Lynn Gunn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lynn Gunn
Nascimento 15 de março de 1994 (25 anos)
Boston
Cidadania Estados Unidos
Ocupação música, cantora, autor-compositor, guitarrista, tecladista
Página oficial
http://www.pvris.com/

Lyndsey Gerd Gunnulfsen [1] (Winchester, Massachusetts, Estados Unidos, 15 de Março de 1994), mais conhecida como Lynn Gunn, é uma cantora, compositora e multi-instrumentista americana. Lynn é mais conhecida como vocalista da banda americana de Rock Alternativo PVRIS[2], embora ela tenha participado de vários projetos solos com artistas como Tonight Alive[3] e A Loss For Words[4]. Atualmente ela está trabalhando no terceiro álbum da banda.

PVRIS[editar | editar código-fonte]

Logo oficial da PVRIS

Artigo Principal: PVRIS

Lynn foi uma das fundadoras do Operation Guillotine em 2010, banda que deu inicio a PARIS e que logo em seguida por motivos legais, mudaram o nome para PVRIS. Lynn no inicio da carreira era apenas backing vocal e guitarrista, mas com a saída de Kyle Anthony, ela se tornou a única vocalista da banda. Ela escreveu todas as letras de todas as músicas lançadas até agora pela banda.

Trabalhos que a Lynn realiza na PVRIS[5]:

  • Vocalista
  • Compositora
  • Guitarrista
  • Baterista
  • Designer
  • Produtora
  • Pianista
  • Programadora
  • Synth
  • Orgãos
  • Percurssão
  • Diretora Criativa
  • Produção Adicional
  • Layout

Outros trabalhos e colaborações[editar | editar código-fonte]

Lynn trabalhou com várias bandas de rock ao longo da carreira, como Hands Like Houses, Tonight Alive, Circa Waves, A Loss For Words, Lions Lions entre outras. E também trabalhou como vocais de músicas eletrônicas, uma delas foi trilha sonora do jogo de videogame de hóquei no gelo, NHL 16.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Lynn cresceu na cidade de Lowell (Massachusetts). De acordo com uma entrevista para a Alternative Press, Lynn praticou Softbol e Hóquei no Ensino Médio antes de entrar para o mundo da música. Lynn declarou que sofre de Depressão e que isso foi uma das maiores inspirações para compor suas músicas. Em uma entrevista para a RockSound, ela conta que suas maiores paixões além da musica são design de roupas e tatuagens. Lynn passou por problemas vocais em 2016-2018 por isso quase abandonou a carreira de cantora.

Ativismo LGBT

Lynn se identifica como uma mulher gay e é atualmente uma das maiores ativistas LGBT no mundo da música alternativa[6]. Lynn deu uma entrevista para a Rolling Stone onde conta que se assumiu para os pais quando tinha 18 anos onde ela deixou uma carta se assumindo embaixo do travesseiro da mãe dela, antes de sair em sua primeira turnê. "Em primeiro lugar eu quero ser conhecida com o que eu faço como artista antes de qualquer coisa.", ela explicou em uma entrevista[7]. "Eu acho que a minha sexualidade é a última coisa para conferir na lista". Lynn explicou sua decisão sobre dar voz a sua sexualidade numa entrevista com a Newsbeat em 2015: "I never had someone to look up to and be like 'oh that person is OK and they're gay.' If I can be that for someone then it's why I'm open about it."[8]

Lynn foi uma das pessoas que foi convidada pela GLAAD e pela Billboard para falar sobre como ela se assumiu para o National Coming Out Day em 2017[9]. Ela citou como sua família aceitou ela e também encorajou outros a buscar o apoio em torno deles.

Lynn apresentou o Icon Award para a Laura Jane Grace da banda americana Against Me! no APMA Awards 2017.[10]

Em 2018, Lynn foi foco numa matéria da Playboy por causa de sua identidade queer. Ela refletiu em um post no Instagram comentando que ela é "grata e orgulhosa por fazer parte de uma celebração de todos os tipos de corpo e todas as expressões da sexualidade."[11]

Lynn se apresentando em 2015

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio:

Título Detalhes
White Noise Lançamento: 4 de Novembro de 2014

Gravadora: Rise/Velocity Records

Formato: CD/Digital/Vinil/ Fita Cassete

All We Know Of Heaven, All We Need Of Hell Lançamento: 25 de Agosto de 2017

Gravadora: Rise Records

Formato: CD/Digital

EPs que foram lançados:

