Lun tien thuen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Pequeno histórico do estilo:

O estilo Lun Tien Thuen Kung Fu, é uma modalidade de arte marcial chinesa, que literalmente significa “Dragão do poço” (ou Punho do Dragão do Poço).

O estilo não é somente um simples esporte, ou um jogo de movimentos exuberantes e graciosos, ou uma autodefesa, é muito mais do que isso. Do início ao fim de cada aula, o aluno é envolvido harmoniosamente na beleza plena das artes marciais chinesas. Uma filosofia oriental que transforma a disciplina e o equilíbrio mental em formas de viver melhor.

Através de muito trabalho, treinos árduos, estudos e pesquisas diversas por dois mestres humildes e simples, um chinês e um brasileiro, de grande potencial e conhecimento, juntaram suas essências nas artes marciais e fundaram o Estilo “Lun-Tien Thuen”.

O brasileiro Henrique de Souza Gonçalves, com intuito de instruir, conduzir, abrir os olhos das pessoas para um caminho melhor, ensinar a dominar o mal e fazer o bem, amar o próximo como a si mesmo, introduziu a técnica de apostolar os alunos através da prática dos exercícios, dando ênfase ao fortalecimento do espírito que é um dos objetivos do estilo.

Henrique de Souza Gonçalves, um habilidoso artista marcial com princípios bíblicos, que resolveu aprimorar suas habilidades marciais com um simples humilde chinês, Mestre Chen Hwa Tong. Seu primeiro contato com ele foi em 1979 quando passou a ter aulas de Kung Fu em grupo, em uma das academias do mestre, onde ensinava estilos diferentes dos quais havia treinado. Em 1980, ambos passaram a ser: “mestre e discípulo” – isto é, o discípulo Henrique passou a ter aulas particulares diretamente do mestre, recebendo ensinamentos das novas técnicas que estavam sendo desenvolvidas em prol de um moderno Kung Fu, o “Lun-Tien Thuen”.

O estilo que abrange diversas técnicas, tanto do sul como do norte. É um estilo que trabalha as duas linhas, interna e externa, os métodos são aplicados na preparação física, mental e espiritual, os tau lo (formas) foram desenvolvidos com lutas de longa e curta distância, assim, os dui da (lutas combinadas) também. Nas formas e nas lutas combinadas faz-se uso das mãos vazias e com armas. O estilo abrange diversas armas chinesas, as tradicionais e as especiais. Aplica-se também a luta de chão com pegadas, projeções, arremessos, traves, torções, imobilizações e autodefesa.

Durante a prática do aprendizado no estilo Lun-Tien Thuen, aplica-se sete regras básicas: disciplina, respeito, educação, desenvolvimento filantrópico, força física, técnica e espiritual.

Em 1982, o mestre Chen Hwa Tong confia ao seu discípulo do Rio de Janeiro, instrutor Gonçalves parte dos movimentos e o autoriza a propagar o estilo para que não se perdesse com o tempo. Em 1987 O mestre confere ao seu discípulo o grau de professor. Em 1988, já na cidade de Duque de Caxias- RJ, o mestre se faz presente examinando os alunos e dando o grau de instrutor para três bons alunos, e no ano seguinte o mestre retorna a examinar os alunos e mais três bons alunos recebem o grau de instrutor, e no mesmo ano o professor Henrique de Souza Gonçalves, recebe o título de mestre (Shi Fu). Hoje, atualmente o mestre Chen se encontra aposentado das atividades, vivendo em Taipe-Taiwan/China.

Fundador do estilo: Chen Hwa Tong - (Grão-Mestre)

Discípulo direto: Henrique de Souza Gonçalves - (Grão-Mestre Gonçalves)