Máfia dos Vampiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Em 2004 a Polícia Federal descobriu uma organização criminosa criada em 1998 cujo esquema, apelidado Máfia dos Vampiros, envolvia empresários, grupos de pressão, funcionários do Ministério da Saúde e deputados. Tinham desfalcado o Ministério da Saúde em cerca de dois bilhões de reais através dum esquema de faturas falsas e licitações fraudulentas. As quadrilhas envolvidas competiam entre si na sobrefaturação de remédios e hemoderivados, daí o nome «Vampiros».

As investigações começaram em 2003 com a investigação da Polícia Federal a resultar em 2008 no Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF) em propôr ação de improbidade administrativa contra sete pessoas e três empresas envolvidas na máfia que forjava as licitações para aquisição de hemoderivados no Ministério da Saúde.[1]

Referências

  1. «MPF/DF denuncia envolvidos na Operação Vampiro». Site do Ministério Público Federal. Consultado em 18 de Fevereiro de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]