Lust for Life (álbum de Lana Del Rey)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lust for Life
Álbum de estúdio de Lana Del Rey
Lançamento 21 de julho de 2017 (2017-07-21)
Gravação 2015—2017
Duração 71:56
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Interscope, Polydor
Produção Lana del Rey, Emile Haynie, Rick Nowels, Benny Blanco, Kieron Menzies, Max Martin, Boi-1da, Mighty Mike, Metro Boomin, Sean Ono Lennon, Dean Reid, Jahaan Sweet
Cronologia de Lana Del Rey
Honeymoon
(2015)
Singles de Lust for Life
  1. "Love"
    Lançamento: 18 de fevereiro de 2017 (2017-02-18)
  2. "Lust for Life"
    Lançamento: 19 de abril de 2017 (2017-04-19)
  3. "Summer Bummer"
    Lançamento: 12 de julho de 2017 (2017-07-12)
  4. "White Mustang"
    Lançamento: 13 de setembro de 2017 (2017-09-13)
  5. "Cherry"
    Lançamento: A ser anunciado[1]

Lust for Life é o quinto álbum de estúdio gravado pela cantora e compositora americana Lana del Rey. O seu lançamento mundial ocorreu em 21 de julho de 2017. Lana del Rey começou a escrever as canções de seu subsequente disco em meados de 2015, pouco após a edição de seu quarto trabalho de estúdio, Honeymoon (2015). A artista prosseguiu com a elaboração do material ao longo de 2016 e começo de 2017, tendo sido fortemente influenciada pelo cenário político contemporâneo. Em Lust for Life, del Rey retomou a parceria com Emile Haynie, produtor musical com quem trabalhou no êxito Born to Die (2012), bem como com Rick Nowels e Kieron Menzies, produtores de Honeymoon. Benny Blanco, Max Martin, Boi-1da, Mighty Mike, Metro Boomin, Sean Ono Lennon, Dean Reid, Jahaan Sweet são também creditados como produtores de Lust for Life.

O primeiro single do disco, "Love", foi lançado em 18 de fevereiro de 2017. A liberação do material foi antecipada devido à divulgação ilegal da faixa na Internet, que ocorrera no dia anterior. O segundo single do disco, "Lust for Life", com participação de The Weeknd, foi lançado em 19 de abril de 2017. "Summer Bummer", o terceiro single do disco, foi lançado em 12 de julho e contém a participação dos rappers americanos ASAP Rocky e Playboi Carti. Lust for Life é o primeiro álbum em sua discografia a conter participações de outros cantores.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Lana del Rey começou a escrever canções para Lust for Life em meados de 2015, ano em que revelou em entrevista à NME, em dezembro, já ter em mente um projeto subsequente.[2] A artista prosseguiu com a elaboração do material em 2016,[3] tendo trabalhado com Emile Haynie — um dos produtores do êxito Born to Die (2012), de del Rey —, Rick Nowels, Benny Blanco e Kieron Menzies.[4]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2016, o radialista americano Mike Adam publicou em seu perfil no Twitter que o novo disco de Lana del Rey seria lançado "no mês seguinte".[5] Em 2 de novembro, a artista registrou em uma plataforma de compositores uma canção intitulada "Wild Side", o que aumentou as especulações acerca do lançamento de um novo material àquele mês.[6] O fato, porém, não se concretizou. Em 16 de janeiro de 2017, tornou-se pública a notícia de que a artista registrara nova canção — intitulada "Young and In Love", que posteriormente se tornou o single "Love" — na mesma plataforma, o que fez surgir especulações de que o novo material seria lançado este ano.[7] Conforme fora cogitado, Lust for Life tem lançamento previsto para ocorrer em 2017, de modo que é considerado um dos álbuns mais aguardados do ano. O disco foi classificado em 54.º lugar entre os 101 mais aguardados de 2017 pelo site Stereogum e foi eleito o nono mais aguardado do ano pelos leitores do Idolator.[8][9] A cantora apenas anunciou que o material seria intitulado Lust for Life em 29 de março de 2017, por meio de um vídeo publicado em seu perfil na plataforma Vevo. Na gravação, a artista aparece como uma criatura misteriosa, nas palavras de Anna Gaca, da revista Spin, a viver no letreiro de Hollywood. Vê-se, ainda, no vídeo que a tocha da Estátua da Liberdade é destruída.[10]

