Lumière Empresa Cinematográfica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre uma rede exibidora goianiense. Para a distribuidora carioca, veja Lumière Brasil.
Cinemas Lumière
Razão social Lumière Empresa Cinematografica Eireli - ME
Micro empresa
Slogan A vida fica melhor com arte
Atividade Cinematográfica
Fundação 1995 (24 anos)
Sede Rua 9, n° 1855, Setor Marista, Goiânia Goiás GO  Brasil
Área(s) servida(s) Alagoas, Goiás, Paraná, São Paulo e Tocantins
Presidente Gerson Santos (proprietário)
Pessoas-chave Kamila Ferreira (Gerente de Programação) e Kellen Miranda (Gerente Comercial)[1]
Produtos Exibição de produções cinematográficas
Subsidiárias Doze complexos de cinemas, perfazendo 48 salas
Website oficial www.cinemaslumiere.com.br

A Lumière Cinemas é uma empresa brasileira, que atua no ramo da exibição cinematográfica, com sede na cidade de Goiânia. Está presente em nove cidades de cinco unidades da federação localizadas em todas as regiões do país e seu parque exibidor é composto por doze complexos e 48 salas, média de 4,0 salas por complexo. Suas 7 983 poltronas perfazem uma média de 166,31 assentos por sala[2].

História[editar | editar código-fonte]

A primeira experiência dos fundadores do Lumière foi com o cineclube Porta Aberta, que promoveu sessões em praças e escolas de Brasília durante quatro anos. Tais sessões eram chamadas de "Sessões Lumière", em homenagem aos criadores do cinema[3]. Depois desse período, foi aberto um complexo de cinema em Valparaíso de Goiás, com duas salas. Mais tarde vieram os complexos em cidades como Anápolis e Rio Verde.

Na capital goiana, o primeiro complexo a ser inaugurado foi no Shopping Bougainville, em 2001, sendo que contava inicialmente com duas salas. Neste mesmo complexo deram início à mostras internacionais de cinema, que já atraíram um público de 58 000 pessoas. Outro destaque da rede é a exibição frequente de produções do cinema independente, na sessão conhecida como Cine Cult[4]. Em 2010, ocupou o 19º lugar no ranking de exibidores da Ancine [5].

A rede também participa de outras mostras de filmes de arte, como o Festival Varilux de Cinema Francês[6] e também produz seus próprios festivais, como a mostra "O Amor, a Morte e as Paixões"[7], criada em 2001[8] com a curadoria do professor de cinema Lisandro Nogueira, da Universidade Federal de Goiás e teve sua nona edição em fevereiro de 2016[9][10]. Segundo a direção da empresa, há mesmo o propósito de oportunizar ao espectador o cinema europeu e o nacional.[11]

Ampliação e modernização[editar | editar código-fonte]

A rede também é signatária do termo de compromisso firmado entre a ANCINE e as empresas distribuidoras e exibidoras em dezembro de 2014[12], que tem o objetivo de limitar o número de cópias dos mega lançamentos nos cinemas, que reduziam as opções do público e comprometiam a diversidade dos títulos. Por esse acordo, complexos de duas a quatro salas somente podem disponibilizar o mesmo filme no máximo em duas salas[13].

No tocante ao processo de digitalização (quando os antigos projetores de 35mm são trocados por equipamentos digitais), a empresa havia atingido 28,3% em março de 2015, conforme relatório do portal especializado em mercado de cinema Filme B[14]. Ao final de 2015, a rede alçou o 16º lugar entre os maiores exibidores por número de salas no país, tendo digitalizado 100% de suas salas, de acordo com o Observatório do Cinema e Audiovisual da ANCINE.[15]

Seu presidente é o empresário carioca radicado em Goiânia Gerson Santos da Silva, fundador da empresa[16].

Público[editar | editar código-fonte]

Abaixo a tabela de público e sua evolução de 2008 a 2018, considerando o somatório de todas as suas salas a cada ano. A variação mencionada se refere à comparação com os números do ano imediatamente anterior. Os dados foram extraídos do banco de dados Box Office do portal de cinema Filme B,[17][18] à exceção dos números de 2014 e 2015, que se originam do Data Base Brasil.[19] Já os dados de 2016 em diante procedem do relatório "Informe Anual Distribuição em Salas Detalhado", do Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual (OCA) da ANCINE.[20]

Mesmo sofrendo uma redução nos anos de 2013 à 2015, a empresa obteve um crescimento de 358,74% entre 2008 e 2016 , média anual de 44,84%, graças a implantação de novos complexos, sendo que o ano 2016 representou uma recuperação expressiva, interrompendo a curva descendente dos três anos anteriores. Entretanto, na Lumière não pode fazer frente à forte retração do publico brasileiro nos anos de 2017 e 2018, sofrendo expressiva perda na bilheteria da ordem de 46,29%.[21] [22]

