Lurdez da Luz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lurdez da Luz
Informação geral
Também conhecido(a) como Lurdez da Luz
Local de nascimento São Paulo, SP
 Brasil
Nacionalidade Brasileira
Gênero(s) MPB, Rap, Hip-Hop, Rap alternativo
Ocupação(ões) cantora, rapper, compositora
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1998 − presente
Outras ocupações Atriz
Gravadora(s) YB Music (atualmente)
Tratore/Fonomatic[1] (atualmente)
Afiliação(ões) Marmelo Sound System

Lurdes da Luz (estilizado para nome artístico de Lurdez da Luz), é uma cantora, Rapper e compositora brasileira. Ela é integrante do grupo Mamelo Sound System.[2]

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Lurdez nasceu em São Paulo, mãe de um filho, iniciou seu gosto pelo rap em 1994, e pelo final do da década de 90, ingressou no grupo de hip hop Mamelo Sound System, como vocais principais e secundários.[3]

Ela iniciou sua carreira solo em 2009. Em 2010 ela lançou o primeiro single, Andei,[4] para à promoção de sua primeira gravação solo de estúdio, o EP Lurdez da Luz (álbum).[4] Tal faixa também recebeu videoclipe, que foi indicado ao Video Music Brasil 2011 como o "Melhor Videoclipe".[5] Lurdez, ainda em 2008, gravou uma colaboração com o grupo 3 na Massa, na faixa "Sem Fôlego", para o seu primeiro álbum de estúdio.[6][7]

Luz já colaborou com rappers e cantores como Rodrigo Brandão, Jorge Du Peixe, MC Stefanie, Rob Mazurek, Chicago Underground e Exploding Star Orchestra, além de Guilherme Granado do Hurtmold e Bodes & Elefantes; tais como os produtores músicais DJ Mako, DJ PG e Rump. Lurdez já fez parcerias nacionais com artistas como Black Alien, Naná Vasconcelos, DJ Marky, Nação Zumbi, J.T. Meirelles, Mundo Livre S/A, Hurtmold e Thaíde & Dj Hum, e também colaborações internacionais, como com Afrika Bambaataa, Wax Poetic, DJ J.Period do Zion I; e Rahzel, o beatboxer do grupo The Roots.[8][9]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Amazon.com: Lurdez da Luz». 23 de junho de 2010. Consultado em 10 de novembro de 2017 
  2. RAPLongaVida; RAPLongaVida (1 de maio de 2021). «Em "Modo Aleatório", MC Lurdez da Luz revela sua trajetória como mulher e artista». ZonaSuburbana. Consultado em 1 de julho de 2022 
  3. «Entrevista com Lurdez da Luz». 23 de junho de 2010. Consultado em 10 de novembro de 2017 
  4. a b «UOLMais». mais.uol.com.br. Consultado em 1 de julho de 2022 
  5. «Conheça agora os indicados ao VMB 2011». MTV Brasil. Consultado em 6 de setembro de 2011. Arquivado do original em 26 de setembro de 2011 
  6. «"Ainda estou me descobrindo como cantora", diz Lurdez da Luz». Terra. Consultado em 1 de julho de 2022 
  7. «O rap é delas: as garotas que ganharam respeito pela rima». Terra. Consultado em 1 de julho de 2022 
  8. «Lurdez da Luz abre Especial Natura Musical nesta quinta-feira». Terra. Consultado em 1 de julho de 2022 
  9. «Mês do Hip Hop celebra os cinquenta anos do ritmo em SP com apresentações gratuitas; veja a programação». G1. Consultado em 1 de julho de 2022 


Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.