Em 7 de abril, o site Music Week anunciou que o lançamento do disco ocorrerá em 26 de maio e o de seu segundo single, a faixa homônima, em 19 de maio. A informação, no entanto, foi removida horas depois.[11] No dia 11, a artista relevou a arte de capa do material.[12] A fotografia foi registrada por Chuck Grant, irmã de del Rey,[13] e exibe a cantora sorridente em frente a um automóvel cinzento azulado. O pseudônimo da artista — cujo logotipo difere dos seus discos anteriores e é igual ao utilizando na capa do single "Video Games" (2011) — encontra-se na parte superior da imagem ao centro; o título do disco, por sua vez, encontra-se na região inferior da fotografia, também ao centro.[14] Lana del Rey está a utilizar um vestido rendado de cor branca e exibe margaridas brancas em seu cabelo.[13] Em maio, a revista francesa Paris Match, em artigo que contou com uma entrevista concedida por del Rey, anunciou que o lançamento do disco ocorrerá apenas em 21 de julho.[15] Apesar disto, o Fnac de Barcelona anunciou que Lust for Life estará disponível a vendas em 26 de maio, confirmando o que fora anunciado pelo Music Week.[16] Lana del Rey, no entanto, confirmou por meio de seu perfil no Twitter a informação publicada pela Paris Match.[17] A lista de faixas do meterial foi revelada por del Rey em suas redes sociais no dia 12 de julho de 2017, juntamente com a venda antecipada do disco.[18]

Composição[editar | editar código-fonte]

Temas e influências na composição[editar | editar código-fonte]

Ao refletir sobre Lust for Life em entrevista à BBC Radio 2, Lana del Rey revelou que, a princípio, pretendia elaborar um disco influenciado pelas canções dos anos 1950 e 1960, porém, o mesmo acabou por adquirir um tom "socialmente conscientizado". A intérprete atribuiu a sua descrição ao cenário político contemporâneo, afirmando:

"No início, pensei que todo o disco deveria possuir um sentimento que evocasse os anos 1950 e 1960, algo como as Shangri-Las ou as primeiras influências de Joan Baez. Mas [...], como a situação política continuou a intensificar-se, apercebi-me liricamente direcionada justamente a tudo isto. Então, devido a isto, a sonoridade foi atualizada, e eu senti que pretendia falar com o lado mais jovem de meus admiradores. Penso que está um pouco mais socialmente conscientizado".[19]

A cantora anunciou ainda que pretendia conceber um projeto "mais divertido" em relação aos seus antecessores e dedicou Lust for Life aos seus admiradores, proferindo: "Eu fiz os meus últimos quatros álbuns para mim, mas este é para os meus fãs [...]".[19][20]

Singles[editar | editar código-fonte]

O artista canadense The Weeknd realiza dueto com del Rey na faixa homônima, segundo single de Lust for Life.

"Love" foi a primeira canção de Lust for Life divulgada como single. O seu lançamento ocorreu em 18 de fevereiro de 2017 em formato digital, tendo sido antecipado devido à divulgação ilegal da faixa na Internet, que ocorrera no dia anterior.[21] A partir de 24 de fevereiro, o single foi enviado às estações radiofônicas.[22] O tema recebeu a aclamação dos críticos musicais, tendo sido nomeado "A Melhor Nova Canção" pelo Pitchfork Media.[23] A faixa estreou em 44.ª colocação na tabela musical Billboard Hot 100, dos Estados Unidos, com 46 mil unidades comercializadas e 6,6 milhões de streamings.[24] O vídeo musical relativo à canção foi dirigido por Rich Lee e divulgado no perfil de Lana del Rey no serviço Vevo em 20 de fevereiro.[25]

O segundo single do disco, a faixa homônima, foi lançado em 19 de abril — um mês antes do que fora anunciado pelo site Music Week, que previa o seu lançamento para 19 de maio.[26][11] A faixa contém a participação do cantor canadense The Weeknd em dueto com del Rey. O artista também colaborou para a sua escrita, conforme fora registrado em plataformas de compositores.[10][27] O single estreou em 64.º lugar na tabela americana Billboard Hot 100 e obteve repercussão modesta em outras nações.[28] O vídeo musical relativo à canção foi enviado ao perfil de del Rey na plataforma Vevo em 22 de maio e conta com a participação de The Weeknd. Na gravação, os artistas realizam movimentos de dança sobre o letreio de Hollywood e contemplam o céu à noite.[29]

Um single promocional do disco, "Coachella - Woodstock in My Mind", foi divulgado em 15 de maio de 2017.[30] O terceiro single de Lust for Life foi anunciado como sendo intitulado "Summer Bummer". A faixa conta com a participação dos rappers ASAP Rocky e Playboi Carti. O seu lançamento estava previsto para ocorrer em 29 de junho, mas o fato não se concretizou.[31] O single "Summer Bummer" estreou em 12 de julho na estação radiofônica Beats 1, da Apple, conforme anunciou del Rey. Simultaneamente, "Groupie Love", o segundo single promocional do disco, estreou na Beats 1. Assim como "Summer Bummer", a canção contém a participação de Rocky.[32][18]

"White Mustang", o quarto single do material, foi lançado em 13 de setembro, juntamente à estreia do vídeo musical relativo à canção.[33]

