Lugalbanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Lugalbanda o pastor, é um rei semi-lendário da antiga Suméria, cujo reinado situa-se no terceiro milênio a.C. De acordo com a Lista de reis da Suméria, foi o segundo rei da cidade de Uruk (ou Unug), no atual Iraque, e seu reinado teria durado 1200 anos. Seu cognome, o pastor, também é encontrado na Lista.

Lugalbanda é personagem em vários épicos sumérios, conhecidos atualmente como Lugalbanda e a caverna da montanha, Lugalbanda e o senhor de Aratta, entre outros. No grande épico mesopotâmico Epopeia de Gilgamesh, Lugalbanda e a deusa Ninsuna são apresentados como pais do herói Gilgamesh. Na Lista, porém, Gilgamesh é filho de um "fantasma" de Kulaba. Na Epopeia há evidência de que Lugalbanda foi deificado, uma vez que Gilgamesh refere-se a ele como "divino".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Tradução ao inglês dos épicos sobre Lugalbanda [1]


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.