Luigi Picchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Luigi Picchi
Nascimento 8 de janeiro de 1922
Florença
Morte 30 de junho de 1986 (64 anos)
São Paulo
Ocupação Ator
IMDb: (inglês)

Luigi Picchi (Florença, 8 de janeiro de 1922São Paulo, 30 de junho de 1986) foi um ator ítalo-brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Na Itália, sua terra natal, Luigi cursou a Escola de Teatro de Ermete Zaconi e imigrou para o Brasil em 1950.

Logo ao chegar foi contratado para o papel principal do filme "Modelo 19", ao lado de Ilka Soares e conquistou o Prêmio Governador do Estado como melhor ator.

Durante as décadas de 50 e 60 ele foi um dos atores brasileiros mais premiados por filmes como "Mulheres e milhões", "Estranho encontro", "Na garganta do diabo" e "A ilha".

Ele também estrelou algumas co-produções internacionais e depois se dedicou mais à área de produção e distribuição.

Luigi morreu vítima de complicações pulmonares na manhã de uma segunda-feira[1], aos 64 anos.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dia 30 de junho foi uma segunda-feira, que ora corrigimos. Adriano Claudio Picchi
  2. Cinemateca Brasileira, A Ilha [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]