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

Em 17 de março de 2017, Lana del Rey apresentou-se no festival South by South West, em Austin, Texas, em que interpretou canções de Born to Die, Paradise e Ultraviolence e cantou pela primeira vez ao vivo "Love".[34] A cantora exibiu-se, em 20 de maio, no festival KROQ Weenie Roast y Fiesta, em Carson, Califórnia, em que apresentou uma faixa inédita chamada "Cherry" e os seus recentes singles, "Love" e "Lust for Life" — tendo executado a última pela primeira vez ao vivo —, para além de canções de Ultraviolence e Born to Die.[35] Sete dias mais tarde, esteve no BBC Radio 1's Big Weekend, no Reino Unido, em que novamente interpretou "Lust for Life" e "Cherry".[36] Lana del Rey é uma das atrações anunciadas para exibir-se nos festivais Øya, em Oslo, Noruega,[37] Way Out West, em Gotemburgo, Suécia,[38] Flow, em Helsínquia, Finlândia,[39] e Krakow Live, em Cracóvia, Polônia.[40] Em 23 de julho, a artista participou da primeira edição do Lollapalooza Paris, em França.[41] Lionel N., do site francês Melty, escreveu sobre a atuação de del Rey: "A maior estrela do festival foi, indubitavelmente, Lana del Rey. O menor de seus gestos e o seu simples sorriso eram suficientes para tornar histéricos os seus milhares de admiradores amontoados à frente do palco. Com o seu carisma e áurea únicos, a cantora americana apresentou os seus maiores êxitos assim como as canções que integram o seu novo disco, Lust for Life [...] Uma apresentação atraente, como sempre". Durante a sua exibição, del Rey apresentou uma versão acústica de "Love" e interpretou pela primeira vez ao vivo a faixa "White Mustang".[42]

A artista apresentou-se em 24 do mesmo mês na O2 Academy Brixton, em Londres, Inglaterra — o seu primeiro show em uma casa de espetáculos no país em quatro anos. Cai Trefor, da revista Gigwise, descreveu o concerto como "encantador" e declarou que "a estrela pop-noir estava fascinante".[43] No dia 26, exibiu-se no Amoeba Music, em Hollywood, Los Angeles,[44] e em 31 do mesmo mês, apresentou-se em uma das casas de espetáculos da franquia House of Blues, mais precisamente em Anaheim.[45] Em 1.º de agosto, esteve na House of Blues de San Diego.[45] A artista retornará ao Reino Unido nos dias 22 e 23 de agosto para apresentar-se na Echo Arena, em Liverpool, e na SSE Hydro, em Glasgow.[46]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Love"   Lana Del Rey, Benjamin 'Benny Blanco' Levin, Emile Haynie, Rick Nowels Del Rey, Haynie, Lenin, Nowels, Kieron Menzies[A] 4:32
2. "Lust for Life" (com The Weeknd) Del Rey, Nowels, Abel 'The Weeknd' Tesfaye, Max Martin Del Rey, Nowels, Menzies, Dean Reid, Martin[A] 4:24
3. "13 Beaches"   Del Rey, Nowels Del Rey, Nowels, Menzies, Reid, Mighty Mike[A] 4:56
4. "Cherry"   Del Rey, Tim Larcombe Del Rey, Nowels, Reid, Larcombe, Menzies[A] 3:01
5. "White Mustang"   Del Rey, Nowels Del Rey, Nowels, Menzies, Reid 2:45
6. "Summer Bummer" (com A$AP Rocky e Playboi Carti) Del Rey, Rakim 'Rocky' Mayers, Jahaan Sweet, Playboi Carti, Michael 'Boi-1da' Samuels, Tyler 'T-Minus' Williams, BigWhite Beatz Samuels, Sweet 4:20
7. "Groupie Love" (com A$AP Rocky) Del Rey, Nowels, Mayers Del Rey, Nowels, Menzies, Reid 4:24
8. "In My Feelings"   Del Rey, Nowels Del Rey, Nowels, Menzies, Reid 3:59
9. "Coachella – Woodstock in My Mind"   Del Rey, Nowels Del Rey, Nowels, Menzies, Reid 4:18
10. "God Bless America – And All the Beautiful Women in It"   Del Rey, Nowels Nowels, Menzies, Reid, Metro Boomin, Del Rey[A] 4:36
11. "When the World Was at War We Kept Dancing"   Del Rey, Nowels, Reid Del Rey, Nowels, Menzies, Reid 4:36
12. "Beautiful People Beautiful Problems" (com Stevie Nicks) Del Rey, Nowels, Stevie Nicks, Justin Parker Del Rey, Nowels, Menzies, Reid 4:14
13. "Tomorrow Never Came" (com Sean Ono Lennon) Del Rey, Nowels, Sean Ono Lennon Del Rey, Nowels, Lennon 5:07
14. "Heroin"   Del Rey, Nowels Del Rey, Nowels, Menzies, Reid, Mighty Mike[A] 5:55
15. "Change"   Del Rey, Nowels Del Rey, Nowels, Menzies 5:21
16. "Get Free"   Del Rey, Nowels, Menzies Del Rey, Nowels, Menzies, Reid 5:34
Duração total:
72:03
Notas
A - Denota co-produtores
Créditos de demonstração
  • "13 Beaches" contém um trecho de áudio do filme Carnival of Souls, interpretado por Candice Hilligloss.[47]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

