Luis Ramírez Zapata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luis Ramírez Zapata
Informações pessoais
Nome completo Luis Baltazar Ramírez Zapata
Data de nasc. 6 de janeiro de 1954 (63 anos)
Local de nasc. San Salvador, El Salvador
Altura 1,75 m
Apelido El Pelé
Informações profissionais
Equipa atual Aposentado
Posição Atacante
Clubes de juventude
1966–1968
1968–1969
1969–1971
El Salvador Córdova
El Salvador La Predilecta
El Salvador Dragón
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1971–1976
1977-1978
1978
1979
1979
1980-1992
1990
1992
El Salvador Águila
Costa Rica Cartaginés
México Puebla
El Salvador Alianza
Honduras Platense
El Salvador Águila
Estados Unidos Washington Diplomats (emp.)
El Salvador Atlético Marte
- (182)
- (11)





Seleção nacional
1971-1989 Flag of El Salvador.svg El Salvador 58 (17)
Times/Equipas que treinou
2007
2009
2010
El Salvador Águila
El Salvador Atlético Balboa
El Salvador ADI


Luis Baltazar Ramírez Zapata (San Salvador, 6 de janeiro de 1954) é um ex-futebolista e treinador de futebol salvadorenho que atuou na Copa do Mundo FIFA de 1982. É o autor do único gol de sua seleção em mundiais.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Em clubes, Ramírez destacou-se atuando pelo Águila, onde foi revelado em 1971, jogando até 1976, e uma segunda passagem, que durou entre 1980 e 1992. Defendeu ainda Cartaginés (1977-78), Puebla (1978), Alianza (1979), Platense (1979) e uma curta passagem pelo Washington Diplomats, em 1990.

Regressou a seu país natal em 1992, aos 38 anos, para encerrar a carreira no Atlético Marte.

Seleção Salvadorenha[editar | editar código-fonte]

Com a camisa da Seleção de El Salvador, Ramírez estreou com apenas 17 anos, um ano após a fraca participação dos "Cuscatlecos" na Copa de 1970.

Na segunda Copa disputada pelos salvadorenhos, em 1982, o atacante era, ao lado de Mágico González, um dos poucos destaques da equipe, que caiu na primeira fase. O ponto mais baixo foi a goleada por 10 a 1 sofrida contra a Hungria. Porém, Ramírez entrou para a história do futebol salvadorenho ao marcar, aos 19 minutos do segundo tempo, quando os magiares já venciam por 5 a 0, após passe de Norberto Huezo. O atacante comemorou bastante o gol, único de seu país em uma Copa, e tornou-se ídolo do futebol local.[1]

A última partida de Ramírez pelos Cuscatlecos foi em agosto de 1989, pelas eliminatórias da Copa de 1990, contra Trinidad e Tobago. Marcou 17 gols em 58 partidas disputadas.

Carreira como técnico[editar | editar código-fonte]

Depois de encerrar a carreira, "El Pelé" (apelido de Ramírez) ficou 15 anos sem trabalhar no futebol, voltando à ativa em 2007, como técnico do Águila. Treinou ainda Atlético Balboa (2009) e ADI (2010).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Elenco de El Salvador na Copa de 1982». Consultado em 16 de fevereiro de 2016