Luiza Nazareth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luiza Nazareth
Nascimento 10 de dezembro de 1894
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileira
Morte 3 de novembro de 1989 (94 anos)
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro  Rio de Janeiro
Ocupação Atriz
Atividade 1906 - 1975
Cônjuge João Carvalho (viúva)
Guilherme Cantanheda
IMDb: (inglês)

Luiza Nazareth (Rio de Janeiro, 10 de dezembro de 1894, Rio de Janeiro, 03 de novembro de 1989) foi uma atriz brasileira de teatro, rádio, cinema e televisão. Era mãe das também atrizes Zilka Salaberry[1], Lourdes Mayer e Alair Nazareth.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Luiza Nazareth nasceu na cidade do Rio de Janeiro a 10 de dezembro de 1894, filha dos também atores Cândido Nazareth e da espanhola Ângela Dias, sendo que os seus avós também eram artistas. Luiza estreou artisticamente em 20 de janeiro de 1906, indo de encontro a relutância de sua mãe, na peça A Caixinha de Pandora para arrecadar fundos para ela e sua família conseguirem viajar. No ano seguinte participou de A Capital Federal, de Artur de Azevedo, interpretando Finoca. Em 1910, juntamente com seus pais e outros atores como Lucília Peres e outros participou de uma excursão pelo Maranhão, Pará e Recife.

No teatro participou do elenco de companhias consagradas como as de Itália Fausta, Lucília Peres e Artur Azevedo, Renato Vianna, Procópio Ferreira, Jaime Costa, Delorges Caminha e Olga Navarro dentre outras.[2]

Casou-se em primeiras núpcias com João Carvalho (1887 - 1918), pai de Zilka Salaberry e depois casou-se com Guilherme Cantanheda, pai de Lourdes Mayer e Alair Nazareth. Era sobrinha de Ernesto Nazareth.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1964 Sangue na Madrugada [3]
1939 Onde Estás Felicidade? Tia Clodomira "Clodô"[4]

Referências

  1. «Zilka Salaberry - Trajetória». Memória Globo. Consultado em 26 de março de 2018 
  2. Nassif, Luis (16 de julho de 2009). «Entrevista com Luiza Nazareth (Parte I)». BlogIn. Consultado em 26 de março de 2018 
  3. «Sangue na Madrugada». Cinemateca Brasileira. Consultado em 26 de março de 2018 
  4. «Onde Estás Felicidade?». Cinemateca Brasileira. Consultado em 26 de março de 2018