A primeira semana de vendas de Lust for Life nos Estados Unidos e no Reino Unido foi marcada por forte disputa pelo primeiro lugar das tabelas musicais de ambos os países. Em território americano, por exemplo, os seus principais oponentes foram Wins & Losses, de Meek Mill, e Flower Boy, de Tyler, The Creator. Em uma estimativa realizada pela revista Billboard, anunciou-se que ambos os discos poderiam registrar 95 mil unidades equivalentes vendidas em seus primeiros sete dias de distribuição, enquanto Lust for Life não ultrapassaria as 90 mil réplicas. Apesar disso, a revista não excluiu a possibilidade de sua estreia em primeiro lugar.[48] O site Hits Daily Double, por sua vez, anunciou dias depois que os discos de del Rey e Meek Mill estavam a liderar as estimativas, ambos com 85-90 mil unidades previstas a serem vendidas em sua primeira semana, vindo del Rey a superar Mill somente em relação às vendas tradicionais — em que a cantora apresentava uma vantagem de 20-25 mil unidades, com 60-65 mil unidades tradicionais estimadas a serem comercializadas em sua semana de estreia.[49] Posteriormente, o site elevou as estimativas para a primeira semana de vendas de Lust for Life, revelando a possibilidade de se ultrapassar as 108 mil unidades equivalentes e exceder as 81 mil unidades em vendas tradicionais — superando todos os seus concorrentes em ambos os critérios de vendas —, sem confirmar, entretanto, a estreia do álbum em primeiro lugar, uma vez que tais dados poderiam ser alterados.[50][51] Isto porque, enquanto o Hits Daily Double considera apenas as vendas reais dos discos e streamings oficiais, a Billboard — responsável pela publicação da tabela americana — considera streamings gratuitos ao contabilizar as vendas e, neste quesito, Meek Mill vinha registrando maior repercussão — o seu disco, Wins & Losses, estava a ser enviado a todos os usuários do Tidal gratuitamente em formato fluxo de mídia, o que lhe garantia vantagem em relação a Lust for Life e Flower Boy, aos quais não se aplicou essa prática.[52] Enfim, a Billboard revelou ter Lust for Life estreado em primeira posição na Billboard 200 na edição datada de 12 de agosto, com 107 mil unidades vendidas, das quais 80 mil corresponderam às vendas puras do disco — físicas e digitais — e o restante, ao resultado da conversão das vendas de 24 mil faixas suas e dos seus 36 milhões de streamings realizados em sua semana inicial em unidades equivalentes.[53][54][A 1] Consequentemente, Lust for Life tornou-se o segundo lançamento da artista a liderar a tabela americana, atrás apenas de Ultraviolence (2014).[56] Adicionalmente, o material alcançou o primeiro lugar na Billboard Digital Albums, que considera somente as vendas digitais do disco, e na Billboard Album Sales, que contabiliza somente as vendas — tanto físicas quanto digitais — sem os streamings,[57][58] bem como na Alternative Albums.[59] Lust for Life tombou nove colocações em sua segunda semana de distribuição, registrando apenas 27 mil unidades comercializadas — 75% a menos em relação à sua estreia.[60]

No Reino Unido, a disputa pela liderança da UK Albums Chart foi realizada entre Lust for Life e Crooked Calypso, de Paul Heaton e Jacqui Abbott. Ao analisar as vendas de ambos os discos durante as primeiras 84 horas da semana, o site Music Week revelou que o material de Heaton e Abbott apresentava ligeira vantagem em relação a Lust for Life ao comercializar 16 644 réplicas — 3 774 a mais que o trabalho de del Rey.[61] Em nova avaliação realizada pelo mesmo veículo dois dias mais tarde, Lust for Life permaneceu em segundo lugar em vendas, comercializando 17 527 cópias — 1 839 a menos que Crooked Calypso.[62] Ao final da semana, no entanto, Lust for Life acabou por estrear na liderança da tabela, com 24 972 unidades comercializadas — das quais 5 288 corresponderam a streamings —, tornando-se o terceiro disco de Lana del Rey a atingir o primeiro lugar em território britânico.[63] Consequentemente, fez Lana del Rey ser posicionada em sexto lugar na lista de êxitos do site Hits Daily Double por ser "a vida das tabelas, uma vez que realizou vigorosa saudação [às tabelas de vendas]".[64] Em sua segunda semana na tabela, o disco caiu três colocações, tendo comercializado 8 050 unidades.[65] Em 11 de agosto, estabeleceu-se em quinto lugar, com outras 5 755 réplicas comercializadas no Reino Unido.[66] Tal qual em território britânico, Lust for Life converteu-se no terceiro trabalho da cantora a estrear na liderança das tabelas de vendas da Noruega — um feito apenas não realizado por seu antecessor.[67] Em território australiano, tornou-se o quarto lançamento consecutivo da artista a debutar em primeiro lugar.[68] Também alcançou a liderança nas tabelas da Suécia e de Portugal, tornando-se o primeiro disco de del Rey a realizar a proeza em ambas as nações.[69][70] Na Finlândia, alcançou o terceiro lugar, convertendo-se no segundo mais bem-sucedido de del Rey nas tabelas de vendas do país, atrás apenas de Ultraviolence, que alcançara o primeiro lugar em 2014.[71] Em território francês, Lust for Life estreou em segundo lugar, atrás apenas de Un peu de nous, de Céline Dion, com 7 200 unidades comercializadas.[72] Mundialmente, o disco liderou as vendas no iTunes por sete dias consecutivos.[73]

