Luis Fernández de Córdoba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros usos de Fernández de Córdoba, veja Fernández de Córdoba (desambiguação). Para outros usos de Luis Fernández, veja Luís Fernandes.
Luis Fernández de Córdoba.

Luis Fernández Córdoba (San Fernado, Cádiz, 2 de agosto de 1798Lisboa, 22 de abril de 1840) foi um militar e político espanhol.

De marcante tendência absolutista durante o reinado de Fernando VII, se sublevou contra o governo durante o Triênio Liberal, o que o obrigou, depois de fracassar, a fugir para a França.

Apoiou ao rei na reinstauração do absolutismo regressando à península com a expedição dos Cem mil filhos de São Luís, encabeçada pelo duque de Angulema, em 1823. Posteriormente foi embaixador da Espanha em Paris, Lisboa e Berlim.

Voltou à Espanha, com a morte do rei, para apoiar Isabel II durante a Primeira Guerra Carlista contra o pretendente Carlos María Isidro de Borbón, chegando a se Chefe do Exército do Norte. Apoiou o estabelecimento do Estatuto real de 1834.

Quando a regente María Cristina de Borbón se viu forçada a recuperar a Constituição Liberal Gaditana de 1812, tratou de organizar uma sublevação dos quartéis de Sevilha, mas fracassou, devendo fugir a Portugal em 1838, falecendo dois anos depois.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.