Lynn Okamoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lynn Okamoto
Nascimento 8 de maio de 1936
Daisen, Japão
Nacionalidade Japonês
Ocupação mangaka

Lynn Okamoto ganhou projeção com o mangá Elfen Lied, que foi seu primeiro trabalho lançado oficialmente. O mangá de Elfen Lied foi lançado em Junho de 2002 e foi encerrado em Novembro de 2005 com 107 capítulos e 12 volumes lançados. Foi serializado pela revista Weekly Young Jump, da editora Shueisha. Dois anos depois em 25 de Julho de 2004 o mangá ganha sua versão animada pelo stúdio ARMS (Genshiken, Ikkitousen, Queen's Blade, Hyakka Ryouran: Samurai Girls) juntamente com os stúdios Vap (Death Note, Monster, Tenchi Muyo!, Ouran, Chaos Head, Nana, Claymore, Rainbow) e GENCO (Ookami-san, Nodame Cantabile, Ikkitousen, Queen's Balde, Toradora, Mnemosyne, Genshiken,Honey and Clover). O anime foi transmitido pelo canal AT-X, um canal japonês por assinatura, famoso por transmitir animes sem censura. Foram no total 13 episódios e um ova que cobriram metade do mangá. O anime fez um enorme sucesso dentro e fora do japão, alavancando as vendas do mangá e tornando Lynn Okamoto mundialmente famoso. E mesmo que poucos ou praticamente ninguém soubesse nada sobre ele, seu nome e sua obra se espalhou rapidamente pela rede mundial de computadores, ganhando vários adimiradores e também detratores. Outro ponto de crítica, é devido ao seu traço, que convenhamos não é lá muito bonito. Mas mesmo que seu traço não tenha mudado radicalmente, evolui bastante desde as primeiras páginas de Elfen Lied.

Em abril de 2014 lançou um novo anime chamado Gokukoku no Brynhildr com apenas 13 episodios.

Em 2017 começou a publicar o mangá Parallel Paradise.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.