Luis Advíncula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luis Advíncula
Luis Advíncula
Advíncula pela Seleção Peruana na Copa do Mundo na Rússia.
Informações pessoais
Nome completo Luis Jan Piers Advíncula Castrillón
Data de nasc. 2 de março de 1990 (30 anos)
Local de nasc. Chincha Alta, Peru
Nacionalidade peruano
Altura 1,78 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Rayo Vallecano
Número 17
Posição Lateral-direito ou ala
Clubes de juventude
2005–2007
2007–2009
2009
Deportivo Wanka
Esther Grande de Bentín
Juan Aurich
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2010
2010–2012
2012–2013
2012
2013−2015
2013
2014
2014−2015
2015
2016
2017−
2017−2018
2018−2019
2019−
Juan Aurich
Sporting Cristal
Tavriya Simferopol
Sporting Cristal (emp.)
Hoffenheim
Ponte Preta (emp.)
Sporting Cristal (emp.)
Vitória de Setúbal (emp.)
Bursaspor
Newell's Old Boys (emp.)
Tigres
Lobos BUAP (emp.)
Rayo Vallecano (emp.)
Rayo Vallecano
0031 0000(1)
0089 0000(8)
0000 0000(0)
0021 0000(0)
0002 0000(0)
0006 0000(0)
0001 0000(0)
0033 0000(0)
0014 0000(0)
0030 0000(1)
0014 0000(0)
0028 0000(2)
0029 0000(1)
0002 0000(0)
Seleção nacional3
2009
2010–
Peru Sub-20
Peru
0002 0000(0)
0090 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 1 de setembro de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de novembro de 2019.

Luis Jan Piers Advíncula Castrillón, mais conhecido apenas como Luis Advíncula (Chincha Alta, 2 de março de 1990), é um futebolista peruano que atua como lateral-direito ou ala. Atualmente joga pelo Rayo Vallecano.[1]

Jogador de muita velocidade, Advíncula também é conhecido pelo seu apoio no ataque. Ele é irmão por parte de pai do também futebolista André Advíncula. Desde 2010 é presença constante nas convocações da seleção peruana, sendo o décimo jogador com mais partidas pela equipe nacional em toda a história.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Luis Advíncula nasceu no Hospital María Auxiliadora em 1990, e passou a infância no distrito de El Carmen em Chincha, cidade natal de seus pais: o ex-jogador Luis Advíncula e a cozinheira Felicia Castrillón. Viveu também em Lurín e em Chicmabamba, no distrito de San Martín de Porres.

Seu pai, que atuou como profissional em clubes como Deportivo Junín, Club Centro Deportivo Municipal, Coronel Bolognesi, Melgar y Atlético Torino, comandava em Lima um time chamado Los Leones de Chicmabamba, onde seu filho Luis era um dos jogadores que mais se destacavam, apesar da pouca idade.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Juan Aurich[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira nas categorias de base do Esther Grande de Bentín, se transferindo depois para o Juan Aurich, de Chiclayo, onde fez sua estreia como profissional no Campeonato Descentralizado 2009 no dia 21 de fevereiro, na segunda rodada, diante do Inti Gas, em Chiclayo. Foi pelo clube chiclayano que se tornou conhecido, disputando um total de 31 partidas e marcando apenas um gol pela liga nacional. Seu clube fez uma grande campanha, terminando na liderança da primeira etapa do Campeonato Descentralizado e em segundo lugar na subsequente liguilla A, ficando atrás apenas do Alianza Lima, mas se classificando à Copa Libertadores 2010.[3] Suas boas atuações na equipe do Norte peruano o levaram a ser contratado pelo Sporting Cristal em 2010.

