Luke Babbitt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luke Babbitt
Luke Babbitt (30303258314).jpg
Informações pessoais
Nome completo Luke Robert Babbitt
Data de nasc. 20 de junho de 1989 (30 anos)
Local de nasc. Cincinnati, Estados Unidos
Altura 6 ft 9 in (2.06 m)
Peso 225 lb (102 kg)
Informações no clube
Clube atual Sem clube
Posição Ala-pivô
Clubes de juventude
2008–2010 Estados Unidos Nevada
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2010-2013
2010-2012
2013-2014
2014-2016
2016-2017
2017–2018
2018
Estados Unidos Portland Trail Blazers
Estados UnidosIdaho Stampede
Rússia Nizhny Novgorod
Estados Unidos New Orleans Pelicans
Estados Unidos Miami Heat
Estados Unidos Atlanta Hawks
Estados Unidos Miami Heat
126 (482)
17 (344)
18 (239)
137 (753)
68 (324)
37 (226)
13 (33)

Luke Babbitt (Cincinnati, 20 de junho de 1989) é um jogador norte-americano de basquete profissional.[1]

Ele jogou basquete universitário na Universidade de Nevada e foi selecionado pelo Minnesota Timberwolves com 16° escolha geral no Draft da NBA de 2010 e foi trocado para o Portland Trail Blazers. Além dos Blazers, ele jogou pelo New Orleans Pelicans, Miami Heat, Atlanta Hawks e Miami Heat da NBA, pelo Idaho Stampede da G-League e pelo Nizhny Novgorod da VTB United League.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Babbitt nasceu em Cincinnati, Ohio. Aos nove anos de idade, sua família se mudou para Reno, Nevada.

Babbitt frequentou a Galena High School, onde foi duas vezes eleito o Jogador do Estado do Ano pela Gatorade. Em seu terceiro ano, ele obteve uma média de 27,8 pontos e 9,5 rebotes por jogo, enquanto liderava Galena ao título estadual.

Babbitt terminou sua carreira no ensino médio com 2.941 pontos, o que quebrou o recorde de 2.616 pontos de Armon Johnson, no estado de Nevada.

Considerado um recruta de quatro estrelas pela Rivals.com, Babbitt foi listado como o 12° melhor Ala-pivô e o 31° melhor jogador do país em 2008.[2]

Carreira na faculdade[editar | editar código-fonte]

Depois de se comprometer verbalmente com a Universidade Estadual de Ohio, Babbitt desistiu e decidiu frequentar a Universidade de Nevada.[3]

Em seu primeiro jogo, Babbitt registrou um duplo-duplo de 20 pontos e 12 rebotes contra Montana. Durante essa temporada, ele teve uma média de 16,9 pontos, 7.4 rebotes e 1.4 assistências.[4]

Em sua segunda temporada, Babbitt liderou a equipe com 21,9 pontos por jogo.[5] Ele marcou 33 pontos nas semifinais do torneio Western Athletic Conference em 13 de março de 2010 contra Novo México.[6] Apesar de perder o jogo e acabar com suas esperanças de ir ao Torneio da NCAA, Nevada foi convidado para o NIT, onde perdeu na segunda rodada para a Universidade de Rhode Island.[7]

Em 20 de abril de 2010, Babbitt contratou um agente e se declarou o Draft da NBA.[8]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Portland Trail Blazers (2010–2013)[editar | editar código-fonte]

Babbitt em 2011 com o Portland Trail Blazers.

Babbitt foi selecionado pelo Minnesota Timberwolves com 16° escolha geral no Draft da NBA de 2010.[9] Ele foi posteriormente negociado, juntamente com Ryan Gomes, para o Portland Trail Blazers em troca de Martell Webster.[10]

Em 8 de dezembro de 2010, Babbitt foi designado para o Idaho Stampede da G-League. Dentro todas as suas passagens, ele jogou em 17 jogos e teve médias de 20.2 pontos, 7.6 rebotes e 1.8 assistências.[11]

Em suas três temporadas em Portland, ele jogou em 126 jogos e teve médias de 3.8 pontos e 2.1 rebotes.