Posições[editar | editar código-fonte]

Região (tabela musical) Melhor
posição
 Alemanha (Media Control Charts)[74] 8
 Argentina (Cámara Argentina de Productores de Fonogramas)[75] 1
 Austrália (ARIA Charts)[76] 1
 Áustria (Ö3 Austria top 40)[77] 5
 Bélgica (Ultratop 50 de Flandres)[78] 4
 Bélgica (Ultratop 40 de Valônia)[79] 2
 Canadá (Canadian Albums Chart)[80] 1
 Coreia do Sul (Gaon International Albums Chart)[81] 5
 Croácia (Hrvatska Diskografska Udruga)[82] 1
 Dinamarca (IFPI Dinamarca)[83] 5
Escócia (Scottish Albums Charts)[84] 1
Flag of Spain.svg Espanha (Productores de Música de España)[85] 1
 Estados Unidos (Billboard 200)[53] 1
 Finlândia (IFPI Finlândia)[71] 3
 França (Syndicat National de l'Édition Phonographique)[72] 2
 Grécia (IFPI Grécia)[86] 5
 Hungria (Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége)[87] 18
 Irlanda (Irish Albums Chart)[88] 2
 Itália (Federazione Industria Musicale Italiana)[89] 6
 México (Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas)[90] 4
 Noruega (VG-Lista)[91] 1
 Nova Zelândia (The Official New Zealand Music Chart)[92] 2
 Países Baixos (MegaCharts)[93] 6
 Polônia (Związek Producentów Audio Video)[94] 2
 Portugal (Associação Fonográfica Portuguesa)[70] 1
 Reino Unido (UK Albums Chart)[95] 1
 República Checa (Czech Albums Chart)[96] 2
 Suécia (Grammofon Leverantörernas Förening)[97] 1
Suíça (Schweizer Albums Chart)[98] 2
Taiwan (Five Music)[99] 1

Notas

  1. Desde novembro de 2014, a tabela Billboard 200 contabiliza a venda de álbuns, de canções e os streaming, de modo que 10 canções distribuídas equivalem a um álbum e 1 500 streamings possuem a mesma equivalência. Daí, fala-se em unidades equivalentes para referir-se à mistura de vendas do disco em si, de suas faixas e os streamings e em vendas tradicionais para referir-se apenas às vendas físicas e digitais do disco.[55]