Sporting Cristal[editar | editar código-fonte]

Atuando pelos rimenses, Advíncula despertou interesse de grandes equipes do futebol inglês, como Arsenal e Liverpool. [4] Em abril de 2012, quase assinou com o Houston Dynamo, dos Estados Unidos, mas o acordo não se completou até o fim da janela de transferências norte-americana. [5][6]

No dia 19 de julho, acerta um contrato de três anos com o Tavriya Simferopol da Premier-Liha ucraniana.[7] A equipe do leste europeu desembolsou 800 mil dólares por 85% do passe do lateral peruano.[8] A estadia de Advíncula na Ucrânia durou apenas um mês, já que o clube que o contratou já havia passado do limite de atletas estrangeiros permitidos na liga. Com isso, ele é emprestado ao Sporting Cristal.[9]

Hoffenheim[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2013, Advíncula fecha com o Hoffenheim até o meio de 2016. Fez sua estreia pelo time alemão no dia 26 do mesmo mês, jogando como titular na partida contra o Eintracht Frankfurt de Carlos Zambrano. O lateral foi substituído no intervalo da partida, na qual sua equipe perdeu por 2 a 1 pela 19ª rodada da Bundesliga.[10]

No dia 7 de fevereiro, Luis Advíncula sofre um acidente de carro na Alemanha, mas felizmente não teve danos severos, apenas lesões leves.[11]

Em 9 de março de 2013 faz sua segunda e última partida pelo time alemão, entrando no segundo tempo na vitória por 3 a 0 sobre o Greuther Furth pela 28ª rodada do Campeonato Alemão.

Ponte Preta[editar | editar código-fonte]

Sem espaço no Hoffenheim, Advíncula é cedido por empréstimo até o final de 2013 para a Ponte Preta. Indicado pelo então técnico Paulo César Carpegiani, o lateral peruano chegou com a expectativa de ser o titular no lado direito da Macaca após a saída de Cicinho para o Santos[12]. Sua estreia foi na derrota por 1 a 0 para o Nacional-AM pela Copa do Brasil. A passagem de Advíncula pelo futebol brasileiro foi decepcionante: se tornou apenas a terceira opção na lateral direita (atrás de Régis e Artur), entrou em campo apenas seis vezes (sendo apenas três como titular), foi afastado do elenco por ser considerado descompromissado [13], foi avaliado como "tecnicamente fraco" por Jorginho[14] e foi desligado do clube em 29 de outubro.[15]

Sporting Cristal (2ª passagem)[editar | editar código-fonte]

Após a passagem apagada em Campinas e sem chances no Hoffenheim, o jogador retorna por empréstimo de um ano ao clube no qual se destacou. Jogou a fase prévia da Libertadores, onde o Sporting Cristal é eliminado pelo Atlético Paranaense. Em meados de 2014, se transfere para o Vitória de Setúbal, de Portugal.

Vitória Setúbal[editar | editar código-fonte]

Na equipe portuguesa, se junta aos compatriotas Junior Ponce e Wilder Cartagena.[16] Fez sua estreia pelos sadinos atuando como titular no empate por 1 a 1 diante da Académica no dia 29 de agosto. Teve algumas atuações de destaque pelo Vitória, sendo escolhido entre os onze melhores da 10ª rodada da Primeira Liga e eleito o melhor jogador da partida contra o Marítimo, na qual deu assistência para o único gol da partida.[17]

Na partida de 11 de fevereiro contra o Benfica por la Copa da Liga, foi expulso ainda no primeiro tempo após cometer um pênalti.

Bursaspor[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2015, é contratado por três anos pelo Bursaspor junto ao Hoffenheim por 700 mil euros.[18] Fez sua estreia entrando no segundo tempo da Supercopa da Turquia contra o Galatasaray. [19]

Newell's Old Boys[editar | editar código-fonte]

Em 14 de janeiro de 2016, o peruano é emprestado por um ano ao Newell's Old Boys, com opção de compra de €1.500.000.[20] Advíncula virá xodó da torcida no clube argentino, tendo marcado seu primeiro gol no dia 17 de fevereiro contra o Racing Club de Avellaneda, dando também duas assistências na vitória dos leprosos.

Tigres[editar | editar código-fonte]

Sem acordo financeiro para sua permanência em Rosario, Advíncula é negociado por €560.000 com o Tigres, então campeão mexicano. No entanto, não consegue se firmar no time de Tuca Ferretti e deixa o clube após 14 jogos.

Lobos BUAP[editar | editar código-fonte]

Em 7 de junho, Advíncula é cedido por empréstimo ao recém-promovido Lobos Buap, onde teve algumas atuações de destaque. Marcou dois gols e deu duas assistências em 28 partidas pela equipe mexicana, o que despertou o interesse de clubes da Rússia, Turquia e Espanha, para onde acabou se transferindo.

