Luleå

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Suécia Luleå

Luleå
Luleju
Julevu
Luulaja

 
  Cidade  
Rua Storgatan
Rua Storgatan
Símbolos
Brasão de armas de Luleå
Brasão de armas
Localização
Luleå está localizado em: Suécia
Luleå
Localização de Luleå
Coordenadas 65° 36' N 22° 09' E
Região Norlândia
Província Norrbotten
Condado Norrbotten
Comuna Luleå
História
Fundação 1649
Características geográficas
Área total 28,6 km²
População total (2018) 48 584 hab.
Densidade 1 698,7 hab./km²

Luleå (em sueco: Luleå; pronúncia /ˈlʉ̌ːlɛ/; Nuvola apps arts.svg ouça a pronúncia), Lulea (por ocasional adaptação tipográfica), Luleju (em lapão) ou Lula (em latim: Lula [1]) é a maior cidade da província da Norrbotten.[2] Está na comuna de Luleå, no condado de Norrbotten, do qual é capital.[3][4][5] Está localizada numa península da margem esquerda do Lule, perto da sua desembocadura no golfo de Bótnia. De acordo com o censo de 2018, tinha 48 584 habitantes.[6][7] Possui 28,6 quilômetros quadrados.[8][2]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O nome Luleå provém do rio Lule (em sueco: Luleälven), em que Lule designa o rio e älven significa "o rio". O vocábulo Luleå é por sua vez composto por Luleå (rio), significando "a cidade junto ao Lule".[9]

Em textos em português costuma ser usada a forma original Luleå, ocasionalmente transliterada para Lulea, por adaptação tipográfica, [10] [11]

História[editar | editar código-fonte]

Na Idade Média, havia um mercado, porto e igreja em Gammelstad. Em 1621, Luleå recebeu "título de cidade", concedido pelo rei Gustavo II, estando então localizada em redor da igreja de Gammelstad. Em 1649, foi deslocada uns 10 quilômetros ao sítio atual, onde dispõe de porto mais adequado às suas necessidades comerciais. Em 1716, foi devastada pelos Russos. Em 1856, ascendeu a capital do condado de Norrbotten, sucedendo Piteå. Em 1867, foi vítima de enorme incêndio que destruiu boa parte da cidade. A sua reconstrução acelerou o desenvolvimento da urbe, tendo havido então grandes avanços, sobretudo a partir da década de 1890.[12][13][14]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade de Luleå é atravessada por duas estradas europeias – a E4 e a E10. A férrea Linha do Minério liga Luleå a Narvique, na Noruega, servindo para transporte do ferro das minas de Quiruna e Malmberget. Seu porto está aberto metade do ano, e é importante porta de exportação de minério de ferro e produtos de madeira. O aeroporto de Luleå está em Kallax, a 7 quilômetros do centro da cidade.[5][15][16]

Economia[editar | editar código-fonte]

Luleå é a mais importante cidade comercial, industrial e marítima do norte do país. Além da exportação de produtos florestais, minério de ferro e produtos de aço, por ferrovia e pelo porto, a localidade dispõe de indústria siderúrgica, metalo-mecânica, de eletrônica e de computadores. A multinacional Facebook estabeleceu em Luleå o seu centro de dados europeu. Os maiores locais de trabalho são a Siderurgia SSAB, a Universidade Técnica de Luleå e a fábrica de material de transporte da Scania. A cidade alberga uma sede da empresa mineira LKAB, da empresa sueca de hambúrgueres Max Hamburgerrestauranger e da empresa de energia Vattenfall Vattenkraft AB.[13][15][17][18][19]

Educação[editar | editar código-fonte]

Património turístico[editar | editar código-fonte]

Geminações[editar | editar código-fonte]

A cidade de Luleå está geminada com as seguintes cidades:[22]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Parte antiga de Luleå ca. 1700
Parte nova de Luleå ca. 1700

Referências

  1. NKFC 2018.
  2. a b Stålnacke 2000, p. 18.
  3. Wahlberg 2003, p. 198.
  4. Sellers 2018.
  5. a b Editores 1998.
  6. Instituto Nacional de Estatística da Suécia 2018.
  7. Ernby 2001, p. 367-368.
  8. City Population 2018.
  9. Wahlberg 2003, p. 208.
  10. Elizabeth Saad Corrêa e Daniela Bertocchi. «O ALGORITMO CURADOR -O papel do comunicador num cenário de curadoriaalgorítmica de informação». Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. Consultado em 16 de fevereiro de 2020. ... e um mestrado em Curadoria Digital na Universidade de Luleå, na Suécia.. 
  11. «Facebook anuncia central no Círculo Polar Ártico». Isto É. Consultado em 16 de fevereiro de 2020. A central deve se situar em Lulea, que fica a 100 km ao sul do Círculo Polar Ártico. 
  12. Thaning 1983, p. 383.
  13. a b Miranda 2007, p. 587.
  14. Ernby 2001, p. 761.
  15. a b Enciclopédia Norstedts 2008, p. 761.
  16. Mæhlum 2017.
  17. SSAB 2018.
  18. EF 2018.
  19. Abril Branded 2016.
  20. LTU 2019.
  21. Lulea 2018.
  22. Lulea 2019.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Editores (1998). «Luleå» (em inglês). Enciclopédia Britânica Online 
  • Ernby, Birgitta; Gellerstam, Martin; Malmgren, Sven-Göran; Axelsson, Per; Fehrm, Thomas (2001). «Luleå». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 767. ISBN 91-7227-186-8 
  • Sellers, David (2018). «Luleå». Enciclopédia Nacional Sueca (em sueco). Gotemburgo: Universidade de Gotemburgo 
  • Stålnacke, Anna Lena (2000). «Korta fakta». Norrbotten (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. 24 páginas. ISBN 912750753X 
  • Wahlberg, Mats (2003). «Piteå». Svenskt ortnamnslexikon (Dicionário das localidades suecas) (em sueco). Upsália: Språk- och folkminnesinstitutet e Institutionen för nordiska språk vid Uppsala universitet. ISBN 91-7229-020-X 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Luleå
  • Luleå, publ. Nordisk Familjebok (1912) (em sueco)