Referências

  1. "Lana Del Rey to Direct 'Cherry' Music Video All by Herself" (em inglês). Live Arena. 29/11/2017. Consultado em 1.º de dezembro de 2017.
  2. Al Horner (11/12/2015). "A Letter From Lana Del Rey – The Full NME Cover Interview" (em inglês). NME. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  3. Andrew Trendell (22/3/2016). "Lana Del Rey Is Back at Work In The Studio" (em inglês). Gigwise. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  4. Samantha Maine (18/2/2017). "Lana Del Rey Shares New Song 'Love'" (em inglês). NME. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  5. "Lana Del Rey: un album surprise dévoilé le mois prochain?" (em francês). Virgin Radio. 25/10/2016. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  6. "Lana Del Rey's Up to Something!" (em inglês). DIY Magazine. 2/11/2016. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  7. Hilton Dresden (16/1/2017). "Lana Del Rey Just Registered a New Song Title & We're Losing Our Shit" (em inglês). Out. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  8. "The 101 Most Anticipated Albums Of 2017" (em inglês). Stereogum. 14/12/2016. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  9. "Readers' Poll Results: The 10 Most Anticipated Albums Of 2017" (em inglês). Idolator. 6/01/2017. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  10. a b Anna Gaca (29/3/2017). "Lana Del Rey Releases Trailer for New Album Lust for Life, Which Is 'Coming Soon'" (em inglês). Spin. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  11. a b "Lana Del Rey - Lust For Life: Data Premiery Nowej Płyty 2017" (em polonês). Eska TV. 7/4/2017. Consultado em 7 de abril de 2017.
  12. Alex Young (11/4/2017). "Lana Del Rey Reveal Lust for Life Album Cover" (em inglês). Consequence of Sound. Consultado em 14 de abril de 2017.
  13. a b Priscilla Frank (12/4/2017). "The Radical Power Of Lana Del Rey's Smile" (em inglês). The Huffington Post. Consultado em 14 de abril de 2017.
  14. Larry Bartleet (12/4/2017). "Lana Del Rey Fans Are Theorising That Her Four Albums' Artworks Tell a Story" (em inglês). NME. Consultado em 14 de abril de 2017.
  15. Kevin Apaza (17/5/2017). "Lana Del Rey's 'Lust For Life' Album Out July 21?/New Song '13 Beaches' Confirmed!" (em inglês). Direct Lyrics. Consultado em 22 de maio de 2017.
  16. Jordan Miller (11/5/2017). "Lana Del Rey’s 'Lust for Life' Album Reportedly Out May 26" (em inglês). BreatheHeavy. Consultado em 22 de maio de 2017.
  17. Peter Helman (25/5/2017). "Lana Del Rey's 'Lust For Life' Due In July" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 22 de maio de 2017.
  18. a b Ryan Reed (12/07/2017). "Lana Del Rey Unveils 'Lust for Life' Details, New Songs With A$AP Rocky" (em inglês) Rolling Stone. Consultado em 12 de Julho de 2017.
  19. a b Christina Lee (25/2/2017). "Lana Del Rey's New Album Will Be 'More Socially Aware'" (em inglês). Idolator. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  20. Alex Young (18/2/2017). "Lana Del Rey Returns With New Single 'Love' — Listen" (em inglês). Consequence of Sound. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  21. "Listen: Lana Del Rey Shares New Single, Love" (em inglês). Crack Magazine. 18/2/2017. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  22. "BBC - Radio 1 - PlayList" (em inglês). BBC Radio 1. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  23. Eve Barlow (21/2/2017). "'Love' by Lana del Rey" (em inglês). Pitchfork Media. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  24. Kevin Rutherford (1/3/2017). "New Lana Del Rey, Linkin Park Singles Debut on Hot 100" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  25. Noah Yoo e Jazz Monroe (20/2/2017). "Watch Lana Del Rey’s New 'Love' Video" (em inglês). Pitchfork Media. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  26. "Lana Del Rey - 'Lust for Life' - Single" (em italiano). iTunes. Consultado em 20 de abril de 2017.
  27. Federico Fantuzzi (7/4/2017). "Lana Del Rey: Lust for Life, il nuovo album uscirà il 26 Maggio" (em italiano). Talky Music. Consultado em 7 de abril de 2017.
  28. Chris Tart (3/5/2017). "Charts Don't Lie: May 3" (em inglês). HotNewHipHop. Consultado em 4 de maio de 2017.
  29. Ryan Reed (22/5/2017). "Watch Lana Del Rey, the Weeknd Dance on 'Hollywood' Sign in 'Lust for Life' Video" (em inglês). Rolling Stone. Consultado em 22 de maio de 2017.
  30. Stephen Ackroyd (15/5/2017). "Here's Lana Del Rey's latest 'Lust For Life' cut 'Coachella – Woodstock In My Mind'" (em inglês). Dork. Consultado em 12 de Julho de 2017.
  31. Jordan Miller (23/6/2017). "Lana Del Rey's Next Single Is 'Summer Bummer' Featuring A$AP Rocky And Playboi Carti" (em inglês). BreatheHeavy. Consultado em 24 de Junho de 2017.
  32. Hilary Hughes (9/7/2017). "Lana Del Rey Has Two Collabs With A$AP Rocky On The Way" (em inglês). MTV. Consultado em 9 de Julho de 2017.