Ano Público

total

Ranking

no país

Market

Share

Variação
2008 327 550 28º 0,38% ano-base
2009 497 988 28º 0,44% Aumento52,03
2010 714 004 25º 0,53% Aumento43,38%
2011 1 109 491 20º 0,78% Aumento55,39%
2012 1 497 943 19º 1,01% Aumento1,78%
2013 1 353 014 18º 0,89% Baixa9,68%
2014 1 324 572 20º 0,84% Baixa2,10%
2015 1 097 572 20º 0,64% Baixa17,30%
2016 1 502 604 22º 0,82% Aumento36,89%
2017 1 198 369 22º 0,67% Baixa20,25%
2018 1 027 108 22º 0,64% Baixa14,29%

Complexos[editar | editar código-fonte]

Alagoas Alagoas[editar | editar código-fonte]

Maceió

Lumière Shopping Farol

  • Inauguração: ano de 1998
  • Explorada pelo Grupo Severiano Ribeiro até 22 de agosto de 2010
  • Reabertura pela Lumiére em 8 de outubro de 2010[23]
  • Capacidade: duas salas totalizando 368 lugares, sendo a Sala 1 3D e a Sala 2 convencional, com a seguinte lotação:
Sala 1: 184 Sala 2: 184

Goiás Goiás[editar | editar código-fonte]

Goiânia

Lumière Araguaia Shopping

  • Inauguração: instalado no Araguaia Shopping em dezembro de 2003
  • Capacidade: cinco salas totalizando 715 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 93 Sala 2: 163 Sala 3: 93 Sala 4: 93
Sala 5: 93

Lumière Shopping Bougainville

Entrada e bilheteria do Lumière Cinemas do Shopping Bougainville de Goiânia
  • Inauguração: instalado no Shopping Bougainville em 2001, com duas salas
  • Ampliação: ganha mais três salas em março de 2007
  • Capacidade: cinco salas totalizando 909 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 233 Sala 2: 216 Sala 3: 120 Sala 4: 213
Sala 5: 127

Lumière Portal Shopping

  • Inauguração: instalado no Portal Norte Shopping em 2006
  • Capacidade: três salas totalizando 645 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 233 Sala 2: 234 Sala 3: 178

Lumière Banana Shopping

Bilheteria do Lumière Cinemas do Banana Shopping de Goiânia
  • Inauguração: maio de 2006, no Banana Shopping, sendo nomeado Première Banana Shopping
  • Mudança de nome: passa a se chamar Lumière Banana em 2012
  • Capacidade: cinco salas totalizando 986 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 224 Sala 2: 186 Sala 3: 168 Sala 4: 204
Sala 5: 204
Aparecida de Goiânia

Lumière Portal Shopping Sul

Entrada do Lumière Cinemas do Portal Shopping Sul de Aparecida de Goiânia
  • Inauguração: 3 de dezembro de 2010
  • Capacidade: quatro salas totalizando 600 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 150 Sala 2: 150 Sala 3: 150 Sala 4: 150
Catalão

Lumière Rodo Shopping

  • Inauguração: 28 de agosto de 2009[24]
  • Capacidade: três salas totalizando 420 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 171 Sala 2: 150 Sala 3: 178
Luziânia

Lumière Luziânia Shopping

  • Inauguração: 28 de agosto de 2009[25]
  • Capacidade: três salas totalizando 350 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 118 Sala 2: 98 Sala 3: 134

Paraná Paraná[editar | editar código-fonte]

Londrina

Lumière Royal Plaza Shopping

Escada rolante de acesso ao Lumière Cinemas instalado no Royal Plaza Shopping de Londrina
  • Inauguração: 16 de junho de 2011[26]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 850 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 184 Sala 2: 154 Sala 3: 151 Sala 4: 168
Sala 5: 193
Ponta Grossa

Lumière Shopping Total

  • Inauguração: 13 de maio de 2011[27]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 850 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 174 Sala 2: 215 Sala 3: 157 Sala 4: 255
Sala 5: 171

São Paulo São Paulo[editar | editar código-fonte]

Catanduva

Lumière Garden Catanduva Shopping

  • Inauguração: janeiro de 2010[28]
  • Capacidade: três salas totalizando 545 lugares, sendo a Sala 3 3D e as demais convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 215 Sala 2: 150 Sala 3: 180

Tocantins Tocantins[editar | editar código-fonte]

Palmas

Lumière Palmas Shopping

Cinemas Lumière instalado no Palmas Shopping
  • Inauguração: 11 de maio de 2012[29]
  • Capacidade: cinco salas totalizando 724 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 164 Sala 2: 140 Sala 3: 144 Sala 4: 125
Sala 5: 151

Próximas inaugurações[editar | editar código-fonte]

Goiás Goiás[editar | editar código-fonte]

