Lupionópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Lupionópolis
Bandeira de Lupionópolis
Brasão de Lupionópolis
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 11 de maio
Fundação 27 de janeiro de 1951 (67 anos)
Gentílico lupionópolense
Lema Trabalho e justiça
Prefeito(a) Jose Antonio Geronimo (PDT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Lupionópolis
Localização de Lupionópolis no Paraná
Lupionópolis está localizado em: Brasil
Lupionópolis
Localização de Lupionópolis no Brasil
22° 45' 18" S 51° 39' 25" O22° 45' 18" S 51° 39' 25" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Norte Central Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Astorga IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Londrina
Municípios limítrofes Norte: estado de São Paulo; Sul: Cafeara; Oeste: Santo Inácio; Leste: Centenário do Sul
Distância até a capital 475[2] km
Características geográficas
Área 121,067 km² [3]
População 4 592 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 37,93 hab./km²
Altitude 350 m
Clima SubTropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,723 elevado PNUD/2000 [5]
PIB R$ 48 172,746 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 10 655,33 IBGE/2008[6]

Lupionópolis é um município brasileiro do estado do Paraná. Sua população, conforme dados do IBGE de 2010, era de 4.592 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Lupionópolis tem como marco inicial de sua história a cessão de uma gleba de terras requeridas pela Empresa Imobiliária “ANIS ABBUDI & CIA LTDA”, a qual imediatamente mediu e demarcaram a área em lotes e sítios, formando assim o patrimônio de um plano preestabelecido de colonização e povoamento.

No dia 27 de janeiro de 1951, através da Lei Estadual n° 613 foi criado o município de Lupionópolis, cujo nome de origem em homenagem ao então Governador do Estado do Paraná, Moysés Lupion. A 14 de dezembro de 1952, procedeu à instalação oficial do município, sendo o primeiro prefeito municipal Ibraim Abbud Neto, bem como empossados os demais membros da Câmara de Vereadores.

As vendas de terras teve um planejamento onde os sítios, assim como a zona urbana, foram limitados, loteados e vendidos, seguindo-se o padrão de colonização inglesa que se estabelecera no Norte do Paraná, nas décadas precedentes. A população de Lupionópolis cresceu rapidamente, havendo dedicação às atividades agrícolas, principalmente a cultura do café que favoreceu o desenvolvimento municipal.

Etnias[editar | editar código-fonte]

A população é composta por descendentes de italianos, espanhóis, portugueses, libaneses e japoneses, mineiros e nordestinos, assim como paulistas, vindos da região da Alta Sorocabana.

Economia[editar | editar código-fonte]

A erradicação dos cafezais, somada a outros fatores, contribuiu, e muito, para que os produtores deixassem a zona rural, nos períodos da década de 1970-1980. Outros fatores, como a mecanização da agricultura e a modificação fundiária (tamanho dos sítios e fazendas) fez com que a população rural de 6.409 habitantes (censo 1960) para 767 (censo 2000).

Também na zona urbana ocorreram transformações, principalmente nas relações comerciais, afinal o pequeno centro urbano, que servia como provedor dos gêneros de consumo básicos das populações rurais, viu sua população aumentar de 2073 (censo 1960) para 3554 habitantes (censo 2000).

A agrícolas local gira em torno do cultivo de produtos hortigranjeiros para consumo familiar e local e as commodities (soja, milho e eventualmente, trigo) dominam a paisagem rural do município.

Festas[editar | editar código-fonte]

Algumas eventos agitam a cidade durante o ano, como a "Festa do Padroeiro" (Cristo Rei), a "Festa de Nossa Senhora Aparecida" (Festa Mariana, em maio), "Festa Juninas". A maior festa acontece na segunda semana de março, a Festa do Peão Boiadeiro (LUPEÃO), aos moldes dos rodeios norte americanos, assim como acontece em quase toda a região Norte do Paraná.

Clima[editar | editar código-fonte]

Por causa da sua baixa altitude, predomina-se um clima subtropical, onde os verões são quentes e os invernos frios, raramente enfrentando geadas. No inverno de 1975 a cidade também enfrentou a "Geada Negra", que na madrugada de 19 de julho de 1975, toda a região Norte do Estado enfrentou temperaturas abaixo de 0°C e estima-se que em Lupionópolis os termômetros marcaram -4,5°C.

Distritos[editar | editar código-fonte]

O município tem o distrito Mairá.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. «Distâncias entre a cidade de Curitiba e todas as cidades do interior paranaense». EmSampa. Consultado em 22 de setembro de 2017. 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.