  33. Ryan Reed (13/09/2017). "Watch Lana Del Rey's Futuristic, Gloomy 'White Mustang' Video" (em inglês) Rolling Stone. Consultado em 14 de setembro de 2017.
  34. Jem Aswad (18/3/2017). "Lana Del Rey Pleases the Converted at Short, Sweet SXSW Show" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  35. "Lana Del Rey Debuts 'Cherry' at KROQ Weenie Roast Y Fiesta 2017" (em inglês). CBS. 21/5/2017. Consultado em 22 de maio de 2017.
  36. Will Butler (27/5/2017). "Watch Lana Del Rey's Incredible Performance at the Radio 1 Big Weekend" (em inglês). NME. Consultado em 27 de maio de 2017.
  37. Andrew Trendell (14/12/2016). "Mac DeMarco, Lana Del Rey, MØ & Many More for Øya Festival 2017" (em inglês). NME. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  38. Aron Andersson (14/12/2016). "Lana Del Rey Första Artist Till Way Out West" (em sueco) . Metro. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  39. "Lana Del Rey, The XX and More Confirmed for Flow Festival" (em inglês). Dork Magazine. 16/12/2016. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  40. "Lana Del Rey Headlinerką Kraków Live Festival 2017!" (em polonês). Krakow Live. 11/4/2017. Consultado em 20 de abril de 2017.
  41. Samantha Maine (17/1/2017). "Lana Del Rey, Skepta, Pixies and More Announced for First Lollapalooza Paris" (em inglês). NME. Consultado em 1.º de abril de 2017.
  42. Lionel N. (24/7/2017). "Lana Del Rey, DJ Snake, IAM au Lollapalooza Paris 2017, une deuxième journée mémorable" (em francês). Melty. Consultado em 26 de Julho de 2017.
  43. Cai Trefor (25/7/2017). "Lana Del Rey Enchants at First London Gig In Four Years - Review" (em inglês). Gigwise. Consultado em 26 de Julho de 2017.
  44. "Lana del Reu - Amoeba Hollywood - July 26th @ 11:00 AM" (em inglês). Amoeba Music. 21/7/2017. Consultado em 23 de Julho de 2017.
  45. a b Anna Tingley (2/8/2017). "Lana Del Rey Brings 'Lust for Life' To the House of Blues Anaheim" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 4 de agosto de 2017.
  46. David Renshaw (26/7/2017). "Lana Del Rey Announces U.K. Arena Dates" (em inglês). The Fader. Consultado em 27 de Julho de 2017.
  47. (2017) Créditos do álbum Lust for Life por Lana Del Rey [download digital]. Interscope Records/Polydor Records (1255937240).
  48. Keith Caulfield (25/7/2017). "Tyler, the Creator, Meek Mill & Lana Del Rey All Vying for No. 1 on Billboard 200 Albums Chart" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  49. "TOP 20: Labor of Lust" (em inglês). Hits Daily Double. 27/7/2017. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  50. "Chart Stoty: Lust Conquers All" (em inglês). Hits Daily Double. 28/7/2017. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  51. "Building Album Sales Chart: Chart Date: 7/28/2017" (em inglês). Hits Daily Double. 28/7/2017. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  52. Roger Friedman (28/7/2017). "Lana Del Rey or Meek Mill: A Fight Over Which Pop Star is Really Number 1 This Week" (em inglês). ShowBiz 411. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  53. a b Keith Caulfield (2/8/2017). "Lana Del Rey Debuts at No. 1 on Billboard 200 Albums Chart, Tyler, The Creator and Meek Mill Bow at Nos. 2 & 3" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 3 de agosto de 2017.
  54. Piya Sinha-Roy (2/8/2017). "Lana Del Rey Tops Billboard Chart, Linkin Park Sales Climb" (em inglês). New York Daily News. Consultado em 12 de agosto de 2017.
  55. "Billboard 200 Makeover: Album Chart to Incorporate Streams & Track Sales" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. 19/11/2014. Consultado em 12 de agosto 2017.
  56. "Billboard 200 - Lana del Rey - Chart History" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 3 de agosto 2017.
  57. "Billboard Digital Albums - Lana del Rey - Chart History" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 6 de agosto 2017.
  58. "Billboard Album Sales - Lana del Rey - Chart History" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 6 de agosto 2017.
  59. "Billboard Alternative Albums - Lana del Rey - Chart History" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 6 de agosto 2017.
  60. Keith Caulfield (6/8/2017). "Arcade Fire's 'Everything Now' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Albums Chart" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 6 de agosto de 2017.
  61. Ben Homewood (24/7/2017). "Luis Fonsi & Daddy Yankee Regain Top Spot In The Singles Chart" (em inglês). Music Week. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  62. Ben Homewood (26/7/2017). "Lana Del Rey Closes The Gap On Heaton & Abbott In Race for Albums Chart N.º 1" (em inglês). Music Week. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  63. Alan Jones (28/7/2017). "Official Charts Analysis: Lana Del Rey Pips Paul Heaton & Jacqui Abbott In Race for N.º 1" (em inglês). Music Week. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  64. "Bipartisan Support for Skinny Hits List" (em inglês). Hits Daily Double. 28/7/2017. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  65. Alan Jones (4/8/2017). "Official Charts Analysis: Arcade Fire Storm to the Albums Chart Summit" (em inglês). Music Week. Consultado em 4 de agosto de 2017.