Título Detalhes
Paris Lançamento: 26 de Março de 2013

Gravadora: Lançamento próprio

Formato: CD/Digital

Acoustic Lançamento: 1 de Abril de 2014

Gravadora: Lançamento próprio

Formato: Digital/10" Vinil

Hallucinations Lançamento: 25 de Outubro de 2019

Gravadora: Warner Records

Formato: Digital

Lynn Gunn se apresentando na Warped Tour em 2015

Outras músicas com a PVRIS

Título Ano Album
"Gemini" (colaboração de Kyle Anthony) 2012 Sem álbum
"Rain" (Love, Robot com a colaboração da PVRIS) 2013 Sem álbum
"Follow" 2013 Sem álbum
"Chandelier"[12] 2014 Punk Goes Pop Vol. 6
"Fire That Burns" (Circa Waves com a colaboração da PVRIS)[13] 2017 Different Creatures
"Are You Ten Years Ago"[14] 2017 The Con X: Covers

Colaborações solo:

Título Ano Album
"Fractured" (Under Fire com Lynn Gunn)[15] 2013 Under Fire EP
"Distance" (A Loss For Words com Lynn Gunn) 2013 Before It Caves
"Obsessed" (TBMA com Lynn Gunn) 2014 Obsessed
"Lose Myself" (Seven Lions com Lynn Gunn) 2015 Throes Of Winter
"Begin" (Elliot Middleton com Lynn Gunn) 2016 Sem álbum
"Disappear" (Tonight Alive com Lynn Gunn)[16] 2018 Underworld
"Did We Change" (From Indian Lakes com Lynn Gunn) 2019 Dimly Lit

Músicas que ela co-escreveu:

Título Banda Ano Álbum
"Degrees of Separation"[17] Hands Like Houses 2016 Dissonants
"Disappear"[16] Tonight Alive 2018 Underworld

Músicas que a Lynn fez cover:

Título Banda
"Say Something" (cover) All Time Low
"Talking Body" Tove Lo
"You Know You Like It" AlunaGeorge
"Everlong" Foo Fighters
"Jesus Christ" Brand New
"The Hills" The Weeknd
"Chandelier" Sia
"Are You Ten Years Ago" Tegan and Sara

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Associação Categoria Resultado
2015 Alternative Press Melhor Vocalista Indicada
2016 Boston Music Awards Melhor Vocalista Feminina do Ano Ganhou[18]
2017 Alternative Press Melhor Vocalista Ganhou[19]
2017 Boston Music Awards Melhor Vocalista Feminina do Ano Indicada
2018 Rock Sound Rock Sound Icon Ganhou [20]
2018 Boston Music Awards Vocalista do Ano Indicada[21]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Lyndsey Gunnulfsen - Bio, Facts, Family | Famous Birthdays». Famous Birthdays (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2018 
  2. «PVRIS' Frontwoman Lynn Gunn Discusses Her Sexuality - Fuse». www.fuse.tv. Consultado em 29 de novembro de 2018 
  3. «Tonight Alive Drop New Song Featuring PVRIS' Lynn Gunn — Kerrang!». Kerrang! (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2018 
  4. «A Loss For Words Release New Video For 'Distance' Ft. Lynn Gunn Of PVRIS!». buzznet (em inglês). 25 de outubro de 2013 
  5. «Lyndsey Gunnulfsen | Credits | AllMusic». AllMusic. Consultado em 29 de novembro de 2018 
  6. Gallier, Thea De (23 de novembro de 2017). «PVRIS: the arena rockers fighting for gay rights in Trump's America». the Guardian (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2018 
  7. «Lynn Gunn Rewrites the Rules of Sex Appeal» (em inglês) 
  8. «PVRIS' Lynn Gunn on being gay: "It's something that needs to be shared publicly" - Alternative Press». Alternative Press (em inglês). 7 de setembro de 2015 
  9. «Watch: PVRIS' Lynn Gunn Shares Her Coming Out Story». Billboard 
  10. «Laura Jane Grace of Against Me! achieves APMAs Icon status - Alternative Press». Alternative Press (em inglês). 17 de julho de 2017 
  11. «PVRIS's Lynn Gunn does feature shoot for Playboy Magazine». Kerrang! Radio (em inglês) 
  12. «PVRIS soar on cover of Sia's "Chandelier" - Alternative Press». Alternative Press (em inglês). 22 de junho de 2015 
  13. «PVRIS' Lynn Gunn guests on new version of a Circa Waves track—listen - Alternative Press». Alternative Press (em inglês). 17 de março de 2017 
  14. «Paramore's Hayley Williams and PVRIS cover Tegan and Sara on upcoming compilation - Alternative Press». Alternative Press (em inglês). 13 de setembro de 2017 
  15. «BMI | Repertoire Search». repertoire.bmi.com. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  16. a b «BMI | Repertoire Search». repertoire.bmi.com. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  17. «BMI | Repertoire Search». repertoire.bmi.com. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  18. «2016 Winners - Boston Music Awards». Boston Music Awards (em inglês) 
  19. «And the winners of the 2017 APMAs are... - Alternative Press». Alternative Press (em inglês). 17 de julho de 2017 
  20. «Introducing Your 2018 Rock Sound Awards Winners - News - Rock Sound Magazine». Rock Sound Magazine (em inglês) 
  21. «2018 Nominees - Boston Music Awards». Boston Music Awards (em inglês)