Luiziânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Luiziana.
Município de Luiziânia
Bandeira de Luiziânia
Brasão de Luiziânia
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 18 de fevereiro de 1959
Gentílico luizianense
Localização
Localização de Luiziânia
Localização de Luiziânia em São Paulo
Luiziânia está localizado em: Brasil
Luiziânia
Localização de Luiziânia no Brasil
21° 40' 33" S 50° 19' 37" O21° 40' 33" S 50° 19' 37" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Araçatuba IBGE/2008[1]
Microrregião Birigui IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Getulina, Alto Alegre, Braúna, Clementina, Santópolis do Aguapeí, Arco-Íris (São Paulo), Queiroz
Distância até a capital 515 km
Características geográficas
Área 167,008 km² [2]
População 5 030 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 30,12 hab./km²
Altitude 426 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,762 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 46 347,253 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 157,73 IBGE/2008[5]
Página oficial

Luiziânia[nota 1] é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º40'33" sul e a uma longitude 50º19'36" oeste, estando a uma altitude de 426 metros. Sua população estimada em 2012 é de 5.145 habitantes. Possui uma área de 167,0 km².

História[editar | editar código-fonte]

O município de Luiziânia, foi o resultado de um empreendimento imobiliário da empresa COIMBRA BUENO & CIA LTDA, no ano de 1941, que fez um loteamento denominado "Luiziânia", nome este que foi inspirado em uma das propriedades loteadas e que mais tarde daria o nome ao Município de Luiziânia.

O desenvolvimento urbano compreendia cerca de 3 mil lotes em um plano de urbanismo tecnicamente estudado de acordo com modernos preceitos de engenharia, observados pontos de tráfego, largas avenidas, ruas, praças e espaços livres.

O empreendimento se justificava devido ao local, que era situada em meio a rodovias importantes que seriam construídas na época, como a construção de uma rodovia federal que ligava o Norte ao Sul do país, cortando aquela área territorial.

Desta forma, foi iniciado o empreendimento privado a fim de construir uma cidade. O sítio onde foi implantada a futura cidade era localizado no Distrito de Braúna, que pertencia ao município de Glicério, Comarca de Penápolis, Estado de São Paulo.

O local da construção de Luiziânia teve seus primeiros habitantes com os novos bandeirantes, trazendo desenvolvimento e desbravando do local, que chegaram e encontraram uma imensa mata e terras férteis para a exploração e plantio.

O Sr. José Manzati, instalou a primeira olaria, e a firma COIMBRA BUENO uma serraria para a exploração de madeira de Lei.

Em 1941, houve a colocação da pedra fundamental da capela de São Luiz Gonzaga, e em 1945, foi instituída uma comissão pró-construção da nova e ampla Igreja de São Luiz Gonzaga, que até hoje, é uma das construções mais importantes da cidade.

Em 1° de agosto de 1945, foi criado o Distrito de Luiziânia, com a nomeação e posse do Sr. Agenor Cardoso Franco, como oficial de registro civil e tabelionato, por Lei.

Até 1953, Luiziânia pertenceu ao Município de Glicério. Após este ano, Luiziânia passou a pertencer ao município de Braúna por força da Lei 2.456. Braúna também pertencia a Glicério, mas se emancipou elevando a condição de município.

Em 18 de fevereiro de 1959, foi criado o município de Luiziânia, sendo instalada a cidade em 1° de janeiro de 1960, tendo como primeiro prefeito empossado o Sr. José Manzati.

Assim ficou:

PRIMEIRO PREFEITO:- Itamar Manzati

PRIMEIRO VICE/PREFEITO:- Mario Frota Escobar

PRIMEIRA CÂMARA MUNICIPAL:

- Josias Bezerra Silva (Presidente)

- Antônio Tertuliano de Brito

- Pedro Alves de Luna

- Pedro Nicolau do Carmo

- Pedro Caetano da Silva

- Alcides Rosa de Oliveira

- Armando Garcia Marchi

- Sidnei Bittencourt

- Dionisio Cervigni

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População total: 4.274

  • Urbana: 3.705
  • Rural: 569
  • Homens: 2.142
  • Mulheres: 2.132

Densidade demográfica (hab./km²): 25,59

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 12,58

Expectativa de vida (anos): 73,08

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,65

Taxa de alfabetização: 82,85%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,762

  • IDH-M Renda: 0,664
  • IDH-M Longevidade: 0,801
  • IDH-M Educação: 0,820

Dados do Censo - 2010

População total: 5.030

  • Urbana: 4.611
  • Rural: 419
  • Homens: 2.612
  • Mulheres: 2.418

(Fonte: IPEADATA)

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • SP-419 - Rodovia Raul Forchero Casasco

Administração[editar | editar código-fonte]


Notas

  1. Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Luisiana. Seu nome é em homenagem ao santo padroeiro da cidade, São Luís Gonzaga, a quem foi erguida uma capela em 1941.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]