Goiânia

Lumière Centro Cultural

  • A ser inaugurado no Centro Cultural Oscar Niemeyer[30]
  • Capacidade: previsão de duas salas VIPs

Lumière Golden Shopping

  • A inaugurar no Golden Shopping[31]
  • Capacidade: previsão de cinco salas

Lumière América Shopping

  • A inaugurar no América Shopping[32]
  • Capacidade: previsão de cinco salas

Referências

  1. «Cinemas Lumière - Comercial». Consultado em 3 de outubro de 2016. Arquivado do original em 5 de outubro de 2016 
  2. «Consulta - Salas de Exibição Cadastradas (para uso no Sadis Detalhado)». ANCINE - Agência Nacional do Cinema. 9 de junho de 2017. Consultado em 10 de junho de 2017 
  3. «Lumière Cinemas». História do Cinema Brasileiro. Consultado em 31 de julho de 2015 
  4. «Quem Somos – Cinemas Lumière». Consultado em 31 de julho de 2015 
  5. Ranking de exibidores no país - 2010. Agência Nacional do Cinema
  6. «Parceiros - Festival Varilux de Cinema Francês 2015». Festival Varilux de Cinema Francês 2015. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  7. «Lumière encerra 8ª Mostra O Amor, a Morte e as Paixões com recorde de público e consagração no cenário cultural de Goiás». revistastile.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  8. «Goiânia recebe a Mostra O Amor, a Morte e as Paixões «  ACIEG — Associação Comercial Industrial e de Serviços do Estado de Goiás». acieg.com.br. Consultado em 3 de outubro de 2016. Arquivado do original em 5 de outubro de 2016 
  9. Amarante, Maicon. «Mostra "O Amor, a Morte e as Paixões" exibe 90 filmes em Goiânia». Blitz Rock Gyn. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  10. «Mostra de cinema 'O Amor, a Morte e as Paixões' traz 117 filmes a Goiânia». 3 de fevereiro de 2016. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  11. «PG ganha novo cinema». diariodoscampos.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  12. Agência Nacional do Cinema (Dezembro de 2014). «TERMO DE COMPROMISSO» (PDF). ANCINE. Consultado em 22 de agosto de 2015 
  13. «Exibidores e distribuidores assinam compromisso para limitar megalançamentos e oferecer maior diversidade de títulos». Consultado em 23 de agosto de 2015 
  14. «Filme B - Revista» (PDF). Maio de 2015. Consultado em 7 de novembro de 2015 
  15. «Ranking das Empresas Exibidoras - 2015» (PDF). Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual – OCA. ANCINE. Janeiro de 2016. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  16. «Cinemas Lumière — 8ª Mostra de Cinema». www.cinemaslumiere.com.br. Consultado em 31 de julho de 2015 
  17. «Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil». www.filmeb.com.br. Consultado em 19 de setembro de 2015 
  18. «Identificação - Box Office Brasil». www.filmebboxofficebrasil.com. Consultado em 17 de outubro de 2015 
  19. «Ranking exibidores 2014 (por público) - top 50». Database Brasil 2015. Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil. 31 de janeiro de 2015. Consultado em 24 de novembro de 2016 
  20. «Cinema | Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual». oca.ancine.gov.br. Consultado em 16 de novembro de 2017 
  21. «Público nas salas de cinema do Brasil cai pelo segundo ano consecutivo». Revista Fórum. 5 de fevereiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  22. «Público nas salas de cinema diminui em 2018 – Meio & Mensagem». Consultado em 2 de junho de 2019 
  23. «Salas do Cine Farol serão reabertas no próximo dia oito de outubro». TNH1. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  24. «Salas de cinema - Catalão Notícias». www.portalcatalao.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  25. «Salas de cinema - Catalão Notícias». www.portalcatalao.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  26. «Royal Plaza inaugura salas de cinema na próxima quinta - Folha de Londrina - O Jornal do Paraná - Brasil». Folha de Londrina 
  27. «PG ganha novo cinema». Diário dos Campos. 13 de maio de 2011. Consultado em 7 de novembro de 2015 
  28. «Salas de cinema do Garden estão em funcionamento em Catanduva». Alvani. Portal K. 4 de janeiro de 2010. Consultado em 18 de junho de 2017 
  29. «COM CINCO SALAS DE CINEMA, LUMIÈRE INAUGURA NESTA SEXTA NO PALMAS SHOPPING E OFERECE PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO». Conexão Lagoa. 10 de maio de 2012. Consultado em 7 de novembro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  30. Queiroz, Renato. «Sem data para inauguração, cinema vip já tem nome». Jornal O Popular. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  31. «Golden Shopping». www.goldenshopping.com.br. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  32. «Depoimentos - América Shopping». www.americashoppingcenter.com.br. Consultado em 3 de outubro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lumière Empresa Cinematográfica