Nizhny Novgorod (2013-2014)[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2013, Babbitt assinou com Nizhny Novgorod da Rússia para a temporada de 2013-14. Em janeiro de 2014, ele deixou a Rússia em circunstâncias controversas.[12]

New Orleans Pelicans (2014–2016)[editar | editar código-fonte]

Em 4 de fevereiro de 2014, Babbitt assinou com o New Orleans Pelicans.[13] Em 20 de julho de 2015, ele renovou seu contrato com os Pelicans.[14]

Em suas três temporadas em New Orleans, ele jogou em 137 jogos e teve médias de 5.5 pontos e 2.5 rebotes.

Miami Heat e Atlanta Hawks (2016–2018)[editar | editar código-fonte]

Em 10 de julho de 2016, Babbitt foi negociado com o Miami Heat em troca de uma escolha de segunda rodada de 2018.[15]

Ele assinou com o Atlanta Hawks em 9 de agosto de 2017,[16] antes de ser negociado de volta ao Heat em 8 de fevereiro de 2018 em troca de Okaro White.[17]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ PPG
2010–11 Portland 24 0 5.7 .273 .188 .333 1.3 .3 .1 .1 1.5
2011–12 Portland 40 4 13.4 .410 .430 .850 2.4 .4 .3 .1 5.1
2012–13 Portland 62 0 11.8 .368 .348 .769 2.2 .5 .2 .1 3.9
2013–14 New Orleans 27 2 17.5 .390 .379 .778 3.3 1.1 .3 .4 6.3
2014–15 New Orleans 63 19 13.2 .479 .513 .684 1.8 .4 .3 .2 4.1
2015–16 New Orleans 47 13 18.0 .422 .404 .780 3.1 1.1 .2 .1 7.0
2016–17 Miami 68 55 15.7 .402 .414 .733 2.1 .5 .3 .2 4.8
2017–18 Atlanta 37 9 15.4 .476 .441 .773 2.2 .7 .2 .1 6.1
2017–18 Miami 13 5 11.2 .234 .244 .000 1.2 .4 .1 .2 2.5
Carreira 381 107 14.0 .408 .402 .747 2.2 .6 .2 .2 4.8

Universitário[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ PPG
2008–09 Nevada 34 34 32.6 .456 .429 .864 7.4 1.4 .7 .7 16.9
2009–10 Nevada 34 34 37.1 .500 .416 .917 8.9 2.1 1.0 .8 21.9
Carreira 68 68 34.9 .480 .421 .893 8.1 1.8 .9 .8 19.4

Fonte:[18][19]

Referências

  1. «Luke Babbitt». NBA Stats (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  2. «Luke Babbitt, 2008 Power forward - Rivals.com». n.rivals.com. Consultado em 21 de outubro de 2019 
  3. «Sports Carson City Nevada» (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  4. «2008-09 Season Summary». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  5. «2009-10 Season Summary». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  6. «New Mexico State vs. Nevada - Game Recap - March 13, 2010 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  7. «Nevada vs. Rhode Island - Game Recap - March 22, 2010 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  8. «Nevada forward Babbitt leaving for NBA draft». ESPN.com (em inglês). 20 de abril de 2010. Consultado em 21 de outubro de 2019 
  9. «2010 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  10. «Minnesota Acquires Martell Webster from Portland». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  11. «Luke Babbitt G-League Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  12. «Luke Babbitt breaks contract with Nizhny. Russian team won't sign his letter of clearance». web.archive.org. 18 de maio de 2014. Consultado em 21 de outubro de 2019 
  13. «Pelicans Sign Babbitt». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  14. «Pelicans Re-Sign Luke Babbitt». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  15. «HEAT Acquire Luke Babbitt». Miami Heat (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  16. «Atlanta Hawks Sign Luke Babbitt». Atlanta Hawks (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  17. «HEAT Acquire Luke Babbitt». Miami Heat (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  18. «Luke Babbitt Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019 
  19. «Luke Babbitt College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2019