  66. Alan Jones (11/8/2017). "Official Charts Analysis: Ed Sheeran Returns To The Top Of The Albums Chart" (em inglês). Music Week. Consultado em 12 de agosto de 2017.
  67. "VG-Lista - Lana Del Rey - Chart History" (em norueguês). VG-Lista. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  68. "Lana del Rey Debuts at #1 With Lust for Life" (em inglês). ARIA Charts. 29/7/2017. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  69. "Grammofon Leverantörernas Förening - Lana Del Rey - Chart History" (em sueco) . Grammofon Leverantörernas Förening. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  70. a b "Tabelas Portuguesas - Lana del Rey - Lust fot Life" (em português). Associação Fonográfica Portuguesa. Consultado em 4 de agosto de 2017.
  71. a b "Suomen Virallinen Lista - Artistit -Lana Del Rey: Lust for Life" (em finlandês). IFPI Finlândia. Consultado em 30 de Julho de 2017.
  72. a b Yohann Ruelle (31/7/2017). "Top Albums: Céline Dion s'impose devant Lana Del Rey, Linkin Park envahit le classement" (em francês). Charts In France. Consultado em 6 de agosto de 2017.
  73. Lionel N. (29/7/2017). "Lana Del Rey renoue avec succès grâce à Lust For Life, le numéro un assuré?" (em francês). Virgin Radio. Consultado em 31 de Julho de 2017.
  74. "Offizielle Deutsche Charts - Lana del Rey - Lust for Life" (em alemão). Offizielle Deutsche Charts. Consultado em 28 de Julho de 2017.
  75. "Los discos más vendidos" (em espanhol). Diario de Cultura. Consultado em 9 de agosto de 2017.
  76. "ARIA Albums Chart - Lana del Rey - Lust for Life" (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de Julho de 2017.
  77. "Austrian Albums Chart - Lana del Rey - Lust for Life" (em inglês). IFPI Áustria. Consultado em 3 de agosto de 2017.
  78. "Belgian Albums Chart (Vlaanderen) - Lana del Rey - Lust for Life" (em alemão). Belgian Entertainment Association. Consultado em 28 de Julho de 2017.
  79. "Belgian Albums Chart (Wallonie) - Lana del Rey - Lust for Life" (em francês). Belgian Entertainment Association. Consultado em 28 de Julho de 2017.
  80. "Canadian Albums Chart - Lana del Rey - Chart History" (em inglês). Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 3 de agosto 2017.
  81. "2017년 29주차 Album Chart" (em coreano). 한국음악콘텐츠산업협회. Consultado em 30 de Julho de 2017.
  82. "TOP Stranih - TJEDAN 30. 2017." (em croata). Hrvatska Diskografska Udruga. Consultado em 12 de agosto de 2017.
  83. "Danish Albums Chart - UGE 30 - 2007" (em dinamarquês). IFPI Dinamarca. Consultado em 3 de agosto 2017.
  84. "Official Scottish Albums Chart: 28 July 2017 - 3 August 2017" (em inglês). The Offical Charts Company. Consultado em 28 de Julho de 2017.
  85. "TOP 50 Álbumes - Semana 30: del del 21.7.2017 al 27.7.2017" (em espanhol). Productores de Música de España. Consultado em 3 de agosto 2017.
  86. "Official IFPI Charts – Albums Sales Chart (Week: 35/2017)" (em grego). Association of Greek Producers of Phonograms. Consultado em 12 de setembro de 2017.
  87. "TOP 40 Album-, DVD- És Válogatáslemez-Lista – 2017. 31. Hét" (em húngaro). Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em 9 de agosto de 2017.
  88. "IRMA - Irish Albums Charts - 28 July 2017" (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 28 de Julho de 2017.
  89. "Italian Albums Chart - Lana del Rey - Lust for Life" (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 29 de Julho de 2017.
  90. "Mexican Album - Semanal (del 28 de Julio al 03 de Agosto)" (em espanhol). Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 12 de setembro de 2017.
  91. "VG-Lista - Lana del Rey - Lust for Life" (em norueguês). VG-Lista. Consultado em 29 de Juhlo de 2017.
  92. "New Zealand Albums Chart - 31 July 2017" (em inglês). Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 28 de Julho de 2017.
  93. "MegaCharts - Lana del Rey - Lust for Life" (em neerlandês). NVPI. Consultado em 29 de Julho de 2017.
  94. "Official Retail Sales Chart - 3 August 2017" (em polonês). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 4 de agosto de 2017.
  95. Rob Copsey (28/7/2017). "Lana Del Rey Scores Her Third Number 1 With Lust For Life On The Official Albums Chart" (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 28 de Julho de 2017.
  96. "CZ Albums Chart - 2017.30" (em inglês). Czech Albums Chart. Consultado em 3 de agosto de 2017.
  97. "Veckolista Album - Vecka 30, 28 Juli 2017" (em sueco) . Grammofon Leverantörernas Förening. Selecionar "Veckans Albumlista". Consultado em 28 de Julho de 2017.
  98. "Swiss Albums Chart - Lana del Rey - Lust for Life" (em alemão). IFPI Schweiz. Consultado em 3 de agosto de 2017
  99. "第30 週 統計時間:2017/7/21 - 2017/7/27" (em tailandês). Five Music. Consultado em 12 de agosto de 2017