Rayo Vallecano[editar | editar código-fonte]

Em 29 de julho de 2018, o veloz peruano chega ao Rayo Vallecano, cedido pelo Tigres por empréstimo com opção de compra. Atua em 29 jogos pelo Campeonato Espanhol, o que faz com que o Rayo Vallecano compre seus direitos em definitivo, pagando €3.000.000 aos mexicanos.

Mesmo com o rebaixamento, Advíncula segue na equipe madrilenha para a temporada 2019/20, sendo presença frequente no time titular durante a campanha do clube na segunda divisão espanhola.

Seleção Peruana[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Atuou em duas partidas no Sul-Americano Sub-20 de 2009, na Venezuela.

Seleção principal[editar | editar código-fonte]

Fez sua estreia pela seleção peruana em 4 de setembro de 2010, em um amistoso contra o Canadá. Foi convocado por Sergio Markarián para disputar a Copa América em 2011, na Argentina, atuando em cinco partidas. [21] Seu bom desempenho na campanha do terceiro lugar da seleção Peruana chamou a atenção de diversos clubes.

Com Ricardo Gareca, foi titular durante a Copa América de 2015 [22] e também na Copa do Mundo FIFA de 2018.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sporting Cristal
Tigres
Seleção Peruana

Referências

  1. «Perfil do jogador». oGol 
  2. correo.com ed.(2017) Selección peruana: Conoce la historia de Luis Advíncula
  3. Peru 2009
  4. «Sporting Cristal eager to sell Liverpool, Arsenal target Luis Advincula to Premier League club - Tribal Football» 
  5. «Peru fullback Luis Advincula still sees MLS as attractive option years after near move to Dynamo» (em inglês). 3 de setembro de 2015 
  6. PERÚ, Empresa Peruana de Servicios Editoriales S. A. EDITORA. «Dynamo bid for Peru's Luis Advincula falls short» (em espanhol) 
  7. Luis Advíncula firmó por tres años con el Tavriya Simferopol de Ucrania
  8. «Tavriya Simferopol de Ucrania pagará 800 mil dólares por Luis Advíncula» (em espanhol). 17 de julho de 2012 
  9. Advíncula regresó a Cristal "por un problema de cupo" en club de Ucrania
  10. «Frankfurt con Carlos Zambrano le ganó 2-1 al Hoffenheim de Luis Advíncula». depor.pe. 26 de enero de 2013. Consultado em 27 de enero de 2013. Cópia arquivada em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 🔗  Parâmetro desconhecido |fechaarchivo= ignorado (|arquivodata=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  11. Luis Advíncula sufrió un accidente en Alemania
  12. Campinas, Por Heitor Esmeriz; SP. «Ponte aposta em lateral da seleção peruana para substiuir Cicinho» 
  13. EsmerizCampinas, Por Heitor; SP. «Retrospectiva: estrangeiros marcam apostas frustradas da Ponte em 2013» 
  14. «Que pasó? Saiba a história por trás do fracasso de trio peruano na passagem pelo futebol brasileiro» 
  15. Resultados, AM4-A. Internet de. «Fernando, Ramirez, Advíncula e Brian Sarmiento deixam a Ponte Preta» 
  16. «Luis Advíncula fue presentado en el Vitória Setubal de Portugal.» 
  17. «Luis Advíncula integra el 11 ideal de la última fecha en Portugal.» 
  18. «Luis Advíncula fue presentado como nuevo jugador del Bursaspor turco.». Consultado em 1 de agosto de 2015 
  19. «Luis Advíncula debutó con Bursaspor ante Galatasaray por la Supercopa turca.». Consultado em 8 de agosto de 2015 
  20. «Luis Advíncula se convirtió oficialmente en nuevo jugador del Newell's Old Boys.» 
  21. «Salió la lista del 'Mago': Zambrano y Ramírez no van a la Copa América». Cópia arquivada em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 🔗  Parâmetro desconhecido |fechaarchivo= ignorado (|arquivodata=) sugerido (ajuda)
  22. depor.pe. «Selección Peruana: la lista de los 23 convocados para la Copa América 2015.». Consultado em 25 de mayo de 2015. Cópia arquivada em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 🔗  Parâmetro desconhecido |fechaarchivo= ignorado (|arquivodata=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]