou a se chamar Narcisa Malfoy), o grande e único amor de Lúcio em sua vida. Aliaram-se a Voldemort e sua causa no inicio de 1980, um ano após se casarem. 

Em Junho de 1980, nasceu o filho primogênito e único do casal: Draco Malfoy. Draco, tal como Lúcio, foi mimado educado pelos pais desde pequeno á ser "superior" aos outros, e a odiar trouxas e sangues-ruins. Também em 1980 nasceu Harry Potter, e neste ano ocorreu o famoso incidente do ricochete da maldição da morte lançada por Voldemort á Harry, contra ele mesmo. Com a queda do lorde das trevas, muitos comensais foram presos. Os Malfoy, porém, alegaram estar sob a maldição Imperius, e usaram de seu dinheiro e prestígio do mesmo modo, para livrar-se da prisão. Foram inocentados, e seu prestígio não foi abalado. Ele chegou, inclusive, a se tornar membro influente e ativo do Conselho Diretivo de Hogwarts.

Draco entrou em Hogwarts em 1991, junto de Harry Potter, Ronald Weasley, Hermione Granger, Neville Longbottom, dentre outros. Em seus tempos de escola, o filho de Lúcio usava do dinheiro e prestígio do pai para obter postos como Monitor da Sonserina e Apanhador do time de quadribol da casa. Porém, com o retorno de Voldemort em 1995, Lúcio e Narcisa foram obrigados á apoiá-lo mais uma vez. 

Em 1996, enquanto tentava recuperar a profecia de Potter para Voldemort, Lúcio Malfoy foi pego em flagrante por aurores e integrantes da Ordem da Fênix. Desta vez seu dinheiro e fama não serviram de nada, e como um mártir, foi condenado á prisão em Azkaban. Libertado do terrível local em 1997 pelo Lorde das Trevas, Lúcio já não era fiel á causa, e só continuou a servir Voldemort com medo de morrer caso o desobedecesse. 

Na Batalha de Hogwarts, em 1998, Lúcio e Narcisa não lutaram: passaram todo o tempo atrás do filho, que estava em algum lugar de Hogwarts. Quando Harry Potter se entregou á Voldemort e sofreu a maldição da Morte mais uma vez, Narcisa foi incumbida da tarefa de certificar se o garoto estava realmente morto. Mentiu, dizendo que ele estava, pois Harry a informou que seu filho estava vivo. Quando Harry voltou da suposta morte, os Malfoy pegaram Draco e fugiram dali, sem que Voldemort percebesse.

O Lorde das Trevas morreu, e pela ajuda de Narcisa e pela não-participação na Batalha, os Malfoy foram inocentados de todos os crimes que haviam cometido. Lúcio ainda viria a ganhar um neto algum tempo depois.

Árvore Genealógica[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre a série Harry Potter é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.