Luiz Antonio Aguiar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Luiz Antonio Farah de Aguiar (Rio de Janeiro, 11 de fevereiro de 1955) é um escritor e roteirista de quadrinhos brasileiro. Aguiar é mestre em literatura brasileira pela PUC-RJ, tendo escrito vários livros e pesquisas sobre Machado de Assis, além de ter escrito diversos livros infantojuvenis indicados como altamente recomendáveis pela FNLIJ e livros de bolso de faroeste com o pseudônimo Buck Gordon. como roteirista de quadrinhos produziu histórias de quadrinhos Disney,[1] He-Man and the Masters of the Universe[2] e A Era dos Halley da Editora Abril, para essa última também fez roteiros de uma tira de jornal publicada no jornal O Globo[3] Mestre Kim da Bloch Editores,[4] Futebol e Raça da Cedibra,[5] adaptou a novela O Alienista de Machado de Assis e o romance Triste Fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto para a coleção Clássicos Brasileiros em HQ da Editora Ática, ambas com desenhos de Cesar Lobo , ecreveu um gatilho para o livro Senhora de José de Alencar chamado Coraçoes Partidos .[6][7]


Em 1989, ganhou o Prêmio Angelo Agostini como "melhor roteirista" e, em 1994, ganhou o 36.º Prêmio Jabuti na categoria "Livro infantil" com o livro Confidências de um pai pedindo arrego.[8][9][10][11]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.